sexta-feira, outubro 20, 2006

A Concha Azul...

esquece

(foto de BlueShell)

Era uma concha, de cor azul...


Estranha concha essa que vivia no meio dos montes, falava com as giestas e brincava com os rios.

Era feliz...essa concha azul, diferente das outras que vivem no mar!
Todavia, houve um dia que pensou que lhe era permitido amar! (tonta e inocente concha)!

E amou...ouviu promessas mil, se entregou...abriu todo o seu ser e sua pérola caiu, rolou pelo chão...e se perdeu na imensidão dos montes e dos céus! Não houve ninguém que corresse a acudir, a resgatar essa pérola-coração de concha azul...

Ninguém...

Dos que diziam amá-la...todos negaram conhecer uma concha azul que dizia viver no meio dos montes...[ absurdo, isso!]

Estranha concha essa...agora vagueia pelo vazio de uma existência sem sentido...esperando apenas que um dos seus rios a leve a descansar no leito bem fundo do mar, onde não há céu, nem flores, nem giestas para amar!

78 comentários:

Jonny Kid disse...

Também não há rios...

serenidade disse...

O Amor existe, Tudo é Amor, TU és Amor, pena é que nem todos conheçam a lei da causa-efeito. Um dia verás que quem deixou essa pérola-coração ao acaso terá a retribuição disso. Por isso, abre o coração, deixa esse Amor sair, não o queiras restringir a uma só pessoa, dá-o a todos os que privarem contigo, todos merecem, pois todos são seres vivos.
A concha um dia encontrará a sua pérola-coração, mesmo sem que ninguém a acompanhe nessa jornada, mesmo que esteja só. Haverá um dia em que te amas verdadeiramente (já sei que vais dizer que te amas, e acredito nisso) e todo o Amor que te dás e que darás a aquem te rodear virá até ti....simplesmente virá...e nem darás conta como nem porquê!!!

O AMOR não é uma farsa. Tudo é AMOR. A nossa essência é AMOR.

Um carinhoso beijinho sereno.
Um forte abraço muito apertado.

legivel disse...

... um dia destes ela vai dar a volta por cima e responder áqueles que pensam que uma concha não pode amar e tem de estar forçosamente no mar...

Ele há gente muito pouco imaginativa...

beijos e óptimo fim-de-semana!!

IsaMar disse...

venho apenas para pedir desculpa por ter-te designado por homem e não mulher. Mas só pode ter sido por trocas de letras. Nada mais.
bfsemana
jinhos meus

Quem? disse...

Amar é como a chuva, cai devagarinho, mal nos molha, por vezes nem ligamos importância, mas quando cai em força, arrasta tudo o que é mau e deixa-nos de alma limpa.

E há conchas nos montes, já as apanhei, são feitas de terra e pedra, fossilizadas... Não deixes que isso aconteça... pode ser que nasça outra peróla

Chuviscos

Rui disse...

Aposto que se encostar-mos essa concha ao ouvido, conseguimos ouvir-nos por dentro.

mulher rochedo disse...

Vivendo sorrindo
vivendo cantando
e a minha vida
eu vou levando.
Vivo alegre
vivo a cantar
e assim vou vivendo
até cansar.
Viva sorrindo
viva cantando
e a poesia
vai acabando.
Desejo um feliz fim semana amiga , bjos

Obrigado pelo beijo

xmymindx disse...

...e la no fundo alguem um dia a resgata e tra-la pra ond ha ceu,flores e giestas pra amar ;)
bjinhos e otim f-d-s!

katrina disse...

Amar nunca é tontice e se entregar e acreditar nas promessas também não... é loucura.. é o amor :) Perder a pérola é mais complicado mas a concha de certeza tem capacidade para renova-la...basta tentar :) bom fds

António disse...

Minha querida Isabel Concha Azul!
Como estás triste!
Como estás decepcionada!
Como estás desanimada!
Como te confessaste tão bem nesta prosa tão poética!
Como deves ter aprendido que não se deve (mas pode) esperar que as coisas durem eternamente.
Como deves ter percebido que cada dia é um dia e deve ser vivido como se fosse o último.
Como gosto de ler o que escreves.
Como és linda, Concha Azul!

Beijinhos (que também são conchas)

Jofre Alves disse...

