terça-feira, abril 19, 2005

GRITO

semsol1
(foto de BlueShell)

Grito...inaudível...porque só sentido, não gritado...não escrito...as palavras são adúlteras!!! Não são fieis...não gosto das palavras...elas não têm interior e fingem que têm lágrimas...e gestos e olhar...mas não têm! São feias, as palavras! Loucas...sedutoras, dissimuladas...pintam o sonho mas escondem o sentir...
Não, não grito!!!

39 comentários:

wind disse...

Então não grites, mas sonha:) beijos

O Vizinho disse...

Não. Discordo. São lindas as palavras que transmitem sentimentos. As palavras que escreveste.

alfinete de peito disse...

Palvras...depende sempre de quem as diz!
Gritos...Ouvimos sempre os nossos, mesmo que inaudiveis... e sentimos, sempre!

Temos dito

Mercador e Grizo

Cris disse...

Desta vez n concordo contigo, minha amiga! As palavras são, elas próprias, os sentires, desde q lhes abras a alma e lhos deposites no regaço...

Para tal terás q as sentir tb. Grita, pois, q elas te ajudarão a lavar a alma!...

beijinho imenso

Vênus disse...

Querida BShell,
O que são as poesias senão gritos de silêncio?
Escreva...Grite..Sonhe...Ame!
BJS

António disse...

Quem consegue exprimir todos os seus sentimentos, emoções e pensamentos por palavras, só por palavras?
Acho que poucos, e em raros e sublimes momentos.
Bonita mensagem em mais um bonito poema à moda da BShell.

...................................
1961
Para mim era um ano mau. O ano do início da guerra colonial.
Afinal também aconteceram coisas boas nesse ano...eh eh eh
Jinhos

Micas disse...

Subscrevo a Cris, Sonha mas Grita também, os gritos de silêncio, são os que mais se ouvem...Deixo-te um abraço e um beijo *

TMara disse...

percebo e concordo que não há sons adequados para certos gritos/dores.Mas...se não os gritarmos os sons, errados ou não, provocam avalanches dentro de nós. Boa semana. Bjs e ;)

Daniel Aladiah disse...

Querida Blue Shell
Há palavras e palavras... as tuas não são fingidas.
O poema deverá sair hoje.
Um beijo
Daniel

Flávio disse...

Este teu lindo texto ía muito bem como aquele quadro O Grito do Munch, ah pois ia! Beijinhos e obrigado, Blue Shell Querida! ;)))

gato_escaldado disse...

gostei do teu grito calado. as tuas palavras são belas. beijo

O Micróbio disse...

O grito não altera o sentido das palavras, mas altera a sua convicção...

Carlos a.a. disse...

Grito bem audível! Afinal as palavras não adúlteras, bem ao invés, até através da negação se pode comunicar o verdadeiro sentimento por mais profundo que seja.

Kabum disse...

Lindas palavras...

augustoM disse...

Shell isto é que é, estamos numa de parada e resposta.

Devagar de vagarinho
levamos toda a água
ao nosso moínho.
É preciso é querer.

Os sentimentos deviam ser transmitidos por telepatia, as palavras só servem para os vulgarizar.
Um beijo. Augusto

zebitor disse...

muito bem, assim sim.......um blog imaginativo.......muito poético e melancólico

Maria Heli disse...

Gostei muito, tanto, tudo. do teu blog
parabéns

Maria Heli disse...

Gostei muito, tanto, tudo. do teu blog
parabéns

sofia disse...

Um gesto vale mais do que mil palavras....

Armando S. Sousa disse...

Gostei deste grito...inaudível.
Belo jogo das palavras.
Tenho andado um pouco afastado porque estive dez dias no estrangeiro em trabalho.
Um abraço.

andrye disse...

Ha palavras assim mt feias..mas ha outras mt lindas e sinceras e essas sim valem a pena serem ouvidas.. beijokas.

erü disse...

