sexta-feira, outubro 14, 2011

FRÁGIL

me

(Foto de BlueShell)

Todos nós temos as nossas fragilidades e todos nós sabemos disso.
Porém, há dias em que parece que todas as fragilidades nos aniquilam:
tudo nos dói…na alma, no corpo…
E mesmo o que ontem nos fazia sorrir…hoje nos magoa…porque nos fere com aguçado gume.
São dores que não podemos combater ou aniquilar… porque nos pertencem, fazem parte de nós.
Dores que alastram pelo corpo abandonado ao Tempo e às memórias.
E as memórias, essas …têm tanto de aconchego como de chaga.

Então…sentimos que temos de fugir de nós para fugir da dor…temos de nos fragmentar de nos reinventar…para encontrar um pouco de paz, de alívio…

Puro engano: tudo permanece…e tudo será em vão:
Nem o orvalho, nem a lágrima se reinventam em metáforas prenhes de ilusão…pois serão sempre orvalho…sempre lágrima e os passos que damos não sublimam o chão!

 

cont

(Foto de BlueShell)

107 comentários:

Fê-blue bird disse...

Minha amiga, hoje sinto-me exactamente assim, frágil, e nunca encontraria melhores palavras para descrever este triste sentimento, do que as que aqui acabei de ler :(

beijinhos

JUAN FUENTES disse...

Amiga Isabel.Tu necesita escaparte de tus realidades,aadmiro tu fuerte de volubtad para conseguirlo,tu mente y tu espíritu siempre los tienes en ebullición,amas a la cultura y ello te ayuda bastante.
Si tu crees en las vanalidades que intentan copar tu mente con las religiones,y eres feliz por ello y te llegas a sentir satisfaciones por ello,bién venido sea.
Un fuerte abrazo
Juan

Carla Fernanda disse...

Lindo Shell!!
Nesses momentos aí mesmo é que nosso eu tem que esar mais em guarda ...e presente...decidindo...caminhando...
Beijos

Jorge Pimenta disse...

posso sentar-me aqui e deixar-me embalar na melopeia das tuas palavras? talvez aqui o chão, que tantas vezes se faz paul, ganhe de novo a forma dos pés que esperam...
um abraço, poeta-colega!

Mar Arável disse...

Fugir nunca

Muito menos sòzinha

Tunin disse...

Shell, a gente viaja em tuas palavras. É como se estivéssemos sendo embalados. Maravilha conhecer o teu blog. Coisas lindas encontrei aqui. Parabéns! Obrigado por visitar o meu blog. Já estou te seguindo. Abração.

Will disse...

Boa tarde!

Reconhecer as fragilidades que temos é a maior demonstração do quanto somos fortes.

Ótimo final de semana para você!

as-nunes disse...

Blue Shell, a profundidade dos sentimentos e ansiedades é tal que dificilmente nos podemos colocar no teu lugar.
Podemos tentar comparar o teu estado de espírito com situações similares que já vivemos, no nosso íntimo, mas jamais poderemos obter uma sintonia perfeita.

Como já nos bens habituando, as tuas metáforas (realidades transformadas em metáforas? metáforas que reflectem a realidade ou a tua ânsia de poderes modificar algo que não está bem em ti) são transmissores de emoções muito fortes.

-
Mais prosaicamente, estive em Mangualde na semana passada e fui/fomos comer os pasteis de feijão. Uma delícia divinal.
Afinal já lá tinha ido há uns anos atrás.

Fiz post alusivo.
Andei em 43º aniversário da minha "lua de mel" com a Zaida.
Foram dias muito bonitos, calmos, boas caminhadas, viagens em EN e EM, tentando fugir da A25.

Beijinho
António

oteador disse...

blue gracias por la visita a foto grata; textos profundos y atractivos en tu blog; volvere.saludos

Fa menor disse...

É verdade. Mas virá sempre um sol que nos sorri
:)

Beijinhos

Celina Dutra disse...

BlueShell

Suas fotos e texto carregam a gente para mundos encantados. Mesmo quando tristes os versos, o encanto não desaparece. A fragilidade está presente no cinza, na delicadeza e nas palavras. Ela sempre é parte da nossa vida de dentro, mesmo quando não somos frágeis exteriormente.

Girassóis nos seus dias e beijos.

Pitanga Doce disse...