Nesta sexta-feira ao som cadente da chuva que embala, visito as páginas que mais aprecio e cuja qualidade sempre me atrai: Parabéns e bom fim-de-semana, pois aqui descanso meus olhos no teu blogue, entre esta magnífica prosa e fotografia. Só ficava a perder se não viesse espontaneamente visitar.

pensamentos_vagabundos disse...

uma conha triste...
gostava de ter o antidoto para as lágrimas...
beijo vagabundo

Petui disse...

o fundo do mar é demasiado fundo..
demasiado salgado..

um bom fds
*

sofialisboa disse...

volta a por um grauzinho de luz nessa concha, que rapidamente se transforma numa perola ainda mais bonita, acredita!
sofialisboa

Secreta disse...

O Amor há-de renascer , e a concha azul tornar-se-á na mais feliz das conchas...
Bom fim de semana.
Beijito.

mad disse...

Um beijo minha linda.
Os baixos e os momentos de tristeza fazem parte da vida e é com eles que crescemos e aprendemos a dar valor às coisa sque realmente são importantes.
Um abraço apertado e muita força.
Se precisares de mim é só dizer.
beijinhos
Mad

Kiau Liang disse...

...Lamento... mesmo...



um abraço...

(no entanto, não se trata de um caso isolado)

diabinho disse...

Provavelmente a concha azul devia estar no mar e não nos montes, perdida no meio da relva, fora do seu habitat natural...
Beijinhos

Nilson Barcelli disse...

Essa concha azul da tua história não ganha mesmo juízo.
Não tinha nada que sair do mar, onde o rio garantidamente vai sempre parar.
Diz-lhe que volte depressa, se não for pelo rio abaixo pode ser mesmo nas asas de umas gaivotas, pois...
"enquanto gaivotas vivas
te sobrevoam livres
para escrever contigo
uma história a quatro mãos,
serenando-te, purificada,
no juízo maduro do saber"

as coisas podem recompor-se para a conchinha azul.

Bom fim-de-semana.
Beijos.

Navegando com o Álvaro Míchkim disse...

Tudo Azul! Até me parece q vc já conhece meu "Beijo Azul": Se para alguém especial hoje eu mandar um beijo, ele será um beijo azul de um grande azul celestial, que sai do mar azul que me inunda o peito e que vai no céu azul misturar-se ao seu leito. Um beijo assim, azul, que saiu do mar e foi ao céu, esse céu azul de "Brigadeiro" que é cor de anís, nele reflete-se e volta ao mar. E se assim volta foi porque eu quis que assim ele voltasse para que também de azul, por inteiro ele inundasse o coração desse alguem.

Ana P. disse...

Essa conchinha ainda vai descobrir o seu lugar ao sol...

beijo

Jo§e disse...

Seja no mar, nos rios ou no campo esta concha é muito mais que uma simples concha, é uma concha azul que nunca há-de perder a côr do mar.

Um beijo azul

Ana Abreu disse...

Um dia a concha-azul encontrará novamente o AMOR, seja no fundo ou em qualquer sitio...sim, porque o amor existe e mais tarde ou mais cedo faz das suas.

Beijinhos e bom fim de semana

Maria P. disse...

Há muito a Casa também deixou de ser de Maio...

Beijinho:)

Angela disse...

O amor pode ser a maior felicidade!
O amor pode ser o maior sofrimento!

O amor quando parte deixa marcas. Mas tal como as pegadas na areia molhada, um dia, com o passar do tempo, acabarão por desaparecer. E aí, o amor poderá voltar a acontecer.

Adorei ler o teu texto!

Beijinhos.

belaroldao@gmail.com disse...

Como gosto do que escreve.É tudo lindo e revejo-me em muita da sua escrita.
Tenho idade (penso eu) para ser sua mãe.
Linda música.Bonitas fotos.
Felicidades
Bela

Daniel Aladiah disse...

Querida Blue Shell
Tu não és de te perder assim, mas perder-te-ias... tenho a certeza.
Um beijo
Daniel

farinho disse...

Eu sei que essa concha irá ter outra pérola para oferecer novamente, e desta vês quem a receber irá tratá-la como um tesouro raro e precioso, cuidará bem dessa concha, an conchinha azul não pode perder a esperança, a felícidade existe, é só procurar mais um pouco. Beijocas.

A Rapariga disse...

O Amor encontra-se em todo o lado. Tu és o amor, és o Todo, que comunga com a natureza. Vou escrever um dia destes um post sobre isso.
Vou-te linkar logo que mexa nos links.
Tinha-te "perdido"
Beijos e bom fim de semana

Endless... disse...

Pois!
Tudo aquilo que se deixa de ganhar (não vou escrever perder) no Amor, só serve para nos fortalecer!

Beijinhos

Juda disse...

Muito bom, a concha e a cor azul... deixo um abraço...

Pescador disse...

