quarta-feira, outubro 10, 2007

Minha essa dor...apenas minha!

dupla

(foto de BlueShell)


E a Vida é, então, campo estéril,
Negação do sublime,
Noite que permanece e oprime...
E Deus não é omnisciente,
Nem pai de todos,
Nem o Bom Pastor...
E o crente já só sente
Agonia e Dor...

25 comentários:

Amaral disse...

Imagem admirável!!!
Quem capta este momento com a sua câmara tem de ser uma pessoa sensível.
E sendo uma pessoa sensível não sente, certamente, o poema que escreveu!
Porque a Vida é o sublime, é o(a) Deus(a), é a beleza que envolve tudo e todos!

Plum disse...

Uma foto Sublime!Uma prova de que a vida também o é!***

Entre linhas... disse...

Com a crença a vida torna-se mais doce e sublime,com as arestas menos ásperas.
Bjs Zita

Nilson Barcelli disse...

Bela foto.
A propósito do teu excelente poema, deixo-te um meu sobre tal assunto (não sei se leste...):

Algures,
há sempre uma cândida lupa
que nos espia
e nós esquecemos tal sentinela
(de contrário,
sentimos um frio na espinha
que nos impõe
uma pose mais favorável).
Descobrimos, até,
que há uma sapiência omnipresente
no labirinto onde todos
nos podemos perder,
ao ponto de pensarmos
que os nossos obstáculos
são provações
deliberadas pelo olho da lupa.
E nós, vindos do pó
e que ao pó havemos de voltar,
fazemos de conta
que não somos apenas
passarinhos reclusos
que gostam de cantar
engaiolados no espaço de penas
e no tempo traiçoeiro.


Fingimo-nos eternos
e enganamo-nos vivos, até inventámos
que o inverso não pode ser verdadeiro.

amordemadrugada disse...

Abraço cheio de esperança...

Joaquim Amândio Santos disse...

a inexistência está no vazio, não no percurso!

Peter disse...

O que é ser crente?

Obscuridade Translúcida disse...

Será que existe Deus?

Martuxa disse...

Uma noite eu tive um sonho.

Sonhei que estava andando na praia com o Senhor
e através do Céu, passavam cenas da minha vida.

Para cada cena que se passava, percebi que eram deixados
dois pares de pegadas na areia;
Um era meu e o outro do Senhor.

Quando a última cena da minha vida passou
Diante de nós, olhei para trás, para as pegadas
Na areia e notei que muitas vezes, no caminho da
Minha vida havia apenas um par de pegadas na areia.

Notei também, que isso aconteceu nos momentos
Mais difíceis e angustiosos do meu viver.

Isso entristeceu-me deveras, e perguntei
Então ao Senhor.
"- Senhor, Tu me disseste que, uma vez
que eu resolvi Te seguir, Tu andarias sempre
comigo, todo o caminho mas, notei que
durante as maiores atribulações do meu viver
havia na areia dos caminhos da vida,
apenas um par de pegadas. Não compreendo
porque nas horas que mais necessitava de Ti,
Tu me deixastes."

O Senhor me respondeu:
"- Meu precioso filho. Eu te amo e
jamais te deixaria nas horas da tua prova
e do teu sofrimento.
Quando vistes na areia, apenas um par
de pegadas, foi exactamente aí que EU,
nos braços...Te carreguei."

♥≈Nღdir≈♥ disse...

Uma excelente imagem!
jinhos

MiguelGomes disse...

Imagem fantástica! Óptima para dar cor às palavras.

Fica bem,
Miguel

blackangel disse...

parabéns pelas palavras e a imagem idem

um sorriso de contemplação...

Daniel Aladiah disse...

Querida Blue Shell
Filha da serra... não elejas ídolos, pois serão queimados pelo fogo divino. Se tiveres paciência, perceberás a razão das coisas, mas não dos mistérios...
Um beijo
Daniel

Å®t Øf £övë disse...

Blueshell,
Hoje passo por aqui propositadamente para te dizer que te atribui um prémio no ATORDOADAS. Se quieseres passa lá para o pegares.
Bjs.

serenidade disse...

E o negrume oprime e permanece onde não existe crença em nós que somo parte Dele...

Serenos sorrisos

♥≈Nღdir≈♥ disse...

....oooO
....(....)... Oooo
.....)../. ...(....)
....(_/.......)../
..............(_/
....oooO
....(....)... Oooo
.....)../. ...(....)
....(_/.......)../
..............(_/
...... Passei por aqui
••. ¸.♥ Beijos ♥ ¸.•

♥≈Nღdir≈♥ disse...

Venho convidar-te a brindar comigo amanhã 18/10... É dia de festa lá no meu cantinho...

., . - . - , _ , .
.) ` - . .> ' `(
/ . . . .`\ . . \
|. . . . . |. . .|
. \ . . . ./ . ./
.. `=(\ /.=`
.... `-;`.-'
......`)( ... ,
....... || _.-'|
........|| \_,/
........|| .*´¨)
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` *
*´¨) мιℓ вєιנoѕ♥*♥
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` **♥*♥

Nomyia disse...

Não vou ser original e repetir o que aqui se disse: imagem linda. Só achei as palavras tristes, (também nos projectamos naquilo que vemos)
*****

maresia_mar disse...

Olá
nem sempre a vida nos dá o que desejamos, e nem sempre entendemos o porquê...
Eu ando tão longe daqui, dos blogues e afins, é uns com tudo outros sem nada, tenho tanto trabalho que não tenho tempo para visitar os meus amigos nem cuidar do meu jardim - o meu blog - Não te esqueças de ser feliz. Bjhs

Anónimo disse...

visite

tiamikas.blogspot.com

CMatos disse...

Vou passando... lendo e deliciando-me com estas fotos fantásticas.

Bom fim de semana.

*@rclight* disse...

de uma naturalidade
que só mesmo a vida pode igualar!
belo cm sempre
viver nas tuas poesias
beijo amiga*

Daniel Aladiah disse...

Querida Blue Shell
Desespero e descrer... não te vejo assim...
Um beijo
Daniel

BELLA disse...

Minha querida que dor em suas palavras...que Deus amada possa tirar de vc esse sentimento pois só ELE é capaz de sarar corações.Seus poemas são lindos mas este tem tanta dor...minha amiga que DEUS fale ao seu coração.

Alien David Sousa disse...

Fiquei sem palavras.
Um beijinho