Se um dia houve o que nos fez sorrir, é dessa maneira que tempos que lembrar. Ainda que não haja mais, ou que, por fim, não tenha sido tão bom, arrepender-se e querer negar, é mais doloroso ainda. Afinal, do que nos lembraremos? Do que é presente???

Beijos em tarde de Primavera.

Mona Lisa disse...

Como te entendo...

Quando sou "assaltada" por elas (fragilidades, mágoas), procuro recordar o que me fez sorrir...

Belíssimo texto, belíssimas fotos.

Bjs.

Maria disse...

Sabemos fazer das nossas fraquezas forças. Digo sabemos porque sei que tu também sabes fazê-lo.
Dos momentos frágeis por que passamos saímos sempre mais fortes...

A tua prosa-poema é muito sentida e por isso me merece muito respeito.

Beijo.

Luna Sanchez disse...

As temos, com toda a certeza, mas não podemos sucumbir a elas.

Me identifiquei com o teu texto, gostei muito!

Um beijo.

carol disse...

Lindo texto! Melancólico, muito sentido, mas muito belo e carregado de verdadeira emoção.

(Não se deixe abater!)

Beijinho.

Antônio Lídio Gomes disse...

É uma realidade que mostra o quão somos humanos.
Um abraço fraterno, um beijo.

difusosreflexos disse...

Sinto a sua dor nas palavras que me tocaram o coração.

Melhores dias lhe sorrirão e todos os passos dados não terão sido em vão.

Beijinho

Ana Sofia

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
A transparência de se ser o que se é...
Bjm de paz e ótimo fim de semana

manuela barroso disse...

Como senti cada palavra que dói quando temos que sorrir!A fuga de nós, sem espaço que nos proteja!Memórias que o tempo não apaga porque somos memória!
A Fuga? Ela acompanha como se fosse uma perseguição...
E então! Então...que temos um espírito forte, que temos sempre algo por que sorrir, que num amanhã sempre nos refrescaremos com um orvalho matinal! O nosso orvalho!Aquele que traz o cheiro da terra e a flores! Porque há sempre um outro dia...depois do chão!
Deixo-lhe o meu abraço! Com morangos silvestres!

claudiaymarques disse...

Blue Shell boa noite minha querida...doce de pessoa é você...adoro vir aqui,porque aqui posso ser mais eu e saber que a vida nos prega peças e temos que contiunar vivendo...
Verdade amiga tens momento que nos sentimos tristes e nada nos agrada..a dor vem...e não dá para segurar certos sentimentos..para dizer estou feliz se no fundo não estamos..
querida fique bem..tente..pense que Deus sabe o quanto podemos suportar e tudo passa..nada é para sempre..
vai dar tudo certo..
tenha um fim de semana em paz..
titi

lis disse...

Oi BlueShell
Da fragilidade que falas entendo bem e vamos nos firmando a cada amnhecer.Pensamos que não, porque nossa alma ainda está doída, as imagens ,sejam elas boas ou más ainda bem presentes,
sem perceber elas diluem e no lugar do coração nasce outra esperança,outros sonhos e eis-nos de novo repetindo a mesma doce e linda paixão pela vida ,pelo amor, pelo amado.
que assim seja pra voce ,pra mim,pra nós todos.
um beijinho fragilizado rs e parabéns pelo belo fragmento que nos presenteia , sempre.

Kilauea Poetry disse...

Aloha..you have a beautiful blog- so many lovely photos! Your cat and dog are precious!
If you can get a language translater I could come back and read..
Wishing you a wonderful weekend-

CEM PALAVRAS disse...

Blue, querida
Hoje eu estou num desses momentos de fragilidade, em que tudo volta...
Tentei até brincar com a menção do índio, rsss, mas como você mesma disse "...temos de nos reinventar..para encontrar um pouco de paz, de alívio..."
Obrigada pelo seu carinho,
muitos beijos

Isamar disse...

Minha querida Isabel, há momentos em que nos sentimos tão fragilizadas que tudo parece ruir à nossa beira sem que o possamos impedir. É necessário fazer das nossas fraquezas nossas forças e adicioná-las às que ainda nos restam para continuar a viver, a ajudar quem precisa de nós, a sorrir ainda que o coração esteja estilhaçado. Não podemos deixar transparecer as fragilidades que nos assolam a alma nem soltar lágrimas que deitem a perder a esperança que queremos depositar na alma e no coração de quem depende de nós, de quem amamos, de quem percorreu os mesmos trilhos ao longo de anos e anos.
Estou aqui, disponível para te ouvir, para te ler, incondicional amiga que trilhas estes caminhos há tanto tempo quanto eu. Força, minha amiga e colega.

