segunda-feira, abril 11, 2005

APRENDER!

azulada

(foto de BlueShell)

Ao sabor das folhas de um livro aberto
Percorri o Mundo da fantasia.
Fui princesa, rainha, menina,
Fada alada, refém salva pelo herói da história.

Vi flores, animais que falam..
Aprendi o que significa Magia.

A cigarra cantando,
Oriana chorando,
A bela adormecida acordando,
O filho de Felícia contra o santo bradando...

Ao sabor das folhas de um livro aberto
Soube ser mulher, muito mulher.

Maria Eduarda, a mulher fatal,
Ou Joaninha, a dos rouxinóis...
Vi o Mestre à janela acalmando a multidão...
Que outro valor mais alto se alevanta.

Lá estava também Inês posta em sossego,
E num bairro moderno não havia
Um pic-nic de burguesas.
Mas o poeta era um fingidor
E o mar salgado eram lágrimas de Portugal...


Ao sabor das folhas de um livro aberto...

43 comentários:

litle lucy disse...

Belissimo:)

Beijo rose*

ruiluis disse...

viste o que era a magia e sentirte-a...tão belo como o poema que nos deixaste...beijos !

Charlotte disse...

Excelente Blue! Amei!!!
Vou estar ausente uns dias, mas passarei aqui sempre q possivel for, ok?
Beijinhos******

Carla disse...

Bonita mistura de personagens. Os livros fazem-nos destas coisas, vamos voando... Beijo grande :)

Vitriolo disse...

O livro absorve-nos, vai-nos envolvendo a cada palavra lida..é espantoso..não é?!

Å®t_Øf_£övë disse...

Bela mistura das personagens do nosso imaginário.
É tão bom continuar a sonhar.
Boa semana.
Bjo.

TMara disse...

As folhas de um ivro aberto têm mundos e+ mundos e por aqui bem se vê...!Bjs e ;)

AS disse...

E tu!.. Que acrescentaste mais uma linda página a esse livro de magia...

Um beijo

JMTeles da Silva disse...

Pouco perspicaz, Conchinha! Ou então tudo o que carinhosamente me chamavas era só da boca para fora. Que desilusão! ;)

bertus disse...

...gostei muito do teu "livro encantado"...e vou-me tornar cliente nestas leituras.

Beijos e intés!!

Devilred disse...

Gostei muito deste poema, estas palavras que me fazem viajar para outro mundo longe da negridão do meu. Tens o dom de me afastar da tristeza.
beijos.

Vera Cymbron disse...

Todos aprendemos todos os dias...
Jinhos

paperl life disse...

:)

Beijo

augustoM disse...

Shell, sonhar é o melhor que podemos fazer, o mundo é aquilo que nós queremos que seja.
Um beijo. Augusto

Cakau disse...

Tão bonito, BlueShell.
Aposto que essa viagem valeu a pena!

Beijinho grande *

Micas disse...

Liindoo. Obrigada por este momento de magia!
Espero que já estejas melhor. Beijinhos

Delírio da Loirinha disse...

Olá
Muito bonito
Beijinhos :)

kamarrad disse...

É a mágia que nos percorre... entra por dentro de nós e possui-nos como se vida não tivessemos... É a magia...

lique disse...

O encanto de viajar pelas páginas dos livros. Muito bom, o teu poema! beijinhos

A. Duarte e Lázaro disse...

Vim retribuir a visita e não me arrependo por isso. Prendes logo com a tua introdução, seduzes com a música e encantaste com o poema. Lê-lo foi como folhear os livros que li, as histórias que ouvi, recordar e imaginar...

Anónimo disse...

Isto mantém a qualidade habitual...
Beijo *

Sandro - www.sescblog.pt.vu

wind disse...

Belo poema, com a mistura que o caracteriza dos livros. beijos

Carmem L Vilanova disse...

Como sempre, encanta-me a forma como escreves, linda Blue!
De fato a vida é um eterno aprendizado!
Muitos beijinhos de amizade para ti!

Daniel Aladiah disse...

Querida Blue Shell
Belo texto cheio de referências literárias, terminando com chave pessoana.
Um beijo
Daniel

mfc disse...

Gostei do contraste entre a Maria Eduarda e a Joaninha.
Todos temos um misto das duas.

MONALISA disse...

Uma malandrice nada do meu género : vi o teu comentário no JMTeles da Silva e sirvo de testemunha : tu comentavas no blog dele que eu encontrava-te lá....Beijo

lunar disse...

patchwork bem conseguido.:) bjs

Instantes Perdidos disse...

Obrigado pelos teus comentários ao meu blogue...

E desta vez vim explorar o teu cantinho e não é que gostei...

Beijos, comento aqui, mas gostei mais de um dos poemas que estão mais em baixo.

Beijos Artur Rebelo

António disse...

Cada vez vou gostando mais do que escreves. Começo a aprender a ler-te...o que não é fácil.

António disse...

Cada vez vou gostando mais do que escreves. Começo a aprender a ler-te...o que não é fácil.

Blue C. disse...

Ola, boneca. Não tenho tido muito tempo para te visitar. Mas hoje fiz questão de te cá vir dar uma beijoca doce. CHUAC!!!

O Micróbio disse...

Tirando os dois últimos versos, senti-me de novo a ver a magia da fantasia que a "história interminável" transmite...

meialua disse...

Bela mistura de personagens de histórias que nos fizeram sonhar e viajar...

Espero que estejas melhor da amigdalite.

Jinhos*

jorged'alfange disse...

Lindo Poema, Blue. Beijokas

Paula disse...

Que bom voltar...

e voltar a perder-me!!!

http://divinadecadencia.blogspot.com/

Paula disse...

Que bom voltar...

e voltar a perder-me!!!

http://divinadecadencia.blogspot.com/

Vênus disse...

Olá BShell, Passei pra desejar um bom dia e saber se vc já está melhor?
BJS
NANE

Rah disse...

oi Blue...
que lindo! tantos mundos em tantas mulheres... e a delicadeza da natureza como pano de fundo.. lindo!! =)
beijosss
Rah
ps: te linkamos

Amaral disse...

Podia não ser fantasia…
Qualquer sonho é uma viagem mágica!

Peter disse...

Gostei muito do poema. Aliás gosto sempre, associados a belas fotografias. Vocês os dois são visitantes assíduos que eu recebo sempre com prazer e estou sempre aberto para te escutar.

agua_quente disse...

Que bela viagem a tua! Os livros são os nossos melhores companheiros. Beijos

Anónimo disse...

ate um dia**

Rose*

Gil disse...

olá blue linda...gostei muito deste text teu... aliás gostei tanto q ate te fiz uma surpresa eheheh

pena é estar assim rouco :(

mas nao estou mudo ;)

ja sabes "adonde" procurar, né?? no "anjo" o "mudo" lolol
bjitos ;)