domingo, setembro 04, 2011

Qualquer semelhença com um enredo de ficção...é pura coincidência!







abor

(foto de BlueShell)

A calma da tarde parecia queimar nossos corpos. Uma tarde de agosto, daquelas tardes de sol de figos e uvas e amoras e searas..
Dentro de casa o velho cão estava sorumbático…






abor2

(foto de BlueShell)

...depois ficou impaciente. Um cão sem vida “social” é um cão só…não obstante os mimos dos donos.

Fiz-me ao fogão e, num instante, arranjei uma merenda: batatas albardadas, rojões, carne assada no forno e, depois, fatiada; houve ainda tempo para fazer um bolo e uma pizza (receita minha). Havia melão, uvas e maçãs. Água e um sumo natural. Ah e pão! Enfiei tudo na cesta e numa outra, uma manta onde pudéssemos sentar-nos.
A tarde começava a refrescar quando nos metemos no carro que ainda abafava. Os meus cabelos compridos e louros caiam pelo colo mas tive de os prender com um gancho para não me fazerem transpirar ainda mais.
Sem uma rota, sem um destino…deixámo-nos levar pela estrada, quase sem movimento.
Viu-se então um largo e, no centro…uma pequena capela rodeada de imensas árvores. A sombra acolheu-nos com uma brisa leve e pura plena de cheiro a pinhais e a esperança.





tem

(foto de BlueShell)

Olhei disfarçadamente meu marido e vi que estava feliz. Então fiquei feliz. Naquela tarde de agosto o calor já não fazia doer. E quando estendi a toalha e nela coloquei toda a merenda eu era a mulher mais feliz do mundo.
A pequena capela …as árvores, o odor quente a campo…tudo estava em harmonia.
Levantei os olhos e o céu azul lá estava como que a querer abraçar-nos, unir-nos ainda mais. Uma união que não se consegue com os simples votos feitos frente a um Padre mas sim uma união plena, inteira…sem palavras pronunciadas…apenas com um estar, um olhar, um entender em silêncio cúmplice cortado, apenas, pelos movimentos dos pássaros agitados ainda do calor do dia.

Sentámo-nos para saborear a merenda …mas nesse momento eu soube…que connosco se havia sentado também o Medo. Um medo real…a iminência de um telefonema do IPO, médicos e seus diagnósticos, os elevadores com cheiro a medicamentos, os corredores vazios de sentido mas cheios de gente de expressão apagada. E senti uma dor terrível que me prendeu ao chão e me fez deixar escapar uma lágrima.
- “Não; este fim-de-tarde é nosso, apenas nosso!” – pensei, num misto de dor e raiva!
Olhei o meu marido mas não lhe vi o olhar: tinha os olhos cravados no chão. Adivinhei os seus pensamentos tal como ele adivinhara já os meus. Até o velho cão parecia cansado….mais velho ainda.
Senti que as mãos me tremiam e olhei, de novo o céu, numa prece muda…uma prece na qual entreguei todo o meu ser, toda a minha Fé…como se toda a minha energia convergisse para ela deixando-me prestes a desfalecer. E cerrei os olhos com muita força para que,…quando os abrisse, o Medo já tivesse ido embora de vez.






pin

(foto de BlueShell)

Não sei ao certo quanto tempo assim permaneci. Senti que o sol me tentava tirar do torpor em que havia imergido. Abri os olhos e parecia que o sol queria envolver-me, rompendo através do cedro que estava à minha frente. Até uma leve brisa, mais fresca, desalinhou meus cabelos compridos e louros…
Já não tinha medo.



den

(foto de BlueShell)

E naquela tarde de calma do mês de agosto, entre o muito amar e o muito temer…percebi que Alguém maior que o Medo estava ali comigo. Sempre estivera, afinal…


50 comentários:

Fernanda disse...

É bom sentir essa protecção, seja ela qual for e venha de onde vier... sente-se e pronto, tudo modifica.

