domingo, setembro 03, 2006

SEM PERDÃO...NEM CÉU...

nadasei

(foto de BlueShell)

Nada peço, nem sonho já
Pois não há, por certo, um
Pedaço de céu para mim...

O Céu pertence aos anjos...
E os sonhos...privilégio só dos poetas
E das almas enamoradas...

Para mim nem céu, nem o orvalho das madrugadas...
Nem perdão...nem chão que pise sem medo...
Nem fadas madrinhas que vêm, aladas,
Pintar a alma da cor-da-vida...com sua varinha de condão...

Nada peço, nem sonho já
Pois não há, por certo, um
Pedaço de céu para mim...


[afinal...peço sim: peço perdão!]

29 comentários:

GNM disse...

Para ti:


Distantes da nossa cidade,
Onde a neve se derrete como as palavras
Expostas ao tímido sol de Inverno,
As manhãs têm a beleza de quem não conhece o sofrimento.

Com restos de granizo sobre a cara,
Amanhecemos deitados sob a árvore do tempo
E assistimos ao lento cair do céu.

A noite foi quente e estranha:
Fomos visitados por duendes que não existem!
Aterraram numa barca azul e ofereceram-nos
Bagas, nozes com mel, canela e erva doce.

Não sei se foi hoje, talvez tenha sido ontem.

Vamos oferecer aos Deuses as lágrimas futuras!
E por entre as florestas que aconchegam os rochedos do
Mar vermelho, e por ente montanhas de vento e flores
Queimadas pelo gelo, vamos contemplar
Eternos nasceres-do-sol.

Aqui não existem pedintes de esquina-em-esquina,
Nem jornais diários com notícias mais tristes
Que nasceres-do-sol.

Aqui existe apenas tudo isto, e tudo isto que é
Tão pouco para tanta gente, é tudo o que
Quero… para sempre…

miosotis disse...

Sentido poema, BShell!
Espero q se trate de 'fingimento de poeta'...

bjs

pitanga disse...

Pois para mim essa foto já se parece com um pedaço de céu.
beijos e descanse bem a viagem
Pitanga

serenidade disse...

Bem vinda.
Todos temos direito a sonhar, a pedir e a ter um pedaço de céu. A sua infinitude não lhe permite ser selectivo, está cheio de Amor incondicional, ele não julga, vê tudo a protege todos os que sob ele se encontram.
Como as pegadas na areia: apenas vemos as nossas, mas não são nossas... são de ALGUÈM que nos leva ás costas nos maus momentos das nossas vidas.

Um doce beijo sereno.

Tinoca Laroca disse...

Há sempre um pedaço de céu...
para o arrependido.
T.

Luiz Carlos Reis disse...

Olá meu anjo, seja bem vinda!Já sentíamos saudades dos teus poemas!
Abraços no coração!

Barão da Tróia II disse...

Um post divinal sem dúvida. Boa Semana.

Crónicas de Ariana disse...

Estou de volta de uns dias de descanso.
BJS

André Ferreira disse...

Quase oiço o Chet Baker a cantar o teu poema! Não deixes de pedir, não desejes menos que o impossível!
Beijinhos

Ghandy disse...

Muito bonito como de costume.
Fica bem

kikas disse...

"O ceu pertence aos anjos" até arrepiou.
Como sempre todos os teus textos me deixam prostada sem saber que comentar, Lindo

de Matos disse...

Toda a gente comete erros, e todos nos temos o direito de pedir perdao e de perdoar, porque o ceu é para todos.

bjs e boa semana

Secreta disse...

Um pedaço de céu que todos nós merecemos .. Um arrependimento que nos que nos magoa e fortalece ao mesmo tempo ...
Beijito.

Cris disse...

se pedes perdão é porque o teu coração é justo e a tua alma limpa, mereces o teu pedacinho de céu, nunca te substimes, nunca. Isso fazem os outros a toda a hora.

Bjo GRANDE
C.

AS disse...

Querida B. Shell conquistaste já esse pedacinho de céu! É teu por direito, já lá estão as tuas raizes presas a um rochedo...


Um beijo grande...

Tiago disse...

nao precisas conquistar, nem pedir, basta fazeres o teu ceu...

bjs
tiago

A Cor do Mar disse...

BS, pede para sonhar sim, nao podemos viver sem sonhos ... Beijinhos*

Amir disse...

Os verdadeiroas anjos quebraram as barreiars desse céu... não se precisa de asas aqui...

Baci

Marco António disse...

Neste Tempo de regresso a observar cadar momento por este céu...in
http://aoencontrodotempo.blogspot.com

woman's secret disse...

Nem céu, nem perdão, apenas o sonho de poeta, no sonhar do coração...
Beijos e boa semana
Nadir

125_azul disse...

Não precisas pedirperdão.Ele vem com o sonho... beijinho

Diogo Ribeiro disse...

Perdoar deve ser irremediavelmente divino, dado que não o consigo fazer.

Princesa disse...

Por vezes não e preciso pedir para receber o que se deseja...e esses momentos são os mais saborosos e compensadores.

Não pediste, mas cá por mim dou-te dois dedos de serenidade e um sorriso de bondade.
Grande abraço querida,
Princesa

Um Poema disse...

Simplesmente belo. Por isso mesmo sem necessidade de quaisquer pedidos, mesmo 'perdão'.
Um abraço

peciscas disse...

Para quem escreve assim, há sempre um lugar guardado, no céu, na terra,na nossa memória.

Anónimo disse...

"Este poema adapta-se tão bem a alguém que já não está entre nós e que faria 25 anos, neste dia 3.

Sem perdão... Nem céu...

Sonhador e poeta, amigo dos amigos, dócil e fraterno.

[afinal...peço sim: peço perdão!] "

Desculpa-me esta intromissão, mas a nostalgia do teu belo poema e a data fizeram-me deitar estas palavras para fora...

Um beijinho e nunca desistas de escrever os teus belos poemas, nunca desistas de viver, e SONHA porque é privilégio dos poetas.

tito pereira disse...

Bem...depois de tantos comentários resta-me apenas dizer-te...
escreve outro texto.
Um abraço

nunocavaco disse...

Bela foto e um excelente poema que sem dúvida toca.

Mikas disse...

Resto de boa semana