Beijinhos

Bem-hajas!

. intemporal . disse...

.

.

. a fragilidade é também assim . uns dias mais bamba do que outros . mas sempre corda . como a própria vida .

.

. um bom fim.de.semana .

.

. um beijo meu .

.

.

teca disse...

Um texto repleto de sensibilidade, melancolia... muito boa reflexão.
Lindas imagens...
Beijo carinhoso.

▒▓█► JOTA ENE disse...

ººº
Fragilidade ou não, há que seguir em frente.

PS - Respondi à tua questão no meu cantinho de fotografia.

Beijos e bom f-d-s

Magia da Inês disse...

°º✿ Olá, amiga!
º° ✿✿♥ ° ·.
Não há como fugir de nós mesmos.
°º♫
°º✿ Bom fim de semana!
º° ✿♥ ♫° ·.
Beijinhos.
Brasil ♥♥•˚。
°° 。♥。
♥•˚。˚

vitorchuvashortstories disse...

Olá, BlueShell!

De forma tão profunda e sentida é a sua descrição desse seu viver que fácil é seguir o seu pensamento, imaginar esse seu doer.E, depois, o nâo conseguir dele fugir, por muito racional que se seja, por muito que se tente ... ainda que só por um instante ... é sentimento desesperante de estar preso num beco sem saída ...sem metáfora a que nos possamos agarrar.

Desejo-lhe que esse momento passe depressa, e que a vida lhe dê o que dela espera.Afinal, não há mal que sempre dure ... e nisso temos que acreditar.

Beijinhos.
Bom fim de semana.
Vitor

JUAN FUENTES disse...

Amiga Isabel.Tu amas a la cultura,por eso todo lo que sea artistico te gusta,sobretodo aquello
que tenga gran belleza.
Un fuerte abrazo

Everson Russo disse...

Temos que saber administrar e conviver com nossas fragilidades,,,beijos de bom final de semana pra ti....

p.s. quanto ao não conseguir abrir o blog, anda ocorrendo um problema no blogger, eu também o tenho em alguns lugares, dá uma mensagem de vírus ou erro, o que não é real, não sei qual navegador voce usa, mas o Google Chrome está sendo o melhor pra navegar nos blogs...

elvira carvalho disse...

Ontem vim ler o texto. Mas ontem não consegui comentar. De um modo ou de outro andamos muita vez assim. Temos que procurar no passado momentos de força e felicidade e transpô-los para o futuro. Se conseguirmos visualizá-los no futuro, a esperança inunda o presente e dá-nos forças para transformar as lágrimas em sorrisos.
Um abraço amigo

Maria disse...

Amiga, hoje identifiquei-me completamente com a sua reflexão.
Deixei no meu cantinho “SELINHOS – Presentes dos AMIGOS” - http://maria-selinhos-presentesdosamigos.blogspot.com/2011/10/selo-de-qualidade-este-blog-e.html - um miminho especial é o “Selo de Qualidade”, o seu cantinho merece pois é um espaço onde a qualidade e o bom gosto estão sempre presentes em todos os posts.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Como as Cerejas da Minha Janela... disse...

Blue,

Quando somos crianças, sentimos muitas dores pelo corpo todo, durante alguns anos...é a dor dos nossos órgãos e ossos crescendo...quando adultos sentimos muitas dores também...é a nossa alma que agora está crescendo...

Não sei pelo que passas, mas saiba que "tudo passa"...com certeza...

Um beijo, muita energia e luz no seu caminho...
Liz

Paulo V. Pereira disse...

Um sorriso que contrarie a tendência.
Força.

Bjs

Damon disse...

great post :P

lino disse...

Belíssimo texto!
Beijinhos

José disse...

É verdade, às vezes não está na nossa
mão controlar algumas adversidades da vida, mas não podemos sucumbir perante elas, temos que inventar formes de seguir em frente.

Bom Domingo,
José.

Henrique Dória disse...

A tua fragiliadde é cheia da força que só a beleza dá.
Beijos

José María Souza Costa disse...

