quinta-feira, agosto 24, 2006

ROCHEDO

florinha

(foto de BlueShell)

És meu rochedo, tronco de árvore robusta e forte...
Que me deu sombra, Paz e certezas...muitas!
...eu sou frágil, sem rumo, sem tino ou Norte...
Perdida, para sempre, agora...

Não mais Aurora de esperança, não mais
Gotas de Luz trarão ao meu caminho
Beijos loucos, transparentes de carinho...
Risos puros de inocente criança renascida...

Sê rochedo, não por mim....por ti, somente!
Que o Fado, o Destino ou a Sorte
Assim determinou que fosse! E assim
Farás que eu nada lamente nesta Vida!

Sê Rochedo...serei sempre tua flor...
Amor...

24 comentários:

Um Poema disse...

Num apelo, a confissão. Muito bom.
Um abraço

serenidade disse...

O Amor pode, com a sua força, permitir que apartir de um rochedo um bela e frágil flor se sinta protegida e com resistência para ultrapassar todos temporais e ameaças!
Espero que já estejas recuperada.

Um doce beijo sereno.

Flávio disse...

Beijocas!

Princesa disse...

Pousei e encostei à sombra do teu ROCHEDO; vim descançar um pouco a alma...

Beijo Azul

Princess

kikas disse...

Um bonito adeus, está lindo

DE PROPOSITO disse...

Um rochedo pode ser um local de culto.
Beijos.
Manuel

Victor disse...

lindo... ;)

de Matos disse...

fantastico mesmo, as palavras e a foto...

boas melhores e um bom fim de semana :)

bjs

Cecilia Cunha disse...

Triste esta despedida do amor...
Belo poema
Fica bem
Beijo

pitanga disse...

Beijinhos da Pitanga e melhoras rápidas. Olha que o verão já está quase a acabar!

dreams disse...

por amor até uma frágil flor consegue crescer num rochedo...

belíssimo

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

sabr disse...

Lindo. Lindo. Bom fim de semana, fica mesmo bem. Bjinho.

.*.Magia.*. disse...

Olá BlueShell
Vi a tua alma aberta na doçura de uma flor.

Magias e beijinhos

António disse...

Querida I.!
Acabo de regressar de uma férias voluntárias da Blogosfera.
E vejo que continuas com o teu blog cheio de força e sentimento, mesmo que os momentos sejam de adeus.
Definitivo?
"C'est la vie, ma chérie"...
Mas a tua capacidade de amar é imensa.
Ainda amarás muito, perdidamente...como sempre!

Beijinhos

Ant disse...

Hmmmmmm, por aqui ainda há feridas a lamber. Seja como for o traço não tem que ser sempre a direito.
Um beijo de sempre

saisminerais disse...

Ola
As palavras por vezes teimam em não querer sair, quando se fica com o sabor amrgo de despedidas.
O teu poema é forte e gera de certa forma aquele nó.
Lindo é o que te posso dizer, independentemente da mensagem que transmites com ele.
Beijos e desculpas pela minha ausencia.

lampâda mervelha disse...

Gostei Shell, gostei :)*

AS disse...

Querida B.Shell, senti que este belo poema saiu da tua alma e desabrochou em flor á sombra de um rochedo...

Um beijo grande...

Vivis disse...

Que lindo.
Beijinhos

BlueShell disse...

Foi assim mesmo, amigo Frog...
**************
BShell

Um beijo a todos

contradicoes disse...

Estas feridas são para sarar
no mais curto espaço de tempo
não desejo que fiques s/amar
alguém no seu devido momento

Um beijinho do Raul

Isaac disse...

Como nos falta um lugar seguro em que repousar a cabeça... como nos falta um Amor em que nos apoiar...

Terreiro disse...

Lindo!

Beijos

aelyta disse...

Do Brasil para o mundo.
Você escreve muito bem e de maneira sutil diz o que só as mulheres sabem dizer. Quiça, fazer!