Hello... desculpa a ausência, tenho andado um bocadinho desligado da blogosfera (que é como quem diz, sem espírito)... às vezes não há palavras, não é? E como por vezes elas são traiçoeiras... beijinhos*

Gabriel disse...

Ah! Espero que a revolta com as palavras seja passageira! Hahaha
Carpe Diem!
Beijinhos

AS disse...

"As palavras que não gostas de escutar
São lágrimas sentidas na tua voz
Mas as palavras que não queremos calar
São gritos de silêncio em todos nós!

Um beijo grande

Kadu disse...

Oiiiiiiii, muito bonito suas linhas. Contudo,
não deve chorar, nem deixar sua garganta doer de gritar, apenas fale! Enquanto não se resolve mina, passe lá no meu boteco para beber uma pinga.

Kadu disse...

Oiiiiiiii, muito bonito suas linhas. Contudo,
não deve chorar, nem deixar sua garganta doer de gritar, apenas fale! Enquanto não se resolve mina, passe lá no meu boteco para beber uma pinga.

musqueteira disse...

Viva BlueShell,
Por isso sigo o caminho dos pigmentos;)Não por ter mais cor.Nem por não precisar das palavras para colorir o vazio do branco apelidado de "Nada".
É,exactamente para isso que servem as cores das palavras...Gritar!

Mitsou disse...

Como já não vinha aqui há uns dias, estive a actualizar as leituras. E ouvi todos os teus gritos. Belos. Sentidos. Arrancados da alma. E gostei. Muito. Haja raiva, haja gritos, calados ou mudos, mas haja vida! Um beijo enorme, Amiga.

JMTeles da Silva disse...

Grita Conchinha, grita que há muita gente surda. Bjocas.

folhasdemim disse...

Palavras feias leva-as o vento :) As bonitas ficam no nosso coração. Estou a adorar as tuas fotos. Beijinhos grandes

D disse...

palavras tem poder, palavras são tal falsas como meigas, tão bonitas quanto insuportáveis.
Beijinho e obbgda por teres passado no ,meu blog, volta sempre :)

Joaninha disse...

Eu queria gritar até ficar sem voz, queria gritar para ver se alguém me ouve, me vê... p crer que eu existo! :( (de passagem)Bj*

Cakau disse...

Os nossos gritos podem chamar a atenção ou passarem despercebidos. Mas isso não é importante, sobretudo quando queremos gritar para o mundo e não a alguém em especial.

O mundo ouve-nos e ignora-nos. Sabe que precisamos de gritar de vez em quando para o equilibrio se estabelecer.

Grita quando tiveres de gritar. E reserva-te ao silêncio quando não houver mais nada a dizer.

Beijinho grande *

n0kinhas disse...

Palavras... Como podem ser vingativas, tristes, sentidas!
Há palavras tão bonitas que me fazem esquecer as tristes...
:)***

ognid disse...

Conchinha o problema não está nas palavras mas nas pessoas. aliás como em quase tudo. depende da utilização que cada um lhes dá. podem ser de engano ou, pelo contrário, podem exprimir exactamente o que pensas. beijo grande

mad disse...

Há olhares e gestos que não mentem.
Há palavras que enganam mas há tambem palavras que decepcionam.
partilho a opinão com o Ognid, o mal está nas pessoas.
Um beijo grande para ti.

Fernando B. disse...


Querida Conchinha Anilada,

As palavras mais Belas, são aquelas que calas e exprimes através do perfume do teu olhar.

Não tenho feito visitas aos meus Blogs Fraternos, por falta de disposição. Acontece não é?

Beijocas,

Anónimo disse...

Há gritos e gritos! Alguns são de desespero e outros de loucura, uns de terror mas outros de amor!

blogamante
http://amantes.blogs.sapo.pt

UnaRagazza disse...

Olá Blue Shell!
Já alguém dizia: "No words, No pain..." Mas será de facto assim?
Nice blog!!*