segunda-feira, outubro 09, 2006

Tive, por certo....

deencantar

(foto de BlueShell)

Tinha em mim tanta certeza!
Tinha os sonhos e as estrelas...
E as histórias de embalar...
Que o Tempo me quer roubar!

Onde estão elas agora?

Tinha em ti essa firmeza
De uma rocha inabalável
E o amar estava certo...
Por certo o mais puro e belo!

Tinha em mim tanta certeza...
Tinha flores e nascentes,
Melodias e poentes...
E de ti... (a apetecer...)
Tinha teus beijos ardentes,
Prenhes de tanto querer!

Tive em mim tanta certeza...
Tive os sonhos e as estrelas...
Os palácios e as fadas,
Das histórias de encantar!

Onde estão elas, agora...
Quando mais preciso delas?

64 comentários:

tito pereira disse...

Queria colocar-te uma questão que porventura poderá ter alguns ingredientes de imbecilidade...de qualquer forma sou limitado por vezes na compreensão de "mergulhos nas profundezas doas emoções dos outros". Então, a questão é: teus poemas, teus pensamentos são reflexo de uma relação como o Divino ou com uma pessoa de carne e osso?

Betty Branco Martins disse...

Querida BlueShell

Como um lento rio
a alma se demora
onde estou
e
aí sou
com o corpo que habito
- não para onde vou
aqui fico
até a alegria
me beijar a boca sorridente....

Beijinhos doces

A Cor do Mar disse...

Os sonhos, as estrelas, as historias de embalar ...vão voltar podes crer ;);) Beijinho*

GNM disse...

A vida prepara-nos crueldades refinadas: Dá-nos a conhecer o melhor dos mundos e, um dia, tudo muda sem aviso prévio...

Se sorrires, ajuda...

CMatos disse...

BlueShell, as lágrimas são como o vapor que se liberta de uma panela de pressão. Ao fazê-lo alivia o aperto no coração e deixa espaço para que a vida continue!

Não podendo fazer muito mais, apenas lhe retribuo o beijinho, desejando que o luar que faz lá fora lhe traga a paz que procura.

margusta disse...

BlueShell,
...venho deixar-te um beijinho e agradecer o teu carinho e Luz que me deixas-te ficar.
Levo comigo mais um lindo poema, com a tua marcas...gosto muito dos teus poemas Blue,
São escritos com alma...a tua alma linda e sofrida...

Anónimo disse...

No comments...
São coincidências a mais...

Bem-passado

BlueShell disse...

Tito Pereira: são escritos que se referem a alguém...de carne e osso! Há alguns...mais atrás que são para o meu pai, falecido quase há 2 anos....

Beijo
BS

meialua disse...

Onde estão?
Estão dentro de ti!
Procura bem, porque estão lá...
e nunca deixes de sonhar...

Beijokas grandes e continuação de uma boa semana*

Cris disse...

que posso eu dizer-te? não desistas, se o que sentes é tão forte que nos toca a todos nós, não desistas, mas, às vezes é melhor largar, é melhor deixar ir, às vezes o amor é deixar partir.

Uma bjka grande

Luís disse...

Tens em ti uma capacidade de nos envolver nas tuas palavras. Tens em ti inspiração a fluir (isso ninguém o pode negar).

E eu tenho em mim... vontade de aqui voltar =)

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

As tuas palavras são abraço; Teu poema é um mimo. Alguém que escreve assim tem na sua alma as certezas, os sonhos, as estrelas...hoje só tens que olhar com um pouco mais de atenção, mas estão lá.
Beijoca

Diogo Ribeiro disse...

Uma luz confessional sob a qual lemos este texto. Coincidências, semelhanças. As minhas vão longe, no desassosego das noites, no silêncio contido dos dias que ardem nas veias. Mas ao longe, lá vai este mundo, cheio de beleza e monstros. Aventura-te entre tudo isso, pois nisso está o viver.

Beijos, até à próxima.

Tuche disse...

Bom dia querida,

estou fascinada com o que li até agora :)

Ás vezes temos que parar e olhar para um espelho e olhar bem no fundo, no nosso interior...
Tenta procurar dentro de ti.

Beijos

Princesa disse...

My lady blue,
O charme não sería o mesmo se elas estivessem todas na palma da nossa mão, creio eu!

(as certezas)

Abraço muito apertado
Princess

Um Poema disse...

"...os sonhos e as estrela..." que bom poder tê-los. Infelizmente, na vida até os sonhos e as estrelas podem ser efémeros. E que bem aqui descreves, em poema de encanto, essa efemeridade.
Um abraço

Plum disse...

...e o que foi não volta a ser...mas acredito que o que virá pode ser mais belo!!!abraços mágicos*

collybry disse...

Retribuo o abraço de Alma...e na Alma se encontra tudo isso que descreves no lindo e sentido Poema de procura, não estará em Teu redor??
Meu esvoaçar em torno de Ti________
Cõllybry

Belzebu disse...