Sabes... uma lágrima escorregou pelo meu rosto...
ao ler esta história de uma concha azul...
...
mas não ...
não é tonta a concha por ter amado...,
tonto é o pastor que não a soube guardar na sua serra...
tonto é o monte que a deixou partir em direcção ao mar...
a concha não...,
a ela basta apenas voltar a encontrar o "a" que encaixa no "mar"...e nesse dia voltar a sonhar acordada !!
Bjs de sonhos, azuis, perfumados e mil vezes docesssssssssss
Pescador

Peter disse...

Nem todos ...

Maria disse...

Obrigada pela visita na minha casa pequenina.
O amor é tudo o que é...a tua concha azul,um amor maior que te torna una com a natureza,o amor é dor na maior sintonia da alma.
O amor nunca se perde,apenas se transforma por vezes para dar lugar a um amor ainda maior.
Gostei muito do teu blog.
Beijinhos
Maria

pintoribeiro disse...

O habitual, excelente. Já agora. Tu não conhecias?...a mim?...e sou teu leitor há tantooo tempo...d'OCAVACO, o KOMBATE...sei lá...brrrr...lolol...bfsemana, bjinho.

Velutha disse...

Minha querida concha azul

Não desanimes. Não desistas de sonhar. Acredita no amor. Aqueles que um dia te fizeram promessas de amor e desapareceram quando deles precisavas não te amavam. Não chores por eles. Não te merecem.
Sonha! Voa! Acredita! O sol voltará a raiar para ti.
Beijinhos

JSilvio disse...

ohhh linda concha, hás-de ver que ainda sairá de ti a perola mais brilhande das redondezas :)

beijos grandes

Twlwyth disse...

Compreendo muito bem as tuas bonitas palavras. Um beijo.

Bruxinhachellot disse...

Uma concha azul envolta pelo infinito verde. Uma pérola revestida de poesia.

Encontrei esse caminho no blog de um amigo. Que lindo caminho. Voltarei em breve.

Beijos sagrados.

White Angel disse...

Quem disse que viver e amar é fácil??
É preciso lutar e ter esperança SEMPRE!!!!
Beijos com carinhos...

Daniel disse...

O azul é a minha cor preferida!
Um dia essa concha vai encontrar o seu caminho.. o seu lugar, alguém que a vá amar, com todas as forças.
Mas para isso não se pode desistir, mas sim lutar..

forçaaaaa
bjx

Um Poema disse...

O céu é azul, a esperança é verde, mas poderia ser azul, como o mar que se agita entre o verde e o azul. Mas essa concha azul, que um dia deixou a sua pérola rolar, se então acreditou em promessas porque não pode hoje acreditar que a esperança há-de ser azul?...
Um abraço

Tiago disse...

um mar levou uma concha azul para os montes, um mar a embalou, aconchegou, susteve nas suas ondas calmas. mas um dia sem sabermos pq esse mar recuou, baixou o seu caudal e a concha azul, sozinha ficou, desamparada, sem saber onde estava, perdida em si.
Mas o mar tem destas coisas, umas vez traz outras leva, a concha tem é que perceber que outra maré vai aparecer e nela ela vai sorrir, brilhar e deslumbrar com o seu azul.

muitos bjs na concha que nunca deixara de ser azul
Tiago

Angel disse...

Porque te vejo tão triste, conchinha?? - Perguntou o Anjo.

''Porque não me amam...''

Conchinha azul como o mar imenso, como o céu infinito...
Às vezes, deixamos escapar o essencial porque insistimos em olhar o vazio à espera do ''Nada''...
Pois não tens tu céu, flores, mar e giestas para amar, e ser por eles amada???

Não desejes o fundo do mar, porque ali tudo são trevas...
E tão bela Concha azul merece ser amada, bem pertinho do céu!!

''Ninguém disse que seria fácil ser uma conchinha neste grande mundo, mas deram-te a cor das mais incríveis maravilhas: do céu, do mar...
Porque te espera um amor igualmente grande...
Apenas não te deixes arrastar para o fundo, onde o amor não te conseguirá encontrar...

Sorri, Conchinha AZUL, sorri...

Beijinho grande!

Angel

Diogo Ribeiro disse...

De estranhas conchas está o mundo cheio, à espera que alguém as descubra. Há quem não as queira. Mas também há aqueles que toda a vida procuraram por uma e ainda não encontraram. Se ainda ninguém pegou em ti e viu o que tinhas para oferecer, deixa-te levar pelas marés até outras praias, para a possibilidade de outras mãos, de outros corações.

Beijo e abraço forte, Isabel. Bom fim de semana, e cuida de ti.

