segunda-feira, março 15, 2010

Meu...esse Outono!

out

(foto de BlueShell)

Mero despertar para mais um dia:
E queria ter para te dar a
Primavera da Vida
(que lugar comum…)


Tenho apenas o outono…
A sabedoria e a constância do meu querer.
A maturidade do meu amor…
Idade de renovar sonhos antigos…
Navegar mares insondáveis e
Revelar segredos escondidos.


Travessuras de criança…mulher-feita!
Raízes fundas no chão do Tempo em que te amei:
Assim, no despertar para mais um dia,
A ti me dou: assim sou, pois que te queria…

8 comentários:

aflordapele disse...

Em nenhuma das tuas palavras se encontram "lugares comuns".
Tudo o que escreves é belo e raro...:)

direitinho disse...

No outono da vida somos mais maduros com mais experiência mas queremos ainda renovar muitos sonhos.
Despertar neste Outono é viver duplammente

Pitanga Doce disse...

Mas quem te disse que vives o Outono? Mulher-feita sim. Mas Outono? Ainda não! Pensa nisso e corre atrás de todos os sonhos. Os mais improváveis, que impossíveis não existem.

beijos e chove por aqui.

Maria disse...

É mais saboroso o amor maduro do outono...
Lindo o teu poema!

Beijo

© Piedade Araújo Sol disse...

gostei do poema e da foto que o acompanha.

bom fim de semana!

um beij

Duarte disse...

O outono é a estação do ano que mais me atrai, tem-me cativo...

ATARDECER DE OTOÑO

Atisbo, en el atardecer,
el inicio de una nueva estación,
la que más me emociona...
las sombras se inclinan
como venia prolongada;
donde colores, olores y escalofríos,
me llenan de sensaciones diversas,
como fruto del brote de mi vida.

Beijinhos

Pitanga Doce disse...

LEMBRA-TE! SONHO IMPOSSÍVEL NÃO EXISTE! APENAS IMPROVÁVEL!

beijos do Rio com muuuito Sol!


PS: Quando vais ter música de novo por aqui? Tenho saudades do tempo de When You Kiss Me!

Lilazdavioleta disse...

Bom dia Blue Shell,

o Outono é suave , calmo e as suas cores quentes .
Minha estação preferida .

Este é lindo e a foto magnífica .

Um beijo ,
Maria