sábado, fevereiro 03, 2007

Longe demais!

espuma

(foto de BlueShell)

Quero...o pedaço do Tempo
Que passei sem ti...
Os dias que vi
Sem te ter por perto...

Meu Sol, meu Sol...
Sou onda rebelde à procura
De ti para me encontrar!

53 comentários:

MiguelGomes disse...

Os pedaços de tempo estão todos pendurados numa corda, a secar, das lágrimas que vertemos à procura do nós mesmos...

Fica bem,
Miguel

Marshall disse...

lugar bonito esse, meio deserto... muito bom mesmo...

Marshall disse...

ok, divirta-se!

sandra daniela disse...

Os pedaços de tempo, são os puzles da nossa vida, bons ou maus esses pedaços, somados, saõ a nossa história! A nossa Historia! com sol, chuva, todos os elementos que fazem dela tão importante! um beijo e bom fim de semana

**Chronicles/Arclight** disse...

soberbo!
e k linda foto!
n tenho palavras pa t comentar!

a naturalidade emana e vive no teu espaço!

as tuas fotos são fabulosas!
um jinho por isso*************

Fatyly disse...

Muito sentido e ia jurar que a foto era da minha Praia Grande.

Sem querer ferir ninguém tiro o meu chapéu ao comentário de miguelgomes, que coisa mais simples e bonita que ilustra bem o sentimento do post.

Beijos

blugaridades disse...

Um domingo cheio de alegria e amor.
Beijinhos

JSilvio disse...

Ola

Hoje o Sol está emMachico :O

bom dia******

Bruxinhachellot disse...

Um pedaço que se foi...Saudades...
O Tempo, esse ser cruel que nos afasta da presença querida deixando-nos desejosos e sentidos.

Beijos de mar.

Nokinhas disse...

A nossa vida é feita de pedaços de tempo... tempo que já foi... e que nos deixa saudades...
É sempre a ssim quando ficamos longe de alguém que gostamos... ficamos com a sensação de vazio... de saudade... dessa pedaço de tempo...

Beijinho e fica bem!

o alquimista disse...

E a lenda acontece. Em cada noite na Baía do Silêncio queda-se o céu na noite sombria, solta-se o sonho a fantasia...
Luminoso domingo...

beijo

Maria Lúcia disse...

Sacos para o pão, centros de mesa, aventais - tudo isto feito à mão, por uma pessoa que tem bom gosto e imaginação.
Se fores ver, não te arrependerás!

Amaral disse...

Onda rebelde que um poeminha acaricia, no tempo da procura, no sol duma recordação que persegues...

Anónimo disse...

Longe de mais foram os senhores. Que tristeza que podridão a que chegaram!!!!!!!!!Dá até pena olhar para vossês e os vossos blogues. Tanta dor e falta de vida própria!!!!!!que escumalha a ladeia!!!!!!!!!!!!

=^.^= Tarina =^.^= disse...

O tempo é tramado....

Eu ás vezes também deixo fugir tempo precioso!

1 beijo =^.^= tarina

collybry disse...

E a saudade aperta o coração de quem ama...Bjoca

}}cleopatra{{ disse...

Olá Blue Shell!

Esse pedaço de tempo
Já não volta
Eu sei...
Mas o tempo é cruel
Passa...
É como o vento
Que leva
E já nada traz de volta!

Beijinho soprado

LB disse...

Mais um beijinho e forte abraço...

Friedrich disse...

Um beijo cheio de sol...

Adryka disse...

Pois, mas o tempo é impossível recuperar mas podes fazer os poss´veis por aproveitar tudo o que perdeste ;). Lindo . Beijinhos

Plum disse...

Espero que encontres o que procuras!!!
Foto fantástica!abraços!*

TONY, Duque do Mucifal disse...

gosto da praia e do mar. lá podes procurar aquilo que procuramos...a paz, a esperanla e o infinito.
Espero que o teu sol apareça...como se costuma dizer...o sol nasce para TODOS!
Beijinhos grandes!

marta disse...

Quando parte alguém que amamos, choramos sempre pelo tempo perdido.
Não foi, só nós seres imperfeitos pensamos que poderíamos ter feito mais e melhor.

Fica bem, minha querida.
um beijo grande

Um Poema disse...

Belo!!!
Um abraço

DE PROPOSITO disse...

