sábado, setembro 10, 2005

Minha nudez!

paz

(foto de BlueShell)

SINTO...
Falta de ti...

Falta dos teus lábios sôfregos de mim,
De tuas mãos em minhas coxas,
Do teu suor selando o amor.

Sinto falta de tudo...agora.
Não vejo, não ouço senão ecos
De um passado
De noites quentes de paixão, te ternura e
Excitação!

E a aurora...anuncia mais um dia
Que se queria pleno de ti.

Sinto o teu cansaço,
Tua mudez...

Mas eu sou mulher
Quero saciar meu desejo:
- Vê minha nudez!

42 comentários:

Musician disse...

A quem o dizes!! Que palavras lindas...excelente!
Adoro vir ao teu cantinho, sempre cheio de ternura :)
Um beijo*

Pink disse...

Belo poema de uma certa nostalgia e um apelo! Foto linda igualmente ...
Um beijo

AS disse...

B.Shell,
Quando o desejo aflora o peito, quando a ternura dos teus lábios sorve a noite em silêncio, soltam-se as palavras nuas e ardentes em forma de um poema...

Um beijo grande

Daniel Aladiah disse...

Desnudando a alma...
Beijo

António disse...

Erotismo com muita classe, mais uma vez!
Jinhos

wind disse...

Bonito poema de amor e prece:) beijos

sotavento disse...

Hum...

AS disse...

Também ando em campanha minha querida!!!

Boa sorte...

persephone disse...

se reparares.. voltei;)***

rajodoas disse...

Não me digas que vais concorrer a alguma autarquia. Diz que em faço propaganda.
Um beijinho do Raul

Confessionário disse...

Apareci para dizer olá... e para ler a tua nudez. Ficas bem assim!

Peter Pan X disse...

Querida BlueShell,

O Desejo só por existir já é bom, mas quando é concretizado é muitooo Bommmm!

Belas palavras que nos deixam com "água na boca" e com Desejos na mente...

Adorei!

Fica bem.

Beijo Grande *
;-)

Friedrich disse...

Querida amiga, a minha intenção quando aqui cheguei, era te dar o lenço para enxugares as lágrimas, mas depois acordei, e lembrei-me que não o te poderia passar… E fiquei triste por ti. Porque nunca tenho o propósito de escrever poesia afim de activar a tristeza, mas antes alivia-la

Lê o meu romance aqui, que poderá se abrir muitas portas para esconder as tristezas…
http://nietzsche.blogs.sapo.pt/main.html

Beijos ternos

AnjoNegro disse...

Voltas-te em grande e com um lindo Poema...uma beijoca grande

Alvaro disse...

Em que trapalhadas te meteste tu???? Ainda bem que estas de volta:)O poema esta lindo:) E que bom gosto tens tu:) Viste + 1 pontinho para o Tiago Monteiro:)))
relativamente ao nosso SLB... Estamos a dar umas vantagens aos adversários, não é?

Morsa disse...

Um poema muito intimista, muito belo e muito sensual!
Tenho inveja daquele a quem o dedicaste e pena por não seres feliz!

Beijokinhas grandes

AsasdoSentimento disse...

A tua "Nudez" assim descrita, são como pinceladas numa tela, que nos provoca profunda emoção, e nos deixa lágrimas no coração.

Obrigado pelo teu comentário.

Um beijo

Seila disse...

Blue minha linda! há quanto tempo! e que belos postes tens por aqui! Um abração!

Samartaime disse...

Gostei. Mas sempre receio receio que a ilusão... iluda! Ena! Eata foi inteligente!... Abraço!

Nilson Barcelli disse...

Safadinha...
Chamas-me fofinho e, quando chego aqui, deparo-me com um título que posso classificar de publicidade enganosa...
Sim, onde está a tua nudez? Eu não vejo nada...
Ahhhh... é no texto...
Gostei imenso de mais este teu atrevimento erótico. Muito bem escrito e a música a dar ainda mais cor às palavras.
Beijinhos

R disse...

Adorei teu texto, um pouco erótico mas apelante á carencia :)
beijinhos e boa semana

Amigo de Alex disse...

Gostei da referencia á nudez. Nudez da alma, exposta e dilacerada
pela saudade e pelo desejo...
Bonito poema.
Bj.

Ana disse...

eu sinto falta de sentir falta de alguem assim*

Angela disse...

Que lindas, estas flores. :) Como se chamam?

UnaRagazza disse...

Há que acender a chama de novo...
Bjs*

Ricardo disse...

:-)

Friedrich disse...

Como deverão perceber, dirigir e compor quatro blogs simultaneamente não é fácil, na medida em que existe outras obrigações a que nunca poderei fugir. Daí, comentar-vos nestes últimos dias, muito menos... Mas não vos esqueci, tratando-os a todos com a mesma compreensão e carinho. Porque só fará sentido, enquanto ainda alguém me visita e comenta...

Beijos e obg. pelas tuas palavras sempre incentivadoras

Ricardo Leal disse...

Simplesmente lindo

Bruno António disse...

Gosto desta parte:
"Não vejo, não ouço senão ecos"
Falta o "ecos cus cus cus cus..."
Lá está, o rapaz está nu!

Desculpa... esta foi mesmo má!!!
Pronto... estava lindo indo indo indo ndo ndo do do o o...

Bjs.

Micas disse...

Quanta sensualidade...é lindo o poema. Beijinho

Ofeliazinha disse...

Muito profundo, tão belo. Parabéns belas palavras. Abraço.

Cakau disse...

Belíssimo, BShell :) Tem tanto de belo como de sensual. Um beijo grande *

francis disse...

Olá, Shell. Só agora vi o teu comentário. Boa sorte para a politica, embora pense que deverias continuar pela poesia.
Beijinhos.

Miss-Devil disse...

oi!
belas palavras como sempre
jokas

SaltaPocinhas disse...

ó rapariga que me assustaste! é que a foto não aparecia e eu ainda fiquei a pensar que tinhas aberto no teu blog uma sucursal do "cubembom"!!

Carmem L Vilanova disse...

Que bela nudez, BShell amiga!
Adorei... esta' lindissima!
Beijos para ti! E obrigada por tuas lindas palavras deixadas la' no meu cantinho!

Betty Branco Martins disse...

Quanta beleza... abraças o vento e fazes o teu voo... e contigo levas esse sentimento

Um beijo terno

(Vai passando pela minha "casa", gosto de te "ver" por lá)

Peter disse...

Gostei das flores que me ofereceste no dia dos meus anos.
Preferia o poema, mas isso seria pedir demais ...

TMara disse...

e tua nudez é branca e despojada. Matricial.Bjs e;)

augustoM disse...

Shell, apreciei a tua nudez, mas não te desnudes tanto, ou ainda apanhas um desagradável resfriado. Na vida a sinceridade é uma arma de dois gumes.
Como é que vai a política?
Um beijo. Augusto

mfc disse...

Mais um poema onde anda à solta o desejo que, afinal, é aquilo que nos comanda.
Deixemo-nos de pudores falsos.
Parabéns.

Aran disse...

Gostei... :) um beijinho grande