quinta-feira, setembro 15, 2011

AFINAL...






can

(Foto de BlueShell)

A noite me abriga, me seduz…
Candeias envoltas na sombra.
Do mar, a espuma dos dias,
Flui e me foge…sem nada, sem luz.
E há vozes que chamam meu nome
Vozes que não reconheço…
Afinal…à noite nada digo, nada peço…
[Só queria ser criança outra vez…]

52 comentários:

Vieira Calado disse...

quando os candeeiro tinham algum charme!

Belos tempos!

Saudações poéticas!

Bob Bushell disse...

Lovely photo and a magnificent poem.

São disse...

Pois é, linda, seria bom ser criança às vezes...

Um abraço

Janine Bettencourt disse...

Adorei a foto!
As tuas palavras, então, reflectem muito do que sinto.

Maria disse...

A noite abriga todos os que são solitários (que não em solidão...).
A magia da noite faz-me sonhar. Acordada!

Beijo.

Observador disse...

Lindo!!!

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Quem não gostaria de voltar a ser criança...

Bonitas não só as palavras como achei muito bom o pormenor e enquadere capatado na foto!
Abraço

Mário Margaride disse...

Poema nostálgico, mas de rara beleza...

Beijinhos, e tudo bom para ti

bbrian disse...

Lindo envolvimento noturno, misteriosas vozes chamam`a entrega das fantasias. Beijos no coração!

Pena disse...

Preciosa e Estimada Poetiza Amiga:
Um poema soberbo e delicioso.
Excelente.
No maior respeito plasmado aqui com encanto pelo seu sentir extraordinário e perfeito.
Grato pela visita.
Sempre a admirá-la

pena

É perfeita.
Bem-Haja, pelo talento enorme.
Adorei.

Aclim disse...

Só quero que a prova termine logo, estou com os olhos cansados...

Abraço

Luna Sanchez disse...

Também tenho uma identificação imensa com a noite, ela me compreende no sentido mais amplo da palavra.

Um beijo.

✿ chica disse...

LINDO DEMAIS! Poesia e foto! Adorei! beijos,tudo de bom,chica

Carla Fernanda disse...

Bom seria se assim fosse e até que poderia ser criança...com
esperança.
Lindo!

Vitor Chuva disse...

Olá, Blueshell!

Noite é assim como um manto que nos esconde; amigo cúmplice com quem partilhamos os nossos segredos.

E obrigado pela visita, que retribuo com muito gosto.

Um abraço.
Vitor

Aleatoriamente disse...

Lindo texto.
Continuamos criança ainda, por dentro ela sempre existirá.
Mora na gente sempre que uma lágrima de alegria ou tristeza brota, nos conduz a refletir sempre sobre a bondade e a pureza.
Quando tais pensamentos chegam, é nossa criança de dentro saindo para brincar.

Linda és muito querida.
Beijinho.

Zé do Cão disse...

Sempre tive fascínio pela noite.
Mais ainda, pela noite e chovendo forte e ventosa.
No outro dia está tudo renovado. Até o ar que respiramos

O meu abraço

Carla Fernanda disse...

Querida Shell estarei orando por vocês e a fé é tudo que temos e nos acompanha mais de perto nesses mome3ntos de dor. Correrá tudo bem. Que Deus os guie sempre em paz.
Bom dia!

Jorge Pimenta disse...

olhares outonais sobre as pedras das cidades e dos homens. como tudo se torna estranho, estrangeiro, desconhecido. ah, a infância, o derradeiro destino que nos torna possíveis.
beijinho!

elvira carvalho disse...

E era tão bom ser criança de novo.
Amiga espero que Deus a ajude a passar a tormenta em que se encontra.
Um abraço e bom fim de semana

Olinda Melo disse...

Ser criança outra vez e ouvir histórias de encantar!Naquele tempo, a noite era povoada de mistérios e, também, de fadas boas.

Beijo

Olinda

Fábio Martins disse...

Esses belos candeeiros de rua. Adoro!

acácia rubra disse...

No final... é tão pouco o que se pede!

Afinal, apenas não sofrer.

Beijo

heretico disse...

regresso à matriz das sombras. que iluminam vida fora...

gostei muito.mesmo...

grato

Rick disse...

Yes, there is something about the night ...

Beautiful shot, nice composition.

Evanir disse...

Que a Paz e o Amor estejam sempre presente em sua vida Sinta o que você diz...
Com carinho! Diz o que você pensa. Com esperança! Pense no que você faz.
com fé! Faça o que você deve fazer. Com muito AMOR. Sabe..
Eu ganho força,coragem e confiança E me sinto Feliz Através de cada mensagem que
VOCÊ me envia Continue me abençoando com seu carinho OBRIGADA DE CORAÇÃO
Beijinhos com muito carinho.
Evanir

Luís Coelho disse...

A noite com o seu vazio de silêncio e encanto.
Manto que se estende alongando as sombras dos candeeiros perdidos nas estradas que nos atravessam.

Daniel disse...

Une lumière dans la nuit.
:))

JUAN FUENTES disse...