Estão no sitio de sempre, á espera de serem despertados novamente!! E só tu tens esse poder. Usa-o. Um abraço dos quintos dos infernos!!!

Daniel Aladiah disse...

Querida Blue Shell
As certezas abalam-se, enquanto as dúvidas se solidificam... a lei da vida.
Um beijo
Daniel

125_azul disse...

Precisas do equilíbrio certeza/dúvida, yin/yang para tudo se harmonizar. E esse tempo chegará...
Beijinhos

Tiago disse...

Apenas na certeza da incerteza, procuramos o que esta certo.

bjs
Tiago

Marco António disse...

O momento de "Tive, por certo..." leva o Ser à nascente de um Tempo iniciado que continua por caminhos paralelos do outro lado deste mundo que desconhecemos e que pretendemos conhecer através de um olhar, de múltiplos olhares cruzados, penetrando as "histórias de encantar!"...
A procura da memória "Onde estão elas, agora" transforma a inconsciência na sua plenitude de consciência por uma recordação de um futuro passado ainda não vivido, mas sentido ao longo de cada pétala em Tempo no Tempo de um querer tão forte e tão desejado na sua forma límpida de pureza...
A incerteza tem a capacidade de transformar a certeza em realidade de um amar tão penetrante e tão intenso...
A certeza tem a capacidade de transformar o sonho em realidade do outro lado do Tempo em emoções de reflexos contínuos como o lançar de uma pena cisne no lago de Outono...
"As histórias de encantar" encontram-se no tempo de uma procura dentro do Ser na sua intensa paixão...são essas histórias que nos fazem viver, que nos fazem suceder, que nos fazem vibrar em ondas de penas em lagos de encanto...

Endless... disse...

Pois, as indecisões que temos em certas alturas da nossa vida são naturais, legítimas e...são um mal sempre necessário!


"Onde estão elas, agora...
Quando mais preciso delas?"
Se antes tinhas em ti tantas certezas, porque as não tens ainda?

É que elas estão...
...onde estavam antes!
O será que algo mudou????

Beijinhos

Delfim Peixoto disse...

Se procurares no teu coração...talvez encontres!
bjs doces

sa morais disse...

"Onde estão elas, agora...
Quando mais preciso delas?"

Estão onde sempre estiveram, dentro de ti! Talvez a sua voz seja mais fraca, quase inaudível, mas quem "Teve os sonhos e as estrelas...Os palácios e as fadas", nunca os perde! Procura bem! Escuta no silêncio!

jinho!

doistons disse...

Tinha em mim tantas certezas...mas elas ruiram, desmoronaram como castelo no ar. Agarra-te à vida e outro amor hás-de encontrar.Desistir de amar é deixar de respirar.
beijos

Tinoca Laroca disse...

em Cristo jamis perderás a Esperança. porque passarás a Viver não de acordo com o que vês ou sentes, mas de acordo com uma Vida que irás viver após a morte.
God bless you.
T.

Rui disse...

Estão dentro de nós. Arrumados em qualquer prateleira, à espera de nós.

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

no tempo que passa, certezas que esmorecem....
beijos

AS disse...

Deixo-te o meu abraço...
sempre!...

pitanga disse...

Querida Blueshell, apenas uma pergunta: Fizeste este poema pra mim? É um dos mais lindos e a mais pura verdade.

beijos de quem acaba de se ver nele.

Alex Flôr Negra disse...

Não precisas de perguntar nem procurar...
Elas aparecerão com certeza quando menos esperares...
Será uma surpresa...
*

serenidade disse...

Porque perguntas??? Sabes muito bem onde estão... onde sempre estiveram... dentro do teu lindo coração, à espera de sairem, de serem divulgadas, e para quê??? para serem colocadas em prática...vá força...começa a transformá-las em realidade...só depende de TI.

Um terno beijo sereno.

TMara disse...

desculpa a ousadia. sabes k é com carinho. Busca s´dentro de ti. Sempre dentro de ti. É lá k tudo se encontra e começa. Lá reside a força, a paz k dá certza e segurança e energia par caminhar sempre ecom um sorriso nos lábios. Com os bjs azuis k me enviaste fiz um colar para usar ao luar.
Bjs.
Luz epaz em teu caminhar e ao teu redor

Menina_marota disse...

Nada pode ser considerado certo... a não ser, o viver e o morrer... de tudo...

Um abraço carinhoso ;)

Poesia Portuguesa disse...

Um poema muito sentido. Gostei...

Beijo ;)

A Cor do Mar disse...

Ola BS, esta td bem contigo? Aqui deixo um beijinho ;*

Ignotu disse...

"Tinha em mim tanta certeza!"

Toda a alma deixará escapar essa exclamação, mesmo surda, uma vez na vida. Depois, vem o que chamamos: sabedoria.

soslayo disse...

BlueShell:

Tudo na vida se esvai...
Mesmo as certezas inabaláveis
São os sonhos e as estrelas que nos guiam
Em não termos certezas d’outro dia!