O tempo não se pode guardar numa caixa. Passar o tempo é ir desperdiçando a existência.
Fica bem.
Um beijinho para ti.
Manuel

Nomyia disse...

Por aqui está nevoeiro. Graças a ti hoje vi o sol e o mar também... O mar é longe e nunca mais chega a primavera...
*****

Anónimo disse...

ola blue shell!
adorei passar cá! gostei da imagem praia e mar... que tranquilidade!kando tenho momentos menos bons, pego no meu carro
e kando dou por mim estou na praia a ouvir o bater das ondas do mar nas rochas...nao sei porquê,mas sinto uma paz interior.nao sei se sentes o mesmo k eu...bjs continua!!!

Cris disse...

Bs, há de chegar o dia em que o Sol te entrará pela janela e fará a tua a vida em tons de azul e dourado!

Beijinhos
Cris

**Arclight/Chronicles** disse...

passo e deixo-t mais um bjo**********

Adryka disse...

Lindo o poema e o conjunto com a praia torna o poema sublime. Bjs

poca disse...

todos queremos um sol para nos alegrar... pena quando ele se vai embora... pena quando chegam as saudades... pena, quando já não volta.

Pintelho disse...

Excelente representação da saudade. Adoro vir cá...

Guilherme F disse...

Mesmo no dia mais cinzento o sol brilha....Devemos acreditar.
Gostei das palavras.
bj
Gui
coisasdagaveta.blogs.sapo.pt

katrina disse...

Liiiiiiiiiiiiindooooooo!!!

maresia_mar disse...

Olá
num dia cinzento como o de hoje a tua foto vem mesmo a calhar.. Os teus posts continuam tristes mas sentidos, eu também quero o meu sol, o meu mar, a primavera.. Bjhs e bom resto de semana

Hindy disse...

Espero que te encontres!

Bjs :o)

Mikas disse...

Ai o amor... e eu xeia de saudades do meu

Juda disse...

Quando estou assim escrevo... um abraço...

Klatuu o embuçado disse...

A foto está muito fixe... saíu um monstro da água? :)

Daniel Aladiah disse...

Esse amor... sem descanso...
Um beijo
Daniel

Anónimo disse...

Olá!è A Plum da Terra da Magia!Tenho de comentar como anónima porque estou a ter problemas em aceder à minha conta!Coisas das novas versões!!!
Bem, passei para te dar um abraço e desejar um bom fim de semana!*

Mafalda Freire disse...

Hoje estava um tempo magnifico, parecia Verão!! :D Agora já percebi, eras tu que estavas á procura dele..

www.confissoesdeumasurda.blogs.sapo.pt

Mestrinho disse...

Olá conchinha, de facto a saudades de cá passar já eram grandes, linda foto. E o poema é reflexo do paradoxo do amor. simples, bonito e fala muito do amor.

Cmps e bom fim de semana.

Peter disse...

Onda rebelde? Vejo o mar espraiando-se languidamente lambendo a areia.

happiness...moreorless disse...

Gostei da simplicidade...

um beijinho

Jofre Alves disse...

Fotografia e poema de qualidade, é conjugação que gosto de ver e apreciar, e que aqui encontramos de braço dado. Óptimo fim-de-semana.

Nilson Barcelli disse...

Palavras e foto bem integradas.
Ah... se o tempo pudesse voltar para trás...
Boa semana.
Beijos.

bom dia isabel disse...

Li o poema. Gostei muito.
Beijinhos e boa semana de aulas!

Juℓi Ribeiro disse...

Belíssima foto!
Um momento lindo registrado
e eternizado!

O tempo é precioso
e não deve ser desperdiçado.
Dos momentos mágicos e felizes
fica a saudade...
Não devemos deixar
para amanhã, o abraço,
o beijo, o perdão.
Amanhã pode ser tarde
para plantarmos amor.
Beijo.*Juli*

Paula e Rui Lima disse...

Olá!

Se gostas de cinema visita-nos em

www.paixoesedesejos.blogspot.com

todos os dias falamos de um filme diferente
Paula e Rui Lima

MiguelGomes disse...

Li novamente... E... Nunca é longe de mais...

Fica bem,
Miguel

gato_escaldado disse...

Poema muito bonito

Um beijo

griséu disse...

Obrigada pelos comentários às minhas peças. Parabéns pelo blog, foi bom ficar a conhece-lo ;)