Gostei imenso, sobretudo da parte em que, como eu, em dois tempos, preparaste uma merenda deliciosa.

Quem Setembro ainda nos permita alguns dias assim.
Aqui, de momento, está um dia belíssimo, Cheio de sol e forte. Tenho a marmelada a secar bem como os figos.

Bom Domingo
Beijinhos

São disse...

Ter um apoio Maior é sempre uma ajuda muito importante.

E essa angústia terrível de ver um momemento feliz esfaqeuado por algo muito desagradável também já a vivi.

Bom domingo.

M. disse...

Oi linda!! Que bom a tua participação!!! Obrigada pela visita e comentário!! Bjs

epee disse...

Há amores assim... basta uma brisa, um sorriso... e uma toalha... não mais que uma simples toalha.

¬
Bom domingo, Shell.

lino disse...

Um belo texto com imagens a condizer. Quanto ao resto, não há-de ser nada.
Beijinhos

Carla Fernanda disse...

LindoooOOOOO!
Parbéns!
Na fraqueza e fragilidade de nós humanos é que encontramos a fortaleza que nos guia e ampara para momentos tão maravilhosos que escrevestes divinamente.
Bom domingo!
Carla

Bob Bushell disse...

Beautiful pictures. And yes, I understand what your saying. I hope that your dreams bear fruits.

bbrian disse...

Sempre estivera, sempre estará!
Na força da mulher, dos valores, do amor!
Medos momentaneos impulsionam a mola dos fortes!
Lindoooooooooooo! Beijos no coração!

Runa disse...

Só a fé tem o poder de aniquilar as sombras do medo e da dor.
Gosto da forma, aparentemente simples mas bem elaborada, com que desenvolves os teus textos. Parabéns.

Abraço

Runa

Braulio Pereira disse...

doce momento estar aqui contigo.

tuas palavras sâo caricias

teus textos

PAZ


beijos doces dias!!

Mário Margaride disse...

Olá minha amiga, boa tarde!

Em primeiro lugar, quero agradecer a tua visita e o teu comentário no meu cantinho que muito gostei. Volta sempre!

Sem dúvida, é sempre bom acreditarmos em algo que nos proteja, seja o que for ou quem for.

Beijinhos e um bom domingo!

Gaja Maria disse...

Lindo! Adoro a forma como escreve pormenores e acontecimentos, em estilo de história. Muito lindo mesmo.
Sim, é muito bom acreditar e saber que não estamos sozinhos.
Boa semana, Bj

Will disse...

Interessante,
era como se estivesse vendo vocês ao longe, as sensações, as cores, os anseios.
Adorei esse post.
Ótima semana para vocês!

Kalyan disse...

simply beautifully captured shots...lovely!

Rafeiro Perfumado disse...

E que esse alguém traga esperança, pois esta é perita em dar tareias no medo. Beijoca!

Pena disse...

Amiga de Encanto:
Escreve de uma forma deliciosa e fabulosa.
O conteúdo é importante. De uma gigantesca pertinência e já lidei também com esta situação.
Quando escreve prende o leitor às palavras.
MUITO OBRIGADO pela partilha, embora triste.
Adorei, o seu Post. Apesar das circustâncias nada boas daria um boa ideia para um livro.
Olhe, fique bem. Se precisar de alguma coisa, estou consigo.
Beijinhos amigos de pureza pelo seu encanto.
Com respeito pelo que concebe de forma extraordinária e perfeita.

pena

Bem-Haja, pela honra da sua amizade.
Agradeço-lhe a visita.
É uma pessoa linda com sentimentos lindos, sabia?
Bem-Haja, preciosa amiga.

eileeninmd disse...

Beautiful images and I lvoe the cute doggie. I would love to have been able to use a translator for your post. Thanks for your visit, have a great day!

rui disse...

Olá Blue Shell,

Escreves muito bem!
Adorei a tua escrita...cheia de pormenores encantadores!
Boas fotos, com bom enquadramento.

