sexta-feira, outubro 28, 2005

AO MEU PAI...

roma

(foto de BlueShell)

As minhas dores, o meu sofrer, esta febre que queima e teima não deixar de fazer meu corpo tremer... este corpo disperso em pedaços de ti...este corpo que procuro e não tenho de meu porque o teu se ausentou...
Sangue escorrendo saudade, lágrimas que gritam teu nome escrito nos céus porque Deus te chamou e tu...servo fiel, partiste ao seu encontro...

Pedaços de mim...dispersos...

Pedaços de mim...fragmentos do que fui...Um todo que era um quase tudo inteiro ...e que perdi numa manhã de Janeiro...

47 comentários:

JL disse...

À falta de palavras que lhe possam dar algum conforto, deixo-lhe um beijo.

BlueShell disse...

Obrigada, JL! Aceito, de bom grado, esse beijo.
A dor ainda é muita e a saudade...essa...não vai passar nunca!
Obrigada,BShell

SalsolaKali disse...

E estará, bem próximo do mesmo Deus que te acompanha.
Um abraço grande.
SK

Angel disse...

************************

Kabum disse...

O k importa é manter essas boas recordações que são concerteza eternas!

Angela disse...

Um grande beijinho com muita força. Muita.

agua_quente disse...

Claro que a dor não passará tão cedo mas tu tens fé e penso que isso é uma grande ajuda.
Um grande beijo meu e do gato.

Pecaaas disse...

Olá,Shell!
Infelizmente também sei o que iso é! Tenta recordar os bons momentos que passas-te com ele!
BFS
! Bj
Pedro

Clitie disse...

Oi BlueShell este mês que vai entrar é tramado! Eu sei do que falas desde há 9 anos, quando perdi a minha mãe!

Um beijinho para ti.

wind disse...

Dói muito, só que a vida tem de continuar. É horrível perder um dos pais. Não sei como te consolar, por isso te deixo um abraço fraterno.

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

Ausencia fisica, nao significa ausencia total...
Força...
As pessoas que amamos, permanecem eternas nas nossas memórias...
Bjx

Pink disse...

Mas ele está lá em cima, ái ao teu lado (quem sabe?) sempre presente e a acompanhar-te. Eu acredito nisso.
Um beijo.

Alma Azul disse...

Fica bem...
Sei que nestas alturas as palavras dos outros pouco alento dão...
um beijo

nina disse...

beijos

Sulista disse...

BlueShell

...vai fazer em Abril, oito anos (impressionante como o tempo passa!!...), que a minha Mãe faleceu e as saudades nunca passam. Só aumentam!

...mas a Vida continua sempre!...com o tempo, aprende-se a transformar a fraqueza/falta
na nossa força! ;-)

Um abraço

Sulista disse...

corrijo:
não é 8 mas sim 9 anos! Porra!!...parece que foi ontem...

Et voilá, c'est la vie! ;-)

Daniel Aladiah disse...

Querida Blue Shell
Recordo essa altura, já convivíamos por aqui...
Sabes que a vida termina sempre. Os nossos pais olham para nós e devem sorrir...
Um beijo
Daniel

ricardo disse...

a verdade, que dói, é que não conseguimos colocar as memórias [nem os sentimentos] num qualquer arquivo morto, escondido na cave. bj

ps: queria convidar-te para ires hoje ao teatro [das palavras]. há por lá uma escada e uma data que gostava de partilhar contigo.

mar_praia disse...

Nestas alturas não há palavras que possam ajudar muito a passar a saudade que sentimos... Temos de nos agarrar aos momentos bons que passámos!
Deixo-te um beijo muito grande...

Malae disse...

Amiga BS!

Lembro-me que foi nesses tempos de dor que conheci a pessoa maravilhosa que és! Que conseguiu arranjar força para seguir em frente! Como continuarás sempre a fazer... com o teu Pai no céu a apoiar-te e a enviar-te os abraços que tantos anseias. A saudade fará sempre parte da tua Vida. Mas ela tem que continuar, amiga!

Um beijinho muito grande. E um abraço cheio de carinho.
Malae*************

Leonor C.(nokinhas) disse...

Eu sei como é essa dor. Dou-te a minha mão e um beijo...

O Pi@d@s disse...

Sei do que falas. Eu, perdi o meu numa noite de Novembro, faz agora um ano...
Sei do que falas...

maria disse...

