terça-feira, janeiro 03, 2006

Have I told you lately that I love you

ROD STEWART lyrics - "Have I Told You Lately"
www.OldieLyrics.com


(Van Morrison)

Have I told you lately that I love you
Have I told you there's no one else above you
Fill my heart with gladness
take away all my sadness
ease my troubles that's what you do

For the morning sun in all it's glory
greets the day with hope and comfort too
You fill my life with laughter
and somehow you make it better
ease my troubles that's what you do
There's a love that's divine
and it's yours and it's mine like the sun
And at the end of the day
we should give thanks and pray
to the one, to the one

Have I told you lately that I love you
Have I told you there's no one else above you
Fill my heart with gladness
take away all my sadness
ease my troubles that's what you do

There's a love that's divine
and it's yours and it's mine like the sun
And at the end of the day
we should give thanks and pray
to the one, to the one

And have I told you lately that I love you
Have I told you there's no one else above you
You fill my heart with gladness
take away my sadness
ease my troubles that's what you do
Take away all my sadness
fill my life with gladness
ease my troubles that's what you do
Take away all my sadness
fill my life with gladness
ease my troubles that's what you do!

Esta canção diz-me muito...por isso tomei a liberdade de colocar aqui a letra.

É que...por vezes...esquecemos de dizer a quem amamos...o que realmente sentimos. Temos quê? Medo de nos tornarmos vulneráveis? temos receio de nos tornarmos ridículos?...ou serão as palavras que não acompanham o "sentir"?

É tão fácil:
- "AMO-TE"

36 comentários:

Terreiro disse...

É tão fácil mas... Infelizmente tão pouco usada.
Não temos que temer, para a frente é que é o caminho!
Tudo, num amo-te! Geral, será muito mais fácil.
Não devemos temer dificuldades.

Abraços

Pdivulg disse...

Esta música é lindaaa!!!!! E na minha opinião cantada pelo Rod ficou ainda melhor do que a original!! Obrigado por esta recordação!

maresia_mar disse...

Olá e bom Ano
Adoro esta canção... e tens razão é muito fácil dizer amo-te e é tão bom ouvi-lo... eu sou super mimalha e tenho mesmo que ouvir coisas destas... Bjhs e boa semana

da. disse...

...às vezes só quando tudo perdemos é que nos damos conta do que faltamos a uma pessoa..

Desambientado disse...

O amor fragiliza-nos. Talvez tenhamos medo de mostrar fragilidade.

Zecatelhado disse...

Ó desambientado... qual fragiliza-nos, qual caparuça pá! O AMOR é a maior riqueza da humanidade meu irmão. Tomara eu ficar "frágil" todos os dias!
BRAVO conchinha, gostei muito.

Um @bração do
Zecatelhado

Nanda disse...

Sabe bem ouvir "Eu Te Amo", "Eu gosto de Ti", infelizmente nos nossos dias temos realmente dificuldade em dizer, digo muito menos vezes do que tenho vontade.

Adorei o teu blog.

Feliz 2006

Galo Rouco disse...

É uma bela canção!

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

Devemos sempre dizer as pessoas de quem gostamos o quanto nos são importantes, porque o tempo corre contra nós, e quando um dia nos apercebermos, o tempo passou rápido e diremos "amo-te" tarde demais...

Bjx

Amaral disse...

Cada dia se nota mais essa realidade. Cada vez nos "distanciamos" mais de quem amamos. Pssamos pelas pessoas e não paramos para as "olhar", para apreciarmos os pormenores, os seus gestos. Esquecemos a cor dos olhos, a forma das mãos, a configuração dos lábios. Passam dias que não dizemos uma palavra de amor à mulher, ao marido, aos filhos. Quantas vezes aquele "amo-te" sai da nossa boca?... Quantas vezes o ouvimos?...
Não é o medo de nos tornarmos ridículos ou vulneráveis. É a inhabituação. É a "desnecessidade". É o stress. É o barulho da televisão. É a confusão das nossas mentes…

Anónimo disse...

Gosto muito desta canção,tu escolhes sempre músicas que criam um ambiente doce por aqui!
Achei mais do que interessante este afirmar de um sentimento assim em letras redondas,bem desenhadas que forma bonita de o fazer e, se te apetece,se sentes ,porque não?
Se hoje decidi escrever aqui foi porque entendo ...que se diga e que não.
Se se ama alguém decifrar o indizível também pode ser uma forma de encontro e de amor,sorri,acho que há momentos em que ninguém consegue deixar de o dizer,se os viver...
Agora não fujo à minha forma de estar,se morrer hoje não há ninguém de quem eu goste que não saiba o quanto me é querido,só sei ser assim,embora entenda que isso às vezes assusta e até haverá quem o ponha em causa.
Se sabe bem ouvir?...hum,acho que sim,não sei...ah!ah!
De ti gosto muito,és a conchinha mais querida ,para mim!
Um beijinho grande
MI

Adryka disse...

O amor vence os maiores obstáculos, por muito grandes que sejam querer é poder então tratando-se de amor é invensível. Beijinhos e feliz 2006

wind disse...

Esa letra é linda.) É fácil dizer amo-te, mas será sentido? Beijos

Keimadela disse...

Por vezes também podemos achar que a "outra" já sabe e que escusamos de repetir tantas vezes...mas o amor é como uma flor...deve ser regado todos os dias...e se clahar mais com ações do que com palavras...mas isto sou só eu...bj Numenesse

isa xana disse...

digo "amo-te" todos os dias e todos os dias sinto a mesma vibração no meu coração:)

*

musalia disse...

deve ser o medo do ífen a separar o verbo do objecto amado...
vulnerabilidade, creio.
beijos.

folhasdemim disse...

