quinta-feira, setembro 15, 2005

Não chores...

esquec

(foto de BlueShell)


Choras por mim?

Choras por minha ausência há tanto adiada?

Não chores assim.
Sabes que vou...sempre o soubeste!
Quiseste ignorar
Não quiseste ver, em meu olhar,
A dor, a solidão...a imensidão do mar
Tão só, tão sem ninguém.

Preciso de mim,
Do meu sentir de mulher
Inteira, viva ainda...
Preciso de mim,
Livre, linda...

Partirei...cansada de implorar um
Carinho, um olhar cúmplice desses
Que sem nada conterem
Exploram universos do sentir.

Partirei...sem implorar que tuas mãos
Toquem levemente minha pele.
Partirei e levarei comigo noites longas
De lágrimas sem conta...de esperas sem fim!

Partirei, agora!
Não chores assim!

48 comentários:

Malae disse...

Por vezes temos que ter a coragem de partir. De ser mais forte que o nosso coração e colocar para trás uma parte da vida! Mesmo que ele não nos deixe partir... nada nos resta se não contrariá-lo!

Como gostaria de fazer destas as minhas palavras!

Espero que esteja tudo bem. Um beijinho grande e um abraço imenso.
Malae*********

Maria do Ceu disse...

Intenso nas palavras este seu post. Gostei de o ler. beijinhos.

Amaral disse...

Partir sem mágoa nem dor,sim, partir do que fomos e não somos, partir do antes, porque o presente espera, partir, partir, partir…
Jogo de sonho, magia do querer, ânsia de sentir o que sabemos ser!...
Precisas de ti, porque o caminho te conduz ao teu único destino: o teu encontro contigo!

Angela disse...

As partidas deixam saudades. Mas trazem liberdade. Se houvesse um equilíbrio entre as duas. :)

AS disse...

A fria sensação de qua algo chegou ao fim do seu tempo...
Mas o tempo, esse, continua imperturbavel...

Um beijo

António disse...

Mais um post de bom gosto!
Conjugação de uma bela foto com um bom poema.
E mais longo que o habitual!
Jinhos

jorgebond'alfangeassunção disse...

Quebrar amarras e zarpar
Procurar outros mares
Novas vagas a cortar
Noutro porto amarares!

Beijokas e tudo de Bom !

O Micróbio disse...

Belo mas angustiante... Bom fim de semana... :-)

Cakau disse...

As partidas doiem sempre, sobretudo para quem vê partir.
Um beijo grande *

wind disse...

É sempre mau uma partida. Bela foto:) bjs

Charlotte disse...

Querida Blue, desculpa a ausência demorada! O teu poema triste e no entanto, profundamente BELO! Por vezes temos que partir... e o mais importante é isto que aqui transcreves: "Preciso de mim,
Do meu sentir de mulher
Inteira, viva ainda...
Preciso de mim,
Livre, linda..."!!! Hoje também me sinto assim...
Beijinhos mts****

UnaRagazza disse...

"Em nossa vida, muitas vezes, temos de nos resguardar por algum tempo e começar um processo de renovação. Para que continuemos a voar um vôo de vitória, devemos nos desprender de lembranças, costumes e outras tradições que nos causaram dor.
Somente livres do peso do passado, poderemos aproveitar o resultado valioso que uma renovação sempre traz." As difíceis mas inevitáveis decisões...
Força
Beijos*****

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

Blueshell
Adoro ler-te
Bjx

Estrela do mar disse...

...tenho andado ausente...mas passei para te ler e deixar um beijinho...tinha saudades...

Tem um bfs.

agua_quente disse...

Voltámos à paisagem e cá estou para ler mais um dos teus belos poemas. Um pouquinho triste, no entanto. Deixo-te um beijo grande.

Amigo de Alex disse...

Partir...deixar atrás um pouco de nós que jamais conseguiremos substituir.Largar amarras sem ter porto de chegada.O destino assim o quis!
Bj.

asasdosentimento disse...

Será que chora por ti??????
As relações devem-se manter quando dentro das mesmas nos sentimos livres e lindos na companhia da nossa sombra, caso não seja assim, teremos que partir, por muito que nos faça sofrer.

Beijos

Clitie disse...

Estes teus ultimos posts são simplesmente geniais!! Muito bonitos!

Bjks bom fim de semana.

Peter disse...

Já visitei "o mocho" e deixei lá um cáustico comentário. A m... continua, mas é preciso enxotar as moscas.

Pink disse...

Post muito bem conseguido na conjugação de foto com texto. >Texto forte, diria mesmo dolorido lá no fundo .. mas a força decisiva parece latente.
Um beijo

TMara disse...

até no amor paixã a contradição. Acaba-se muitas vezes por ter uma migalha do almejado na hora da partida, qnd est já se tornou irremediável. Bom domingo.Bjs e;)

Sulista disse...

As partidas são sempre dolorosas, para todos,
para os que partem e para os que ficam....às vezes somos nós que partimos, outras vezes são os outros que se vão...

