terça-feira, novembro 01, 2005

Momentos felizes!

adega

(foto de BlueShell)

Hoje a minha escrita...não é a minha escrita!
...é o meu pensar...
...é o saber que não há felicidade, não há senão momentos felizes que devem ser vividos no seu todo!
Hoje acho que perdi a minha inocência...aquele meu lado de criança que me tem acompanhado desde sempre: ontem fui ao hipermercado e dei por mim a brincar com um leão de “pelúcia” [nunca tinha tido nenhum em toda a minha vida]...ri de satisfação e ri de mim própria pela “figura que estava a fazer em público”!...e naquele instante fui feliz, fui eu mesma...livre, inocente...

Mas olho à minha volta e vejo...olhares tristes, sinto em eco a voz do médico [não me lembro da cara dele, apenas da bata branca que vestia!]...tão longínqua e tão perto que chega a fazer doer.

A casa, minha prisioneira, está triste e em silêncio! Eu vagueio pelos compartimentos e sei que não há felicidade. Há momentos felizes [poucos ] que devem ser vividos enquanto é Tempo e o Tempo deixar!

(Temporariamente, apenas, mudei a música! Esta foi muito importante numa fase difícil de minha vida...por isso a coloco aqui, de novo.)

42 comentários:

devaneios disse...

é sem duvida muito pessoal mas a visão euristica apoixona sem duvida...!

=)

o mangas disse...

Quando se escreve, desta forma, aquilo que se pensa e se pratica sempre o que se diz com respeito pelo próximo, os momentos felizes serão de tal forma que a felicidade não resiste em permanecer no dia à dia, pois, seremos retribuídos da mesma forma pelos outros com actos de amor e de genuídade.
Na maioria das vezes andamos atrás da felicidade em busca de grandes coisas, quando a felicidade nos acompanha de perto em forma de coisas insignificantes mas que para o nosso ego são grandiosas.

Su disse...

a felicidade na realidade são momentos
qto ao ser criança, todos nós o somos, só q bem q usamos o disfarce
a solidão existe e adorei a ultima frase "Há momentos felizes [poucos ] que devem ser vividos enquanto é Tempo e o Tempo deixar!"
a vida é assim mesmo, pelo menos a minha
jocas maradas cheias de bonecos, cheia de risos

rajodoas disse...

Oh minha amiga é preciso libertares essa angustia que há em ti. A vida é isto mesmo. Perdemos os nossos ente queridos mas temos que encará-la tal qual ele é.
Com um beijinho do Raul

amita disse...

Esses momentos de "inocência" devem ser vividos plenamente quando surgem e dos que amamos e que perdemos lembremos os bons instantes passados. Um bjinho Blueshel e obrigado pelo carinho da visita.

ricardo disse...

e é desses momentos - dessa felicidade efémera - que devemos tirar o alimento para todas as outras horas de cada um dos nossos dias. é por eles que, em cada manhã, reinventamos os nossos sonhos.

bj

Pink disse...

Partilho inteiramente esta tua visão das coisas. Como tal eu colho cada momento feliz que a vida me proporciona, depois de vivido ao máximo, e guardo-o numa arca secreta bem dentro de mim. Em momentos de extrema tristeza vou à arca e tiro um desses momentos, revivo-o em pensamento ...
Um ebijo e uma boa semana para ti.

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

Foto: http://www.olhares.com/foto284731.html

“Momentos”
Às vezes encontramo-nos tão distraídos que acabamos por não viver os pequenos grandes momentos de felicidade como mereciam ser vividos...
≈©≈Ňąd¡®≈©≈

Blueshell,
Não te sintas envergonhada em publico, por estares a viver algo que te faz feliz, temos que nos dar ao "luxo" de aproveitar esses momentos, mesmo perante o olhar preplexo de outros...
Todos os bons momentos farão sempre parte das nossas memórias e das nossas recordações por isso sentimos saudades de espaços ou pessoas que de alguma forma marcaram a nossa vida...
Junta todos os teus momentos, os bons guarda numa gaveta dourada da tua memória sempre aberta para te lembrares deles e matares saudades, os maus fecha à chave numa gaveta cinzenta e só abres se deles necessitares de retirar alguma lição de vida...