Fiquei honrado de teres comentado no meu blogue.
Convido-te a voltar lá mais vezes e se possivel seguirmos juntos por eles. Estarei lhe aguardando lá, deste lado do atlantico, num clima bem abrasileirado. Cá, no Brasil, hoje comemora-se o dia do Professor
de: José María Souza Costa


Quando o reluzir das letras,explodem com o saber,
E o brilhar dos olhares emboscados, a lapijar fatal.
Esse amante dos rabiscos se envaidece, só em querer
Ensinar: a ler e escrever, soletrando contando magistral.

E em voz rouca, ante a multidão de sonhadores,
Com uma lápide de giz, e a velha bata decantada,
Expõe no quadro negro, tal redatores, os seus sabores
De um mundo mágico em sabedorias, idem revelada.

Amado-amante, de uma escrita singular, e profitente,
Desbravador motivacional, em páginas de desejos íntimos
Borrados, pela leniência de um servir a tantos, contente.

Pluralista em pensamentos, quão afável, um desmitificador.
Por eles passam os nossos filhos, e a alegria como esperança
De um caminhar brilhante, retratado na magia de um professor.

Lilá(s) disse...

Há dias em que me sinto exatamente assim! mas sabes ao reconhecermos as nossas fragilidades é meio caminho andado para nos sentirmos mais fortes...
Um grande abraço

Meire disse...

Minha querida, a verdade é que quando nos sentimos assim temos que enfrentar a dor, chorar, deixá-la doer para depois renascermos mais fortes ;)

bjokitas mil pra vc!

Aleatoriamente disse...

Olá amiga.
Vim te ler.
Teu texto está lindo e com muita sensibilidade.

Beijinho e bom domingo.

Isabel Soares disse...

Olá, BlueShell.
O texto é lindo, mas tão triste!
O Sol nasce todas as manhãs para todos e a vida é um privilégio. Vamos lá a encher o peito de ar e a colocar os olhos na linha do horizonte. O mundo é teu!

Joop Zand disse...

Hello honey

i'll be back home..... miss you and your photo's to.

These last pictures you have posted are again very lovely.

Have a very nice sunday.

kisses, Joop

JUAN FUENTES disse...

Amiga Isabel.Te deseo que éste fin de semana lo pase agradablemente al lado de tu esposo,pensando en tu presente y en las cosas agradables que te pueda dar la vida.
Uu fuerte abrazo

AC disse...

A fragilidade é nossa condição, é um facto que nunca poderemos ignorar. Não sei se é disparate, mas tenho para mim que a melhor maneira de lidar com ela é aceitá-la, dar-lhe a mão. Acaba por deixar de se sentir o seu peso.

Beijo :)

Vieira Calado disse...

Desejo-lhe um bom fim de semana...

no meio da desgraça em que caímos!

Saudações poéticas

Everson Russo disse...

Um bom domingo e uma ótima semana pra ti minha amiga...beijos.

Andre Martin disse...

BlueShell,

Uau! O texto soa um tanto deprê,
mas o último parágrafo, arrebata!
Conclusão consciente e realista.

Em dias como esses que há,
é quando cedemos e fraquejamos,
e então nossa resistência fragilizada
deixa de ser imune e se dói.

Sim, a fuga é o primeiro impulso,
mas não é saída.
Veja Medo x Viver
http://mesdre.blogspot.com/2010/06/medo-x-viver.html


Enfim, a palavra-chave parece residir em três aspectos:
- DOR (sempre muito pessoal e subjetiva)
- MEDO (além de sentir, é preciso a coragem para enfrentá-lo)
- SUPERAÇÃO (capacidade de regeneração com atitudes)

Sobre isto,

Conjugar com ardor o verbo amar
http://mesdre.blogspot.com/2011/06/conjugar-com-ardor-o-verbo-amar.html


bendita maldição bem dita
http://mesdre.blogspot.com/2011/03/bendita-maldicao-bem-dita.html


A maioridade e a zona de conforto
http://mesdre.blogspot.com/2009/12/maioridade-e-zona-de-conforto.html


Desnuda disse...

Querida amiga,

Este texto atinge em cheio o coração e os sentimentos dos leitores, além de muito bonito.


Beijos com carinho e feliz domingo querida.

mfc disse...

As memórias não nos largam!
É um engano tentaros fugir delas...
Temos de conviver bem com elas!
Beijinhos.

Fátima disse...

Olá,

Muito realista.
Tudo tem que ser sentido até o último, confrontado, só assim, penso, podemos ao menos nos desvincilhar ou acostumar com elas.