Há dores indizíveis, por muito que se diga, mas o tempo transformá-las-á em memórias doces que viverão sempre connosco e só connosco morrem...
Verás...
Beijo

mocho disse...

O meu pai fez hoje anos; veio de Lisboa para passar o dia comigo e já se foi embora. Não sei o que farei quando ele me faltar; esteve sempre (sempre) ao meu lado e sinto que, sem ele, um dia, vou ficar muito sózinha. Lamento muito a tua perda. Eles são peças fundamentais no n/ equilibrio emocional. Uma bicadinha de amizade.

TMara disse...

amiga, já te visitava nesta tua casa qnd essa partida ocorreu. Sei k ainda n/ passou muito tempo. A saudade nunca desaparece, mas a dor atenua-se muito com a compreensão de k a vida e a morte são duas facesde uma mesma moeda: A VIDA, só k em patamares diferentes!A alma é imortal e nós somos a alma ou...a alma somos nós.Sei k as palavras não te consolam mas deixo-as, com carinho e um beijo doce.

CMatos disse...

É bom ter saudades, é bom quando doem as recordações... porque são boas e fortes, é porque quem partiu soube deixar uma marca forte e duradoura ... beijinhos

Su disse...

deixo-te beijos

gato_escaldado disse...

beijo. belo amor de filha.

Maria do Céu Costa disse...

Esse sentir é um momento muito só seu. Por isso não direi mais nada e deixo-lhe um beijinho.

I disse...

o que perdi numa noite de Maio... O nosso pai fica sempre dentro de nós.Um beijo, BlueShell.

yatashi disse...

A dor deve ser trocada pela doce lembrança.
Não te esqueças**

AS disse...

Querida B.Shell, hoje deixo-te apenas um apertado abraço...

Amaral disse...

Quem não se sente perdido e destroçado quando perde um ente querido?...
O saber ultrapassar o que se passou é o mais importante para ti, neste momento. Quando ouvimos falar daqueles que nos deixaram, deixamos a nu a nossa fragilidade como seres humanos e o coração começa a doer, impedindo-nos de entender outras coisas que podem ser a razão de ser da nossa existência aqui, nesta Terra. Não é fácil aceitar. Mas todos teremos que aceitar. Porque todos somos iguais na essência, e nada morre verdadeiramente. A vida sem a morte não seria possível. E a morte só existe nos nossos preconceitos e no nosso medo.

Joao disse...

Olaaa kerida amiga,continuas incasável e a escrever lindamente,continua...jinhos!

Bruno António disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Bruno António disse...

Só isto...
1000 beijos...

blogoexisto disse...

Este mês é tramado. E o próximo também. E o próximo. E o próximo. E o...

Jmn disse...

Força e boas recordações...é o essencial..

TMara disse...

amiga, bjocas de luz e paz para estes dias.

pensamentos disse...

Como está bonita esta tua homenagem...

Fiquei que temos essa dor em comum...
Tu por um PAI, e eu por uma MÃE...

Beijo grande...

Elsa disse...

E dói sempre tanto, não é?
Deixo-te, em silêncio, um beijo...
:-)

Ofeliazinha disse...

Não consegui ler tudo, dói muito. Mas aqui fica o abraço de quem sabe que sentimento é este.

A Cor do Mar disse...

li o teu comentario no Outravez, e vi ate ti. Como conheço a tua dor... como ela ainda me doi tambem ca dentro. Hoje faz 1 ano q o pai nos deixou. Hoje como todos os dias deste ano estou mto triste. Doi tantooooo :((((( Beijinho e vamos com força tentar achar a criança que ainda esta dentro de nós, mas já nao a "vemos" bem...*****

Estrela do mar disse...

...como te compreendo conchinha!...


beijinhos e tem um bfs.

António disse...

A saudade!
A dolorosa saudade, que só o tempo atenuará mas nunca apagará!

Beijinhos

Cleopatra disse...

Tenho um Requiem para o meu pai no meu BLOG.

Leia se tiver tempo....

adriane disse...

que lindu a homenagem ...deixo aki um beijo pra ti .. pq sem palavras pq tbm perdi meu paizinhu !! ...

boa sorte .. saiba que seu pai esta dentro do seu coracao ..que eele esta sempre prensente na sua vida ...!!!

bjinhuss