Amiga mia.Tu imaginación vuelan mucho más alta que mis fantasias,
tu tienes la mente casi siempre en ebullición,cosa muy buena porque ella
te ayuda a soportar los momentos más amargos.
Si mis fotografias te ayudan en algo
me alegro por ello.
Un fuerte abrazo

Isamar disse...

Imagem e poema em sintonia perfeita. Também gosto da noite mas , como madrugadora incorrigível, seduz-me o crepúsculo do amanhecer, a aurora a recuperar do sono profundo e os raios de sol a banhar os montes onde agora habito.

Bem-hajas!

Beijinhos

Amaral disse...

Outra vez e sempre...
Criança por dentro, criança por fora... nas atitudes, no pensamento, na maneira de ser...
Sempre somos crianças, em algum momento, nesta caminhada que só termina quando a mente opina, na sua distração permanente...
A noite, como o dia, seduz-nos em maravilhas criadas para experienciarmos o ser...
Quando a Natureza flui por nós... sentimos o seu aroma chamar o desconhecido que há em nós... aquele desconhecido que a criança reconhece... na sua pureza subtil...

Palavras disse...

Acho que todos nós carregamos a mágoa de crescer e deixar para trás a criança que existia em nós.

Belo poema!

Abraços

. intemporal . disse...

.

.

. sermos a criança que fomos e que ainda sentimos que somos .

.

. por.que da dureza dos dias . da doença que também padecemos . urge o alento deste poema mayor .

.

.

. [. amplas melhoras para o Seu marido . tal como ele . padeço de uma patologia crónica talvez tão ou ainda mais grave do que o cancro . e,,, aos quarenta e um anos . continuo aqui . a fomentar a esperança .] .

.

. um bom fim.de.semana .

.

. um beijo meu .

.

.

Everson Russo disse...

A noite é sedutora em suas cores, em seus sons de silêncios, em desejos ocultos e silhuetas de amor...beijos de bom final de semana pra ti.

Duarte disse...

Sempre senti uma atracão especial pelos candeeiros, ou candeias, fazem parte da nossa historia...

Candeeiro com luz diurna,

para passeantes enamorados.

Não se precatam dos lúmenes,

centrados no que faz falta...

já que a sua função é alumiar.

Ainda que seja com luar.


Beijinhos

DE-PROPOSITO disse...

Todos nós continuamos crianças! A prova disso é que continuamos a ter 'ilusões' (sonhos).
---
Felicidades
Manuel

Lau Milesi disse...

Levanto a bandeira, ao longo da vida,de que sempre devemos guardar nossos conteúdos infantis.Os meus estão em lugar seguríssimo.:)
Lindo, amei seu post!!!

Um grande abraço.

Fê-blue bird disse...

Temos que ter sempre a criança que fomos dentro de nós.
LINDO!

beijinhos

Aleatoriamente disse...

Olá linda.
Vim te deixar um beijinho.
Com muito carinho.

Fernanda

Mona Lisa disse...

Olá

Existe sempre uma criança em nós.

Belíssima foto.Acolhedora!

Bjs.

Alien David Sousa disse...

Também eu, também eu! :(
Beijinhos BS

tossan® disse...

Pra que deixar de ser criança?! Lido texto! Gostei da perspectiva da foto!

JUAN FUENTES disse...

Amiga mia.Tus comentários alegran la monotomia de mi vida,verdadera-
mente nuestros dos paises siempre están unidos.
Hace algun tieempo recorri el sur de Portugal,que se parace bastante a Andalucia.
Un fuerte abrazo

São disse...

Deixo um abraço, esperando que tudo esteja a correr bem, minha linda

elvira carvalho disse...

Vim deixar um abraço. E deixar os meus votos de que tudo esteja a correr bem.

Everson Russo disse...

Um domingo cheio de carinho e uma semana de muita poesia pra ti minha amiga querida,,,beijos e beijos.

intimidades disse...

lindo

Bjinhos
Paula

Pena disse...

Estimada e Perfeita Poetiza Amiga:
À noite acontecem as coisas mais puras e deliciosas do dia.
Faz pensar. Estar. Ser.
Até regressar à infância, por que não?
Parabéns pelo seu talento genial de conceber versos fantásticos.
A noite é conselheira, não esqueça?.
Abraço amigo de um final de Domingo excelente.
No maior respeito.
Bem-Haja, pela vista linda no meu blogue.
Sempre a admirá-la

pena

Rafeiro Perfumado disse...

E voltar a passar pela fase das inseguranças e borbulhas? Nem pensar!

Paula disse...

Olá! Obrigada em primeiro lugar, pela visita ao meu blog!
Gostei muito do poema e do candeeiro. Muito bonitos!

JUAN FUENTES disse...

A la amiga de los animales domestico,y seguidora de mis fantasias,le dire que mi última
foto fué muy sencilla de realizar
solo hace falta eso..Fantasias.
Un fuerte abrazo

JUAN FUENTES disse...

Amiga mia.Tu amigo el andaluz te desea pases un feliz y tranquilo domingo.
Abrazos