Obrigada pela visita e palavras.

Beijo meu

zeparafuso disse...

Gostei da escrita. Obrigado por teres visitado o meu canto ( sem pretenções). Sempre que poder ser útil...estou ao teu dispor.
Boa semana

São disse...

Isabelinha, como te compreendo, linda!

Um abraço apertado

lis disse...

Oi Isabel ( hehehe descobri o nome)
Voltei pra te falar da frutinha vermelha que publiquei"aos domingos"- é uma frutinha que no verão prncipalmente, aparece muito, sua árvore é de tamanho médio com folhas pequenas e muitos galhos , e chamamos-lhe acerola, mas também é conhecida por cereja das antilhas , é nativa da América do Sul -dá sucos deliciosos.
É fonte de vitamina A e de cálcio, muita recomendada pra quem tem gripes constantes.
Bem que deixei os nomezinhos lá no final do post porque sabia que alguns não a conheciam.
Penso que voce nao viu, mas foi bom voltar a conversar contigo, é sempre com prazer.
um bom abraço pra semana

Bob Bushell disse...

The text is beautiful, but, also sad. I love your pictures.

Ellie disse...

Hello Blueshell, thank you for visiting me and leaving a lovely comment. I appreciate it. :)
What a lovely piece of writing - and your pictures are lovely too, especially the white flowers.
Enjoy your evening.

manuela baptista disse...

então ficamo-nos

quebráveis, no que dói e permanece


quase poema o seu texto frágil

um beijo

manuela

Manuel disse...

Tantas vezes que me sinto assim.
Tantas nostalgias, tantos pensamentos e essa angustia que nos sufoca.
Mas, de repente, a nossa energia como por milagre ajuda a superar.
Belo pensamento.

O Guardião disse...

As fragilidades do ser humano que no entanto sempre se pode agarrar à esperança que é a nossa força...
Cumps

Evanir disse...

Não se permita entristecer,
Mostre a todos o valor do seu sorriso
aproveite esse Dia para ser feliz
Faça chuva ou Sol estarei sempre aqui para dizer
que te amo.
Um lindo final Domingo.
Beijos no coração.
Evanir

Palavras disse...

Olá,

que a fragilidade não nos deixe entristecer.
Que tomemos por base as rosas, tão frágeis, tão capazes de parar o mundo por um minuto para sentir seu perfume!

Beijos e boa semana!

rosa-branca disse...

Olá amiga, fugir de quê...para onde? As lembranças nos acompanham sempre. Temos que as ir adormecendo para não carregar a alma. Beijos com carinho

AlianÇa com a alma disse...

oi boa noite tudo bem?
obrigado por ter me visitado adorei seu cantinho vou te seguir

Lucinha disse...

BlueShell,

Vim agradecer sua visita e elogio, mas acabei me deparanDo com belas imagens e lindo texto sobre a fragilidade.
Isso acontece com todos nós. E vem quando menos esperamos. Claro que você está certa em escrever que tudo permanece. Mas existem dias melhores,e não podemos nos abater nesses momentos em que estamos nos sentindo frágeis.
Tudo lindo por aqui. Amei! Beijos

It's me disse...

Beautiful !!...it is hard to life with pain every day....that is my life darling....and i try and do my best to make my life beautiful.....every day...thanks for your visit !!...love Ria...xxx...

✿ chica disse...

Temos mesmo que enfrentar e aceitar nossas fragilidades. Com elas , crescemos...beijos,linda semana,chica

It's me disse...

O no !! what a terrible news darling..!! wishing you streingth !! i will pray for him....God is great !!....sorry to tell you about my pain.....i have rheumatism....so i said so....love you thinking of you two in my prayers....xxx...

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia minha querida!
Muito bom te encontrar sempre por aqui deste lado do mar,sinto-me com uma alegria pulsante por meus amigos virtuais,e cv completando meu quadro só me enriquece.
Encontrei aqui uma boa leitura e imagens que enche nossa alma de alegria...
Tenha dias lindos e floridos!

lita duarte disse...

Oi, BlueShell.

Somos frágeis demais, nem todo dia é dia de de alegria, mas também penso que, é na fragilidade que nos fortalecemos, cada dia tem o seu ensinamento, o importante e sabermos que nada dura para sempre, mas que todo dia é um dia para ser renovado.

Fotos muito bonitas.

Bjos.

difusosreflexos disse...

Amiga Blue!