Fica bem
Bjx

yatashi disse...

:) esta música é muito bonita de facto

um beijinho**

paperl life disse...

Há muito tempo que aqui não vinha mas vim hoje. Dar-te um abraço apertado de quem sabe. E dizer: tens razão, vive esta vida que por mais absurda, é a que temos e há que aproveitar.

Todos estão em nós pq os não esquecemos.

:)

Sulista disse...

esta música tem a mesma força que tu, acredita em mim! :-)

Angela disse...

Sempre que possas, aproveita esses momentos felizes. Porque a vida é feita desses sorrisos. É isso que fica connosco. :) E a música é linda, trouxeste anjos para aqui.

R/B Estação disse...

Então que tenhas mtos momentos felizes!!
Beijinhos!

agua_quente disse...

Vive os teus momentos felizes. Junta-os, guarda-os. É com eles que suportamos os momentos maus da vida.
Beijos

lique disse...

Vive a vida, Blueshell! E deixa libertar-se a criança que afinal existe em todos nós. Permite-te ser feliz.
Beijinhos

mfc disse...

É verdade que há muito poucos momentos bons na vida. Mas está atenta que um dia eles voltam... e quando for essa altura agarra-me esse momento bem firme com as tuas mãos.
Um beijo.

Fornense disse...

sao giros esses momentos.. tambem tenho assim alguns.. em que depois acordo e me sinto feliz.. mesmo nao passando por um momento de felicidade mas de recordaçoes..

wind disse...

A vida é assim mesmo. Um dia de cada vez. Adoro esta música. beijos

Clitie disse...

Vim ver o que se passa por aqui, disseste que estás triste hoje...vá lá anima-te!Pensa nos bons momentos que passaste, sei que não é fácil mas podemos sempre tentar. Beijinho grande.

alfinete de peito disse...

Estivemos ausentes, mas nunca nos saiste do pensamento! E cá estamos nós, de volta para partilhar momentos, que na tua companhia são sempre felizes ;)

Beijos dos Alfinetes ;p

MRF disse...

My dear Blue Shell, como ando a pensar em poesia, pensei em ti. Aparece, pick a photo e delicia-nos! É um convite para participares na IV Edição do Escritor Famoso.

Beijinhos :)

PS: Viver com essa natureza toda à tua volta deve ser fantástico! Please, be happy! :)

almaqueabsorveaslagrimas disse...

E são momentos assim que considero só nossos e tão nossos são que o seu grau de importancia é tao grande de forma que nos leva sempre sentir mais leves quando conseguimos de uma forma, com mais ou menos reticencias, esitando ou não, dizer aquilo que realmente sentimos.

E o lado criança e inocente que temos nasce connosco. conseguimos esconde-lo temporáriamente e ele de nós também, mas nunca na vida se perde. ;) Acredita nisso.

Um grande beijinho

******

Daniel Aladiah disse...

Querida Blue Shell
Temos sempre a nossa infância dentro de nós. Registamos tudo o que acontece. Não fora isso e os psicólogos e psiquiatras não teriam trabalho :). Mas também somos isso, as nossas memórias...
Um beijo
Daniel

Poesia Portuguesa disse...

A escrita é a forma de expurgarmos os nossos sentimentos mais negativos! Eu faço isso e sinto-me bem melhor. Somos prisioneiros da nossa memória...

Um abraço minha querida. É tão difícil comentar-te aqui! Quase nunca o consigo? Será do meu PC ou do servidor?

Jinhos ternos ;)

Carmem L Vilanova disse...

Amiga,
Belo texto, cheio de sentimentos... gostei muito.
Estive sem conseguir entrar nos comentários nos últimos dias, por problemas do meu próprio pc, mas já está tudo funcionando novamente e cá estou para deixar-te muitos beijos e sorrisos!

Sulista disse...

esta música é mesmo um espectáculo!...linda e cheia de força :-)


(ainda não tenho o mp3 em condições para pôr tds as músicas que quero no bloguito...)
Bjs

mar_praia disse...