Caramba Mulher...post lindo mas triste!

Beijinhos

Musician disse...

Custa mais as vezes é o melhor!
Entendo-te amiga!
Beijinho*

mfc disse...

Chorar, por vezes, é o único consolo que nos resta!
Como te compreendo, Blueshell!

H. disse...

a urgência de partir... e a dor que tal provoca. muito tocante o teu poema!
ah, e bela fotografia! *

Daniel Aladiah disse...

Querida Blue Shell
Um dia partes... porque a paisagem não existe e a máquina recusa-se a fotografar a pedra, só a pedra...
Um beijo
Daniel

Luís Teixeira disse...

Claro que chora se partires...

regressei dali.

e esta musica relembrou-me logo onde estava.

CMatos disse...

O mundo é feito de partidas e chegadas, de choros e risos, mas acima de tudo, penso, é feito de saudade.
Eu parti e cheguei e já estou cheio de saudades! (das férias claro) :))
Beijinhos.

Anónimo disse...

:)
passando para deixar um beijo

rose

Gil disse...

hello fofucha :)
atão essas férias??

eu já voltei :( souberam a pouco :'(

bjocas ;)

augustoM disse...

Shell, prometo não chorar mais, pronto. Conta lá como vai a política.
Um beijo. Augusto

Bruno António disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Bruno António disse...

Querida Blue

Como ‘menina’ experiente (mais ‘velha’ - não levar a mal!)... ajuda-me! Dá-me um conselho...

‘Gosto’ (se é que se pode já dizer isso... ou assim) da melhor amiga de uma amiga minha e não sei o que fazer para a conhecer melhor...
Pedir ajuda à minha amiga? Encontrando-me com ela (que estaria com a sua amiga) para conhecer a sua amiga (que só conheci [ou vi] há pouco tempo)?
Parece que é a solução mais simples, mas...
Fácil é...
Será...
Nunca tive muito jeito para estas coisas...
Que coisa...
Eu é que vou chorar...

Grande beijo!

Estrela do mar disse...

...@miga, venho-te dar a conhecer o meu outro blog, se quiseres passa por lá...


www.keres1dica.blogspot.com

Beijinhos.

Patinhas disse...

seguir em frente, deixar o passado é muito complicado....
fica bem

Karlos Alberto disse...

Chorar representa na maioria dos casos, muito mais que tristeza !

Representa a impotência por não ter sido capaz de levantar a cabeça e lutar, ou apenas a força suficiente para escrever 2 ou 3 quadras de um poema...

É sempre bom voltar a ler-te.

AS disse...

Querida B.Shel, por onde andas???
Espero que estejas bem...

Um beijo

gato_escaldado disse...

quem parte para o mar, a praia o persegue. gostei do poema. beijos

UnaRagazza disse...

Espero que esteja tudo bem, Blue... Tudo se supera...
Beijos e muita força!***

isa xana disse...

tao triste, mas simultaneamente tao bonito.

beijo

Malae disse...

E hoje voltar-te a ler faz ainda mais sentido! Também queria partir... de tudo e de todos!

Espero que teja tudo bem, amiga. Obrigada pela visita. Já tinha saudades!

Beijinhos muito grandes e um abraço terno.
Malae**************

mocho disse...

A despedida é sempre dolorosa mas para quem ama...é dor cravejada, é mágoa eterna, é eterna lembrança. Fica bem, amiga.

eduardo disse...

Alguém terá dito que partir é perder um pouco de nós próprios.
Mas com o mundo assim redondo, a partida nunca é a despedida.

Ver-nos-emos!

Ofeliazinha disse...

Belas palavras. Uma partida é sempre assim, há sempre alguém que chora, alguém que pede para não o fazer. No fundo a separação de quem se ama é sempre muito doloroso. Seja em que situação for. Bonito.

{-Sutra-} disse...

Tudo tem princípio meio e fim. Isso me fez lembrar que eu também terei de «partir», por minha vontade e correndo o risco de magoar alguém.

Beijo

António disse...

Tens andado com preguiça de postar!
Sua mandriona!

Então gostaste da minha estreia como ficcionista?
Claro que tinha de pôr a senhora a cortar uns anitos à idade...até parecia mal não o fazer. Ficava pouco realista a história...eh eh

Devo dizer-te que já tenho mais dois episódios da telenovela (eh eh) escritos. E tenciono escrever mais no fim de semana. Mas tenho de ser mais parcimonioso a postar. É preciso fazer render o peixe...e manter o suspense no ar!
ah ah ah
Jinhos

looking4good disse...

Mais um belo poema ... mas fico com a sensação (quase invariavelmente) de nostalgia e até tristeza. Para quando um alegre e feliz? Tudo de bom para ti.

Flávio disse...

Não chorar? Bem pelo contrário! Chorar faz bem, purifica o organismo e deita as coisas más todas cá para fora. Os homens que não choram são doentes e tristes e acumulam cancros.

Bjs

Flávio