quarta-feira, julho 26, 2006

RESPIRAR-TE...E VIVER!

fonte1

(foto de BlueShell)

São as noites que mais custam, que mais fazem doer!
No seu silêncio apenas me permito adivinhar-te noutro leito
Tão longe do meu peito...
... Tão perto o meu sofrer...

Queria-te bem junto a mim para te abraçar
E te dar a mão... lembrar-te, assim, o quanto és importante para mim,
E o quanto te quero amar!

Queria dar-te todas as madrugadas enfeitadas de luz e cor...
Dar-te o Céu, o Sol, O mar...e à mistura...o meu Amor!

Queria dar-me toda inteira a ti e saber então o sabor
Dos sonhos por sonhar, me deleitar com o paladar
Desses beijos enlouquecidos, desejados...proibidos...

Queria apenas o teu corpo assim molhado
E teus olhos nos quais leio o desejo,
E o fogo aceso da paixão que nos une e nos faz ter
Mais que um sonho por sonhar...
Queria respirar-te...e sim, ter a certeza de poder viver!

São as noites que mais custam, que mais fazem doer!
Noites que passam sem eu te poder amar...

27 comentários:

MoonLight disse...

Lindo! Muito profundo! Ama na mesma. Ama a parte que não stá contigo. Dói menos! Bjs de Luz

Amaral disse...

Aquilo que tiveres em mente para a tua vida é exactamente aquilo que verás na tua vida.
Não é magnífico?

kikas disse...

Mesmo na ausencia se pode amar, este poema é descriçao disso.
Esta divino como é teu apanágio.
Seja qual for o caminho que as tuas palavras levarem, nunca deixes de escrever, é perfeita a tua forma de o fazer.

Desassossego disse...

Queria dar-me toda inteira a ti e saber então o sabor
Dos sonhos por sonhar, me deleitar com o paladar
Desses beijos enlouquecidos, desejados...proibidos...
Entendo também este teu poema, este teu sentir....
Xi grande...

Daniel Aladiah disse...

Querida Blue Shell
às vezes, fico sem palavras... um amor assim é algo tão desejado e tão difícil de obter... ai....
Um beijo
Daniel

Barão da Tróia II disse...

Estou como o companheiro aí de cima sem palavras, parabéns está excelente.

AS disse...

Quando a noite se torna mais escura
Como tela sombria a negro impressa
Venha o sonho que vier tem mais altura
A sombra em que ás vezes se tropeça...


Por isso é preciso venceres as sombras que tornam as tuas noites mais escuras!... Sei que consegues!

Um beijo meu B. Shell

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

hoje eu também recordei...
beijos

de Matos disse...

Lindissima foto, e de estou de acordo contigo, a noite apesar de ser bela é tambem o refugio para as lamentaçoes e amarguras.

bjs

DE PROPOSITO disse...

´Noites que passam sem eu te poder amar...'.
É claro que não é assim, tu podes amar quem entenderes, agora se não há o retorno, já tu não podes fazer nada. As pessoas são livres de amar ou não amar e contra isso nada podemos. Creio que deves seguir o teu caminho e se uma 'arara' se foi embora, outra aparecerá. Deves usufruir da tua existência enquanto podes.
Fica bem.
Manuel

Pecaaas disse...

A noite nãoé boa companhia....
Bj
Pedro

contradicoes disse...

No leito em que nos deitamos
estamos sempre acompanhados
mas por vezes murmuramos
quando nos sentimos desolados

Um beijinho do Raul

Confissões disse...

Que palavras sentidas.. só a pessoa que sente apaixonada é que diz essas palavras lindas e desejadas..

Um Poema disse...

Li, reli e voltei a ler.
"Dar-te o Céu, o Sol, o Mar...e à mistura...o meu amor!"
"Queria respirar-te..."
Muito bom. É um prazer ler-te.
Um abraço

Cris disse...

O poema é lindíssimo! E com esta música de fundo... Gostei muito de "te" ler!
Deixo-te um beijo e muitas gotinhas de luz :)

(Obrigada pela visita ao meu cantinho)

Šonђo Ažu£ disse...

Sinto exactamente isso em cada noite que me deito sozinha.
Os sonhos são os meus companheiros... São eles que me dão um sorriso, mostrando ironicamente o que tanto queria mas que não posso ter...

Belzebu disse...

Quem ama desta forma não pode esquecer que após uma noite há um amanhecer que pode concretizar os nossos desejos!


Saudações infernais!

Jo§e disse...

Que suadades que já tinha deste sentir.

Um beijo

O Micróbio II disse...

Palavras bem sentidas... :-)

Luiz Carlos Reis disse...

Amores de tons platônicos, onde o Sol maravilhoso e soberbo não pode viver perto de sua majestade Lua...É, assim como os espinhos... jamais machucariam a flor.
Belo poema, como é bom ler-te!
Abraços no coração!

dreams disse...

são as noites que mais custam pois nelas paramos e lembramo-nos da única pessoa com quem gostávamos de a partilhar...

belíssimo

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

folhasdemim disse...

Gostei muito!
Beijos, Betty

Secreta disse...

Nesse sentido , as noites podem tornar-se cruelmente longas e frias.
Espero que ultrapasses esta fase rápido.
Deixo-te um beijito.

Lmatta disse...

Bela foto
gosto
beijos

serenidade disse...

Lindo de se ler... triste ao se sentir...
Beijos serenos

Aran disse...

Mhmmm... está lindo, apesar de tudo... Eu sei amiga... eu conheço a dor... ;) Um beijinho grande

Gonçalo Marques disse...

Que palavras optimas...que leitura partilha...que emoções repartidas...que entrega de sentir...que actos líricos lindos de se brilhar...respirei a lágrima que me caiu ao ler tal identidade que avistei.
querida blue shell continua a escrever. Ao longo das minhas leituras lembrei-me que pessoas que escrevem assim deviam de ser valorizadas.Literalmente fazes do sentimento as tuas palavras! Parabéns! Boas Férias