"e naquele instante fui feliz, fui eu mesma...livre, inocente..."

E porque não repetir mais momentos destes, momentos em que és feliz sem ser preciso muito... a vida é composta destes momentos. Eles estão é por vezes bem escondidos...
Eu cá adoro esta música :) e gostei de todo o texto!

Beijinho grande!

TMara disse...

sábia descoberta, amiga. mas o médico....memórias ou facto actual? Desejo k seja do passado. Bjocas de luz e paz

CMatos disse...

Bom dia Blueshell, vou passando por aqui para descansar e repousar um pouco ao sabor das palavras e imagens.
Bom fim de semana.

maresia_mar disse...

Bom dia,
ainda bem que te fiz sorrir com o meu post,pois vi que tens tido momentos menos bons.. a vida é assim mesmo, eu já tive uma perda enorme mas tive que dar a volta, os outros precisavam de mim e eu continuei, é assim que tem que ser. espero que recuperes rápido e nada melhor do que o "voltar a ser criança".. Bjhs

Nilson Barcelli disse...

Sinto-te triste.
Sei que ainda só passaram alguns meses, quase um ano, da morte do teu pai.
Mas deves pensar que se ele te estiver a ver vai ficar contente se tu fores feliz e alegre.
Menina, faça favor de ser feliz, tá?
Beijinhos

Vivis disse...

Impresionante os momentos que sentimos-nos enraizados a um passado de lembranças e por vezes desejamos que a felicidade não tivesse adormecido, e que estes momento fossem eternos, mas não é desta forma.
Beijos

mar disse...

Hoje a tua escrita és tu....
Um beijo grande e um bom fim de semana

AS disse...

Querida B.Shell, começo por te dar um abraço... tu sabes bem porquê!
Depois tenho notado que andas há já algum tempo bastante deprimida, mas terás que ultrapassar isso. Bem sei que a recente partida de teu pai, algumas doenças sempre inoportunas, que fazem com que o tempo custe mais a passar...emfim teremos que fazer um apelo ás forças que por vezes nem imaginamos que existem dentro de nós para vencer as contrariedades que vão surgindo.

Sei que encontrarás na natureza e nas tuas raizes que tanto amas os argumentos necessários para voltares a apaixonar com aquele teu sorriso único!...

Abraço-te

gato-escaldado disse...

vias sempre a tempo. de brincar com um boneco de peluche. gostei da tua música. beijos

Betty Branco Martins disse...

Olá B.Shell

O que é a felicidade?

É isso mesmo que tu dizes - feita de momentos! que ficam - vivem- dentro de nós!

E muitas vezes é neles que vamos buscar a força que às vezes teima em faltar!

Um Abraço forte

Amaral disse...

Acompanho o teu pensar. Os momentos felizes que são vividos a miúde serão aquilo que procuramos como felicidade; a criança que há em ti despertou no supermercado, deixando a nu a inocência que deveríamos manter intacta; na tua casa, hoje silenciosa e triste, pululam sinais vivos que esperam despertar de novo a tua alegria.
A fase difícil irá ser apreendida e entendida como uma fase inevitável. Vive também essa música sem fugires dela. É importante.

Peter disse...

BShell, porque sempre confiaste em mim e isso me honra, por demonstrar amizade, fiquei preocupado porque depreendo que te debates com algum problema de saúde.
Oxalá não.

AS disse...

Um beijinho e um bom fim de semana... Quero ver o teu sorriso!

António disse...

Minha querida!
Andas um bocado por baixo!
Mas tu tens fibra. Acontecimentos recentes demonstraram-me isso.
Portanto, avante!
O caminho é sempre em frente!

Beijinhos

margusta disse...

Blue...um grande beijo sentido.

margusta disse...

Blue...tambem estou a passar por momentos muito dificeis...tive necessidade de mudar de música e vinha pedir-te a URL da que tinhas..Angel-Sarah Mclachlan...
Qual é o meu espanto ao vereficar que acabas de colocar a que tenho actualmente........
Se puderes atender ao meu pedido envia-me num mail p.favor.

Força Blue...estou a passar por momentos muito dificeis assim como tu.
Deixo mais um beijo sentido.