Muito lindo. Um beijo.

}}cleopatra{{ disse...

E quando as nossas certezas, um dia deixam de o ser...
E quando o cais que sempre ali se encontro, um dia lá não se encontra mais, só o vazio...
E quando o mundo parece que nos cai em cima...
A alma fica nua... desprotegida... carente... abandonada...

Muito lindo o teu poema, mesmo!!

Um beijo soprado

Fiju disse...

De poemas não percebo muito, mas que as fotos estão lindíssimas, estão! Se fosse possível dizer a zona onde tirste essas fotos seria muito fixe! São locais bonitos! Parabéns pelo esforço aqui deixado no blog. Jokas.

tb disse...

porque nada é certo nesta vida...
Sempre muito lindo o que escreves e as imagens que tens.
Beijinhos

pitanga disse...

Bom dia, Blueshell. A história teve um fim. Está lá no Pitanga. Mas não corras!

beijos

Wings disse...

As certezas estão aí dentro do teu coração, agora amargorado e por isso reprimindo-as, os teus sonhos e as tuas estrelas continuam acompanhar-te, só tens de baixar as pontes do teu castelo para as fadas poderem entrar, e voltarem a te encantar, sei que o mais difícil é mesmo baixar as pontes, agora que estão fechadas às sete chaves, mas deixa uma frincha para um raio de sol entrar.

Bjs

Cris disse...

BS, querida, por favor, não te deixes ir abaixo, há certezas que o deixam de ser apenas para dar lugar a outras certezas, por vezes não são as que nós queremos, mas acredita, por pior que seja, a vida sabe o que faz.

1000 beijos

Cris

.*.Magia.*. disse...

As incertezas são sempre as maiores certezas que temos!
Nada é certo nesta vida!

Beijinhos!

gato_escaldado disse...

excelente poema. adoreiiii

beijos

Hindy disse...

Um beijinho "hindyado"! :o)

DE PROPOSITO disse...

Só deixar um beijito (virtual', e dizer que gosto muito da fotografia.
Fica bem.
Manuel

Isa&Luis disse...

Olá,

teu grito profundo e sentido, que dará um pouco de alivio ao teu coraçao sofrido


Beijinhos

Isa

Luna disse...

As fadas estão só a dormir, um pouco, só um pouquinho, logo logo, vão te abraçar
beijos

Mikas disse...

Por vezes as certezas só nos fazem sofrer...

Lmatta disse...

mais uma bela foto.


"tens um programa de fotografias com ele podes trabalhar as fotos e podes por o teu nome"
beijos

Ant disse...

O amor, o desejo, o sonho, não se esvai nas desilusões. Não pode. É por isso que se vai caminhando um dia de cada vez. Fazendo o possível por manter a chama acesa no fundo de nós.
Beijos Conchinha.

perola&granito disse...

Olá

manda-me um e-mail para o perolas@netcabo.pt com teu nome e morada que depois digo-te por lá o resto.

Beijocas
Bom fim de semana

António disse...

Querida I.!
Excelente poema!
Parece-me, formalmente, num estilo mais evoluído do que o teu tradicional.
Vou estar atento porque acho que estás a mudar...como poetisa.
Estarás a entrar ou a sair do período Azul?
ah ah ah

Obrigado pela tua visita.
Escreveste:
"Ai ....o pior é que há "por aí" MUITOS Franciscos...."
e eu direi (para chatear):
"E também muitas Marinas...".
Volta sempre que eu gosto de te ver por lá!

Beijinhos

Desassossego disse...

Só tu tens a resposta, só tu o podes encontrar.
Queres encontrar?
Queres de volta?
Então vai...

Um xi grande, eu fico a aqui a aguardar...

Femané disse...

A vida, minha amiga, é mesmo assim, repleta de desencontros e de ausências... muitas.

Um dia, quem sabe, será a nossa ausência que amargurará alguém.

Um forte beijo para si, conchita azul, linda.

Juda disse...

Olá... tenho pouco tempo, mas sempre dá para dar um salto aqui, entre outros, gosto do poema, um abraço...

de Matos disse...

Onde estão nao sei, mas possoi ajudar-te a encontra-las.

bjs e bom fim de semana :)

folhasdemim disse...

Continuam por aí, dentro de ti.

Beijos,
Betty

sofialisboa disse...

não sei se ainda te elmbras de mim, há anos que trocamos palavras, ainda no inicio do meu e se calhar teu 1ª blog... não sei se irás ver este comentário, mas pela quantidade vejo que tens um circulo maravilhoso, quanto ao passeio que dei, li que estás a sair de algo que te doi ainda, deixa, quando uma porta de fecha outra se abre... gostei de te encontrar sofialisboa

Luana disse...

Muitas vezes contruimos sonhos sobre uma realidade. Depois quando despertamos, os sonhos desfazem-se e núvens escuras abrançam-nos. Não importa, porque o próximo sonho será muito mais real.