Alvaro Gonçalves disse...

Oi meu anjo,

Nossa como AMEI este teu post, ao lê-lo senti que também me identificava um pouco com essa bela concha azul, tão bela quanto frágil.
No entanto resta a esperança de que um dia ela possa encontrar o verdadeiro amor em alguém tão especial quanto ela.
Obrigado pela tua maravilhosa visita ao meu cantinho, amei, e espero poder voltar a ver-te por lá.
Aproveito para te desejar um lindo fim de semana e uma semana cheia de luz em teu coração.
Bjokas mil e xi - corações.

nuno disse...

Obrigado!
Também eu perdi a minha pérola e aqui encontrei consolo.

Que bem que escreves
Que bom que é ler-te

Bjo

L.

A Cor do Mar disse...

BShell, tu es mm muito especial, acho que será pela tua cor... e nao te sintas sozinha ou desamparada, pois o amor irá aparecer em breve, e repara só nos amigos bloguistas que esperam um post teu, e em 24hoas juntas meia centena.Fantastico nao é?
Beijinhos do coracao ;*

justwords disse...

BShell, fiquei sem palavras...
Tudo o que escreves toca bem fundo no coração e na mente de qualquer um que queira ler este teu esplêndido cantinho.

As pérolas renovam-se, levam tempo mas no fim voltam a ser brilhantes e lindíssimas, como tu...

Um beijo enorme para ti :)

P.S. Obrigado pela visita ;)

Gaybriel disse...

Concha tão familiar...Eu que agora procuro não me prender a mais nada nem ninguem, pois aproximei-me e apaixonei-me, envolvi-me, provei o amor, usaram-me com kem usa um velho trapo e desprezaram-me como a essa concha agora perdida!Procuro o refúgio, não no fundo do mar, mas sim no calor da amizade que apenas amigos verdadeiros o tem para oferecer!Bj e bom fim de semana!

Enfeitiçada (broken) disse...

Minha Linda,

Recebi o teu comentário no meu anterior espaço e segurei as tuas lágrimas, colocando a música que estás a ouvir.

Ouve e chora se isso te faz bem.

Fica por perto. Estou hà dois dias em parfum.blogs.sapo.pt

Visita-me. Jinhos

Nokinhas disse...

A concha azul espera por um rio que a leve a descansar no fundo do mar... onde não exite nem céu... nem flores para amar...
Apesar desta linda concha se sentir um pouco abandonada agora... tenho a certeza que vai aparecer um rio fantastico que lhe vai mostrar todos os recantos das profundezas do mar... Uma pessoa tão especial como esta concha merece encontrar um "rio" maravilhoso para a amar...

Beijinho grande e bom fim de semana.

TSFM disse...

Adoro os teus textos e as tuas fotos...

Fallen Angel disse...

PAssei aqui para deixar um grande beijinho com carinho e desejar a continuação de um excelente fim de semana.

mulher rochedo disse...

Ola amiga
Passo pra te desejar um bom resto de sabado e para te dizer k ontem cheguei as 10.000 visitas e como tal fiz um selo de oferta passa lá e leva-o.
bjocas fofas

Unicus disse...

Sinto alguma trsiteza conchinha?
Beijitos

Femané disse...

“Ouço as coisas mais simples no silêncio da noite
E emergir da tempestade que tirou a cor e o sol
Da pequena concha que ninguém acreditou ser azul
E que diferente amou…
E que à deriva vagueia… e espera por quem a amou”

Daniela Mann disse...

E desde quando é que uma pérola depende da opinião dos outros para ser mais valiosa? A pérola é sempre valiosa, quer os outros gostem dela ou não! Mas pelos vistos há aqui muita gente completamente rendida a esta conchinha azul!
Beijinhos

euseinadar disse...

Muito boas essas fotografias todas! Claro que também cá venho pelas bonitas palavras. Um belo conjunto! Acho que te vou copiar e começar a pôr umas fotos da minha autoria na minha experiência de blog.

Isaac disse...

E se essa concha se fecha, há quantos que perdem...

**Chronicles/Arclight** disse...

serias tu essa concha azul?

**********************************
bela foto cm sempre

á tua figura!

o alquimista disse...

Passei para te deixar todo o carinho do mundo acho que vais fazer bom uso dele


Beijo

soslayo disse...

BlueShell:
Existem as algas para ela as contemplar minha amiga! Um beijinho.

charlie disse...