Abraço

O Árabe disse...

Vencer o medo... passo importante para viver a Vida! Boa semana, amiga; fica bem!

Evanir disse...

Amei sua escrita ..
È maravilhoso estar sempre em contato com postagens diferentes.
Uma feliz semana.
Bjs no coração.
Evanir

bons temposhein disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
jrd disse...

(Peço desculpa pelo lapso)

Da fé e da vida.
Muito bonito.
Um abraço

JUAN FUENTES disse...

Querida amiga.Tu juventud hace soñar a tu mente,a veces te hace ver algo
inesistente, no debes de olvidar que las fantasias nos ayuda a salir de las realidades.

Gracias por entrar en mi blog y por tus simpáticos comentários

Abrazos

Marta disse...

Um momento doce.Uma bela tarde de Agosto.

will-Art disse...

Fotos linda!

C Valente disse...

saudações amigas

Sérgio Pontes disse...

O cãozinho é lindo =)

Beijinhos

Agulheta disse...

É bom saber que nunca estamos sozinhos e uma força está junto de nós nos piores momentos da vida.A companhia era boa e a merenda feita com amor,mas o principal dessa tarde de Agosto foi que o medo foi levado numa nuvem para longe e a esperança ficou para continuar muitas tardes de Agosto...gostei muito deste abrir de coração.
Beijinho

Aleatoriamente disse...

Minha linda que texto mais lindo.
Cheio de emoção, profundidade e por fim encantamento.
Fiquei feliz por se sentires assim no final.
Há alguém lá no alto precioso de mais, e nos ama demais também.
Confiei sempre , gostei de sentir sua fé.

Beijinho.
Fernanda

Francisco Coimbra disse...

DA TESE À ANTISE OU VICE-VERSA
Haja Deus, aja a imaginação, haja o que houver, agir será sempre uma prece para quem é movido pela Fé. É um caso em que o contrário não existe, existindo trata-se de procurar a antítese de cheio. Se o vazio não existe porque como vazio existe, onde ele esteja diremos existir um espaço cheio de vazio!
Gosto da dialéctica, chega ser patética, parte sendo poética, fica como vem, mas fica como se foi. Sendo esta a prosa, ela escapa à presença do Mito, não respeita qualquer virtude como Filosofia que nem pretende ter, tenderá a ser… poética!
Um pouco dela, prosa poética; foi para o que me deu.
Gostei da leitura fruída, parabéns!
As melhores melhoras!

Luna Sanchez disse...

Fiquei emocionada com o relato.

Um beijo grande.

elvira carvalho disse...

Obrigada Amiga pela presença no Sexta. Vim atrás dum agradecimento e descobri este texto maravilhoso, pleno de sentimento.
Passei e estou a passar por esse medo, e a fé tem sido de grande consolo e mantém viva a esperança.
Um abraço


Nota. Vou levar o link

Luís Coelho disse...

Um piquenique improvisado num final de Agosto e com um cheirinho do campo e da capela e um santo perdido no tempo e na fé do povo.

Acabou com uma meditação onde parece ter incluído os pensamentos do marido e até do triste cão.

Nós só podemos viver este momento, este presente que Deus nos dá...
Amanhã não sabemos...
A força de acreditar que virão dias bons há-de fazer-nos bem.....

Pedro Ojeda Escudero disse...

Hay tardes en las que uno comprende el mundo, es cierto.
Gracias por tu comentario en La Acequia.

Marli Carmen disse...

Olá BleuShell obrigada pela visita e comentário no meu blog...beijinhos!!!
Marli

Menina Marota disse...

Oh BlueShell como senti a força deste teu Post e todo o sentimento nele contido!
Tens que ter força pelos dois, (pelos três, sabes que os animais pressentem quando os donos não estão bem?)e dar ao teu marido essa força. O desânimo não ajuda nada. Sentimentos positivos e uma luta constante para que cada dia que passe seja melhor que o anterior. E ter Fé! (que sei que tens)
As melhoras do teu marido e FORÇA!
Afaguinhos ao teu canito que é uma beleza!