Ao ler de si, hoje lá no Blog, lembrei-me deste poema que aprendi há muitos anos e que ainda sei de cor;
"Life is mainly froth and bubble
Two things stand like stone
Sorry in another's trouble
Courage in your own."

Beijinho e feliz semana.

Ana Sofia

Rafeiro Perfumado disse...

Até na fragilidade existem forças, BlueShell, que certamente te permitirão encarar e superar as dificuldades. Beijoca!

Pedro Ojeda Escudero disse...

La fragilidad es la más hermosa de las fortalezas. Besos.

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Majestoso o céu da primeira foto!

Canto da Boca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Canto da Boca disse...

Blue, um texto que retrata a alma humana, mais ainda, eu diria que é uma radiografia da alma.
Só quem a sente consegue entendê-la (a fragilidade) e superá-la, por mais incongruente que seja, as condições para transpô-las estão dentro de nós!

Um beijo grande e uma segunda feira tranquila!

Pena disse...

Estimada e Valiosa Amiga:
"...Puro engano: tudo permanece…e tudo será em vão:
Nem o orvalho, nem a lágrima se reinventam em metáforas prenhes de ilusão…pois serão sempre orvalho…sempre lágrima e os passos que damos não sublimam o chão!..."

Nunca desista da sua pessoa eleita.
É para essa pessoa que escreve com ternura, encanto e beleza.
Bem-Haja, pela sua visita linda.
Força. Ele não poderá ficar indiferente perante o seu talento e pureza.
Abraço amigo ao seu prodioso ser de perfeição.
No maior respeito por si e pelos seus.
Sempre a admirá-la imenso.

pena

Líbina disse...

Amei o texto, concordo com você.
Quem nunca se sentiu assim?
O importante é refletir e tentar aprender nas situações complicadas da vida para seguir em frente...
Nada acontece por acaso.
Bjs
Obrigada pela visitinha no blog

Pat. disse...

Saudade daqui, Blue!

Sabe quando tu lê um texto e sente como se fosse tu mesma que tivesse escrito? Assim eu senti ao ler-te...

Obrigada imenso pelo carinho.
Beijo

George disse...

I think we all are aware of the fragile nature of our lives at one time or another. I think it is when we forget that life is fragile that we are most destructive to one another and to earth. Perhaps we should be reminded of our fragility more often.

O Árabe disse...

Assim é, amiga. E, entretanto, quanta força encontramos na nossa fragilidade!... Belo texto, boa semana.

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa tarde amiga querida!
Sempre grata pelas visitas no meu cantinho...isso nos levanta e nos dar força para continuarmos nesta luta virtual,unir as amizades...
suas escritas são presentes de literatura...amo ler o que vem em forma de poesia...
Lá no meu blog tem convite prá vc,uma dinâmica evolutiva,não é obrigado levar,fica com a brincadeira quem quer.
Bjssssssssssss

JUAN FUENTES disse...

Amiga Isabel.Ese monastério fué muy importante por la crianzas de caballos,llamados cartujanos.
Tu amas el arte,por eso te gusta algunas de mis famtasias,puede ser que no valgan nada,pero yo me siento realizado al hacerla.
No deebes de olvidar que al mirar una foto reacionas,positiva o negativamente,nunca te deberias quedar indiferente.
Un fuerte abrazo

Desnuda disse...

Querida amiga, obrigada pelo carinho.

Ótima semana! Beijos com carinho.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Gostaria de em vez de estar a enviar um comentário lhe pudesse
agarrar a sua mão e dizer-lhe:
CORAGEM. É preciso tê-la (muita)
e FÉ...e esperar pelo melhor.

Sinceramente é isso que desejo.

Um beijo amigo/Irene

Flor de Jasmim disse...

Minha querida
É de lágrimas a cairem que leio tuas palavra, revi-me nelas à uns anos atrás, não é difil de entenderes o porquê.
Hoje existe os blogs, na altura eu escrevia para os meus cadernos, era e ainda hoje é para onde transmito as minhas emoções. Neste momento queria muito te abraçar, não é possivel, por isso deixo aqui o meu abraço quero que o sintas sei que é dificil mas pode ser confortante.
Beijinho e uma flor

Carla Fernanda disse...

Querida nada como um dia após o outro!!
Beijos!!

C Valente disse...

Nos momentos que vivemos frágil ,e deprimido é uma fase constante
Saudações amigas

。♥ Smareis ♥。 disse...