Nesse dia, um dia aparentemente igual a tantos outros, o Sol espreitou um pouco mais longe, e dos horizontes que lhe tapavam a vista rompeu uma linha que ela nunca antes tinha visto.
- Oh meu Deus. - disse a Concha. - Que lindo! Que maravilha! Enche-me todo o olhar e derrama-se em cascata sobre a minha alma.
E eu que estive todo este tempo fechada sobre a minha tristeza, enchendo-me de azul e dor, quando existe todo um azul e luz do tamanho do meu querer de ser feliz.
E sem olhar para trás, a concha partiu rumo ao horizonte que só se renova á medida que se avança.
Andou de olhar aberto e quanto mais andava mais e mais forte ia ficando. Numa certa altura parou num ponto alto, deu a mão ao sol, e após um longo beijo olhou em seu redor para o mundo imenso.
- Como pude perder tanto tempo da minha vida. - disse ela enquanto olhando para trás, tentava sem sucesso, descobrir o sitío onde durante tanto tempo tinha inventado todo um mundo que não valia mais que um oceano de tristeza do tamanho duma lágrima.

happiness...moreorless disse...

Anei o pequeno texto! e claro, interpretei-o à minha maneira como acontece sempre que alguem lê um texto nosso... ás vezes sinto-me como essa concha, deslocada do meu mundo, incompreendida por todos e impedida de amar...
espero que a concha azul consiga chegar ao mar um dia...

um beijinho*

CMatos disse...

Triste e forte este texto!
Em todo o caso, muito verdadeiro... são inúmeras as pérolas que se perdem, dando gritos mudos por esses montes e vales!
Que as lágrimas de chuva que lá fora escorrem de um céu escuro e cinzento, lhe lavem a alma, levando para bem longe (para o mar quiçá) essas máguas e tristezas deixando-a leve e feliz para continuar a amar as giestas e as árvores.
Por falar disso, um destes dias levei o meu "puto" a conhecer "aquela" árvore, e encontrei-a só e triste,... mas firme como uma rocha!

}}cleopatra{{ disse...

Um dia... quando essa concha azul, diferente das outras, que um dia amou, e foi renegada e esquecida por aqueles que amou!...
Um dia... quando no seu esconderijo do fundo do mar, for encontrada...
Um dia... ainda voltará a ser amada!!
Sim... um dia!...

Beijo soprado

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Que pérola/coração linda tens tu nessa concha azul.
É bom conhecer-te. Um beijo e um abraço

Louco disse...

Haverá de certo um lugar onde estará uma imensidão de pérolas, pois sei quem tambem perdeu a sua.
Abraço até um dia
Agur

Louco disse...

Haverá de certo um lugar onde estará uma imensidão de pérolas, pois sei quem tambem perdeu a sua.
Abraço até um dia
Agur

Bandida disse...

se abrires a concha verás as cores fantásticas... e

_________

um abraço!

Heloisa B.P disse...

*OLA' CONCHINHA*!!!!!
SEMPRE LINDISSIMO!

DESTACO:

"Estranha concha essa...agora vagueia pelo vazio de uma existência sem sentido...esperando apenas que um dos seus rios a leve a descansar no leito bem fundo do mar, onde não há céu, nem flores, nem giestas para amar!"
************************UM ABRACO!
_Vi Sua PALAVRA no *MENINA-MAROTA* e vim visitar ESTA* atraida pela PALAVRA E PELA CONCHA (S)*******
*************************Heloisa
*********************************

VEM SONHAR COMIGO disse...

Uma concha azul no fundo do mar...
É isso.Mais um pouco e torna-se difícil resgatar.

Bj d
d

naoseiquenome usar disse...

Às vezes deixamo-nos levar por promessas vãs. E caímos. Sentimo-nos perdidos, mesmo sabendo que somos bem melhores que o que nos querem fazer crer!
O que não podemos é deixar-nos ficar no vazio de braços caídos.
Goatando de nós, as mazelas ficam mais leves!

Um beijo.

rui-son disse...

Às vezes só mesmo sendo diferente de todas as outras conchas conseguimos ser felizes.

infinito disse...

Era tão rara sua cor azul, mal sabia a pobre concha que o céu a amou, na imensidão do ser ninguém a amou como ele, o céu, que refletia na concha sua cor, a tatuou com a cor do infinito, Feliz Concha Azul.

Anónimo disse...

sera a tal concha esta q eu perdi??
jinhos*
Ass: palavras

Pierrot disse...

Que bonito Blueshell

Fez-me muito lembrar o meu "Era uma Vez..." postado lá no meu cantinho...

E como me fez lembrar o motivo desse poema...

Lindo, bem hajas
Bjos daqui
Eugénio