segunda-feira, setembro 25, 2006

A mais bela das estrelas...

Zema

(foto de BlueShell)

- Que pensaste de mim hoje?
Que eu tinha em mim o brilho da mais bela das estrelas?

- Não, não tenho! Nunca tive....nunca soube brilhar para ti!
Soube arrecadar o teu amor, e continuei a provocar-te
Procurando o limite do teu querer-me!

Nunca soube brilhar para ti...
...porque te tinha como certo!
Perto da loucura e do ciúme
Esta chama, este lume só te trouxe dor...

Não, nunca soube brilhar para ti
E agora...que te perdi, amor,
Queria ter sido a tua estrela, sim
Aquela que brilha noite e dia e te alumia
Os sonhos...e te acaricia a alma
Na calma da tarde, ou no escuro
Da noite fria!

Oh...meu querido...como eu queria
Ter tido em mim o brilho
De quem dá à luz um filho teu
E ser, sim...a mais bela das estrelas!

Vê-las?...
Estão bem longe, elas,...porque eu
Mulher-criança não vi
Que brilhava para todos...
...excepto para ti!

21 comentários:

Belzebu disse...

O brilho está aí como nunca!!! E quem tem brilho está aí para enfrentar o mundo!

E esta musiquinha...

Saudações infernais!!!

pitanga disse...

O teu brilho é constante ,mesmo não sendo uma estrela.

beijos doces

Alex Flôr Negra disse...

Lindo, lindo, lindo este poema...
Muito sentimento...
Obrigada pelas palavras carinhosas na "Luz do sol pintada na tela mais velha"
Adorei...
*

sentidos disse...

Gostei da tua visitinha no meu espaço. Porque será que nunca valorizamos o que temos?? Só quando as perdemos é que reparamos nisso...não és a única, também eu já passei pelo mesmo.bj

js disse...

...reflexos de luzes mal direccionadas?!...
FORÇ'AÍ!
js de http://politicatsf.blogs.sapo.pt

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

muito bonito este poema.
beijos e boa semana

125_azul disse...

Tão lindo, estrelinha!
Beijinhos, dia feliz

Antes do Nunca disse...

o MAIS BELO POEMA QUE JÁ ESCREVESTE. uM DOS MELOHRES!

Antesdonunca disse...

Belíssimo

lampâda mervelha disse...

Eu, na minha condição de lâmpada... nem sempre brilho...

heloisa disse...

Que BELISSIMO ACORDAR, MINHA BELISSIMA AMIGA!
Eu, vim correndo retribuir o ABRACO e, desejar-Lhe todo o bem do mundo!
Ando ausente da Net, por razoes de uma mudanca de residencia!
Concluiu-se, ontem, definitivamente e, agora e' uma questao de tempo ate' voltar ao NORMAL!
so' ontem a noite comecei a ter ACESSO A NET, aqui nesta nova casa!Mas, por enquanto, ainda so' ha' um computador para uma casa de gente_"CEM CAES A UM OSSO"_!!!
fica um imenso abraco e, votos de LINDOS DIAS DE OUTONO!_Ontem e hoje, tem feito um tempo maravilhoso qui em BATH_Parecia verao_!!!
FIQUE BEM!
Heloisa.
************

augustoM disse...

Depois de ler o teu poema...faltam-te as palavras, mas pouco. O tema do teu poema pode-se resumir num ditado português: fia-te na virgem e não corras, logo vês o resultado.
Um beijo. Augusto

Peter disse...

O poema é lindo, mas vale a pena chorar sobre leite derramado?
Fui espreitar o blog. Conheço Cuenca.

P.S.-Estas letras deixam-me com a sensação de ser analfabeto. Nunca funcionam à primeira.

Tozé Franco disse...

Obigado pela visita.
Não posso tambem de deixar de lhe dar os parabéns pelos belíssimos textos e fotografias.
Passarei mais vezes.
Um abraço

margusta disse...

Blue,
...poema muito lindo, e a musica ADORO....

Por vezes um amor não consumado vive para sempre nos nossos sonhos e não se corrompe com o passar dos dias....

Obrigada pela visita !..São muitas , muitas as vezes que passo aqui para te ler em silêncio...

Beijinho e boa noite!

Mari Elias disse...

São lindas as tuas palavras.

"Oh...meu querido...como eu queria
Ter tido em mim o brilho
De quem dá à luz um filho..."

Este é um trecho que, ao meu ver, em especial se destaca.

Parabéns, não só por essas como pelas outras palavras postadas aqui!

soslayo disse...

BlueShell:

Feliz e encantado está o teu amigo a quem tu querias eluminar. Um beijo.

kikas disse...

Este poema está tão bonito que eu gostaria de ser o "amigo", receber algo assim me deixaria com um sorriso enorme, embora eu gostasse que a luz que falas fosse por ti e de ti e não por mais ninguem.

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Blue,
Nem imaginas como as tuas palavras me aconchegaram hoje! Obrigada!

adorei este poema...amei a intensidade e a entrega em cada palavra.
Beijo enorme para ti!

Barão da Tróia II disse...

Um brilho que lanças a todos os que te lêem.

*Lua* disse...

Lindoooo!!