O "I love you" banalizou-se mas, felizmente, creio eu, o amo-te ainda não. A maior parte dos portugueses diz "gosto de ti" mas amo-te só consegue dizer quem sente... com excepção para os que são excelentes actores ou actrizes :) Beijokas e votos de um excelente 2006! Beijos, Betty

Mitsou disse...

É mesmo! Ainda há dias comentava isso com um amigo meu. Até na família, SOBRETUDO na família, há um recato, um pudor em usar o verbo Amar.
Espero que o Novo Ano te traga muitos "amo-te" ditos e escutados, minha querida!

Beijinho doce.

Samartaime disse...

Devia ser fácil dizer «amo-te» mas não é, não. Às vezes é escusado, outras inutil. Mais fácil é dizer «gosto» e mesmo assim que de prédios nos caem em cima!...

Bom Ano para ti e que o falar te seja sempre fácil.

Aran disse...

Gostei!!! um beijinho grande

polittikus disse...

Uma verdadeira letra de amor... eterno.

Vênus disse...

Voltei pra desejar
um feliz 2006!!
Saudades! Um beijão!

Pink disse...

Acho que temos medo se nos expor-mos e nos ferirmos! Mas tens razão no que dizes: por vezes esquecemos de dizer o que sentimos e nunca deveríamos fazê-lo.
Linda música de fundo :-)

Beijinho e bom 2006

Ovelha Negra disse...

há muitas formas de dizer que se ama alguém...não sou boa com as palavras, sobretudo com os que amo...dou um abraço quando magoo ou firo alguém e vou embora...custa-me dizer desculpa...dou um beijo ou fico a olhar imensamente para quem amo...mas nem sempre me sai um "amo-te"...
Outras vezes tenho um rasgo de lucidez e não me canso de dizer o que sinto (esquesita esta ovelha...que raio!)
(já agora...saiu-me um raio de uma palavra de verificação para postar...grande como sei lá o quê! lol irra)

Carmem L Vilanova disse...

Amiga, estive ausente por uns dias, mas nada melhor do que aproveitar uma folguinha em companhia daqueles a quem mais amamos, nao é assim? Assim que já estou de volta, com vontade de seguir adiante neste novo ano que apenas começou... Espero seguir contando com tua alegria, tua companhia, tua amizade...
Muitos beijos, flores e sorrisos para ti, minha querida!

O Micróbio disse...

E fizeste bem em colocá-la... :-)

AS disse...

É tão fácil sim!!! Nada é mais simples que o verbo AMAR... nós é que muitas vezes o tornamos impronunciável!...

Um beijo para ti B.Shell

Amir disse...

algo doce é para ser provado... não se prova o que não se pronuncía (tendo em conta que se amor se chamasse outra coisa qualquer, o sentimento seria o mesmo...).
baccio

JSilvio disse...

bonito =)
***

Daniel Aladiah disse...

Querida Blue Shell
E é tão importante dizê-lo...
Um beijo
Daniel

Cacau disse...

Nunca o soube dizer...

Mas adoro a música :)

beijo

Crónicas de Ariana disse...

A palavra é tão simples de pronunciar... mas tão difícil ouvir...
Será que temos medo de a dizer ou medo de a ouvir... O que estará por trás de sentimentos não revelados, escondidos como se de um mal se tratasse?

Clitie disse...

É fácil dizer, ouvir é que é difícil.

Bjk

Duarte Temtem disse...

Adorei este post! COnheço profundamente o arrependimento.

Deixo-te um poema que escrevi há muito muito tempo, dedicado a alguém que perdi por nunca ter dito essas mesmas palavras. E ela merecia ouvi-las...

MIL PALAVRAS

Será que sabes que é para ti este poema?
Ou nem quererás sabê-lo quando o leres?
Fechaste o livro, mudaste o tema,
Mas nunca te disse para o fazeres.


Dar-te-ia um mundo de mil sorrisos,
Reminiscências de um beijo que não irá voltar,
Sufocante clepsidra de contornos altivos,
Sonho contigo mas vou ter acordar.


Dar-te-ia um reino de mil luares,
Se a luz te pintasse num raio de cristal,
Mas sou mero adorno de esquecidos altares,
Despiciendo ícone de um remorso fatal.


Dar-te-ia um mar de mil palavras
Se nele navegasses até mim,
Mas esta corrente é luta que não travas,
Chegaste a terra, este mar teve fim.


Dar-te-ia a alma e a sua miragem,
De uma indelével melancolia nasce um lúcido momento,
Nunca to disse, faltou sempre a coragem,
Nunca pensei que me faltasse o tempo.


Mas sustenho as lágrimas, seguro o lamento.
O meu único consolo é ver-te feliz,
Mas quero mostrar este profuso arrependimento,
Ainda és alma gémea, o coração é que o diz.

Tinha começado a escrever há muito pouco tempo, pelo que é um poema muito imaturo (embora muito sentido). De qualquer maneira, espero que tenhas gostado.

Bjs

Raquel V. disse...

Por vezes vamos deixando cair letras pela estrada... Não damos por nada, não tentámos sequer... E quando falta alguma dessas letras, ou até mais que uma, e voltamos para trás à sua procura... alguém já a encontrou e levou para casa...

Bjs

Cleopatra disse...

É o Orgulho que não deixa...