Beijinhos e Felicidades em cada dia.

Samara de Oliveira disse...

Olá minha querida...

Agradeço o carinho ... e saibas que o mesmo desejo ati...

que a mãezinha do mar te proteja...

"Yèyé omo ejá"

Beijos minha linda!

Vivian disse...

Olá,Blue!!

Nossa...fiquei toda arrepiada!E que a fé possa sempre vencer o medo!!
Belíssimas fotos!!
Lindo texto!
beijos pra ti!

Luís Coelho disse...

Procurei o seu blogue para lhe transmitir uma palavra mais terna, que nos reconforte interiormente.

Como não encontrei deixo-lhe aqui aquilo que todos podemos fazer:
- Uma oração simples ao Pai pedindo-lhe que a cure. São momentos muito difíceis. Tenha coragem e olhe em frente. Acredite sempre que a cura está no seu coração.

Luís Coelho disse...

Quis dizer e-mail. Peço desculpas

Soraia Brito disse...

Obrigada!

Gostei imenso das fotos (:

AC disse...

A vida seduz-nos, mas ela, tratante, está sempre a por-nos à prova.
Um significativo texto!

Deixo um abraço de solidariedade.

JUAN FUENTES disse...

Nuevamente te agradezco tus comentários a mifoto.
La naturaleza nos dá tantos lugares a fotografiar,que en cualquir lugar
el fotografo puede hacer una buena o mala fotografia,depende de su estado de ánimo.
Un fuerte abrazo

São disse...

Acabei de ler que teu marido irá ser intervencionado e rezo a Deus para que tudo fique resolvido bem e em definitivo tal como vós desejais.

Um abraço forte a ambos.

Nilson Barcelli disse...

A fé ajuda imenso nestes casos.
Espero que tudo corra bem.
Beijos, querida amiga.

Evanir disse...

VIAJAR PELO MUNDO
E TIRAR DESSAS AVENTURAS LIÇÕES
QUE AMPLIAM SUA VISÃO DE FELICIDADE.
OU FAZER UMA VIAGEM DENTRO DE VOCÊ MESMO
VERÁ QUANTO VOCÊ PODE SER FELIZ
COM O AMOR QUE EXISTE DENTRO DE VOCÊ.
E SER FELIZ FAZENDO FELIZ A TODOS AO SEU REDOR.
UMA ABENÇOADA NOITE
PAZ AMOR E LUZ.
BEIJOS O CORAÇÃO.
EVANIR

JUAN FUENTES disse...

Con tu commentário a mi foto has echo
casi una editorial,En mi ciudad existen bastantes templos de los siglos XV al XVII.

Un fuerte abrazo.

Gracias por tus entradas a mi blog

RSM disse...

Fabuloso texto, cheio de sentimento!

O telefone irá tocar (ou já tocou) com boas notícias, assim quero eu crer, e este piquenique será mais um de muitos!

Tenha um bom Domingo!

P.S- Obrigado por ter passado pelo meu blog, só não percebi o seu comentário!

JUAN FUENTES disse...

Amiga mia.Dices estar triste,la vida és tan corta que no merece la mesa cultivar a la tristeza.

Tienes que dejar las tristezas a un lado y cultivar tu optimismo.
Quizas por mi edad y mi forma de ver la vida,siempre procuro tener optimismo.
Existe un refran árabe,quer dice
Si tus problemas tienen solución porque te preocupas,y si no lo tiene,porque has de preocuparte.

Un fuerte abrazo

jfrojerez@yahoo.es

Pedro Luis López Pérez disse...

Es Precioso tu Perro y se ve que es un bonachón.
Me ha parecido sensacional esta Entrada, llena de Paisajes y Sentimientos desbordantes.
Un abrazo.