O ser humano sempre é vitima dessa fragilidade.O importante é não deixar abater e seguir em frente se fortalecendo a cada dia mais.Beijos e ótima semana.

Life Ramblings disse...

pure beauty in every sense of the word.

ONG ALERTA disse...

A vida é feita de momentos...beijo Lisette.

tossan® disse...

Não chore ainda não que eu tenho uma canção e nós vamos cantar, amiga me perdoa se eu insisto a toa, mas a vida e boa e para que chorar?
Quem canta comigo canta o meu refrão e o meu melhor amigo é meu violão. (Chico Buarque) Belo texto! Vou aprender a escrever como você e a compor como Chico. Beijo

Vera Cymbron disse...

Saudades de voltar a "lê-la"!
Tão sentido e tão bonito...
Bjs passe lá no meu novo canto, finalmente voltei a estar por cá.

manuela barroso disse...

O dia começa com a força das nossas fragilidades. Paradoxo? Parece. E cada vez que sinto este outono com o cheiro a terra orvalhada, lembro as suas saudades. As nossas saudades.A terra.A flores que ainda teimam não fenecer. E é essa flor, que vai lembrar que neste dia, tem de haver um sorriso difícil para quem precisa dele neste momento.E lembrei-me da Isabel:Por vezes" temos que fugir de nós para fugir da dor". Refugiemo-nos no silêncio que apazigua.Se formos capazes...ouçamos a sua voz!
Quem sabe ele lhe segrede a melhor forma de enfrentar estes momentos!
Um abraço Isabel
no dia que começa.

Elisa T. Campos disse...

Lindo post,Blue Shell

Lendo o seu texto senti essa fragilidade com a serenidade de sua linda foto frágil, mas depois em
fragmentos fui me reinventando até encontrar a paz nessa linda flor branca.

Uma boa semana
bjs

Menina no Sotão disse...

O meu dia de ontem estava assim. Exatamente assim. Com algo de dor e de tristeza. Com algo de alegria e suavidade. Com algo de fragilidade.
Fiquei observando meus movimentos de ontem através das suas palavras e foi como pincelar a paisagem com os meus desacertos. Grazie por esse segundo olhar.

bacio

Art disse...

Thanks for the nice comment on my blog.
Beautiful pictures and words!

JUAN FUENTES disse...

Amiga Isabel.Estás muy silenciosa,echo de menos tus parrafadas.
Saludos

Vanuza Pantaleão disse...

Isabel [tenho uma irmã com esse nome], você tocou em um dos pontos máximos do existencialismo, ou seja, as nossas dores são apenas nossas e não se aplacam com facilidade e, por vezes, jamais serão aplacadas ou diminuídas. Mas, acredito, acredito mesmo, que podemos conviver com esse lado amargo da vida e nisso consiste a nossa maior força...ah, como falo demais! Mas tua postagem nos remete a todas essas divagações e essas fotos são divinas.
Amei, amiga!Obrigada pela visita e muitos beijinhos!

Nilson Barcelli disse...

As fragilidades podem sempre ser pelo menos minimizadas.
Até é possível transformá-las em pontos fortes... acredita em mim...
Beijos, querida amiga.

JUAN FUENTES disse...

La agilidad de tus pensamientos son igual a las olas del mar,nunca están en quietud,siempre en ebullición.
A veces tus fantasias supera a tus realidades,seguro que te ayudan en tus malos momentos.
Un fuerte abrazo

Parapeito disse...

palavras que tocam a alma..
Todos nós temos alturas assim...frágeis como o mais fino cristal...
Mas acabamos por saber lidar com tais momentos..é preciso...nao é?
brisas mansas para ti**

Antonio Machado disse...

Não é sem motivo que você tem tantos comentários. Seus versos são lindos, suas fotos, belas, originais.
Um abraço

Anónimo disse...

You really make it appear so straight forward with your demonstration but I find this subject to be honestly one matter that
I feel I'd not at all understand. The whole thing just goes over my head because of how intricate and broad it all is.. I am anticipating your following publishings, I will try to get the gist of it.

Here is my page :: where to sell gold

Anónimo disse...

Definitely take joy in what you've got here, glad you're getting it online and what you have to say.
Your post was excellently balanced between entertaining and educational.
I can't wait to discover even more thanks to you. Your website is without a doubt one of the better blogs out there right now.

Stop by my web site - reverse car auction