segunda-feira, março 27, 2006

...ainda que...

festaflor22

(foto de BlueShell)

Amar-te-ei a cada instante
Meu amigo, meu amante.

Amar-te-ei na ausência
Pelas memórias que semeaste em mim.

Amar-te-ei com meu jeito
Terno e franco...

Amar-te-ei ainda que me digas
Que me não conheces e me negues a existência

Amar-te-ei ainda que renegues meu amor.
Ele a ti pertence!
A mim...pertence a dor!

76 comentários:

miosotis disse...

Um poema mt ao estilo de Espanca! Muito belo!
Bem como as fotos de tua autoria!

Um sítio cuidado, esteticamente, em tds os sentidos!

Carpe diem, BShell!

BÓLICE disse...

BLUeS, não faças isso; duas coisas

- Não sofras assim;
- Não me pessas beijos, simplesmente dá-mos.

BJK & Sweet

BÓLICE disse...

Errata: peças
de pedir

Conjugar

do Lat. *petire, por petere
v. tr.,
solicitar alguma coisa a alguém;
rogar, implorar;
requerer;
estabelecer como preço;
v. int.,
mendigar.

Zel disse...

Senão sabem o que fazer no próximo sábado dia 1, que dizem desta......

A ideia

Vejam que já são os "corajosos"

Os Inscritos


Também , há opiniões, que devem ser respeitadas


o Reforço

Eu que ando mortinho por conhecer.tanta gentinha...

Grande abraço....aparece

BÓLICE disse...

OBRIGADO BLUSSSly

Aran disse...

Oh, amiga dar os beijinhos que quizeres... Lol!!! Eu aceito-os todos, tantos deles como delas!!! :D ...
E quero o quê?!?
O poema está magnifico!!!!
Um beijinho grande e inté...

Aran disse...

Ups... faltou algo!!!... podes dar... :)

mixtu disse...

Amiga... nunca te disse que não te conhecia... a verdade é que eu não sou de confiança... não te quero ver sofrer...
yayyayayayay
agora a serio... muy hermoso,tus palabras son palabras del corazon... de quien ama la vida, como es bonito mirarte enamorada, e ahora en portugués: a que sabem os teus beijos?

Luna disse...

Muito lindo o teu poema.

kabum disse...

Planta muito bonita

Amaral disse...

Gostei do teu poema e das tuas… fotos (isto não me canso de elogiar…), mas desgostou-me o teu último verso. A ti… pertence a dor, porquê?... O amor é para se exprimir, para se manifestar. Amemos com toda a força de nós, mas não lancemos contra o nosso "eu" o lado definitivo da dor... O teu amor só pode ser plenamente maravilhoso se acreditares no bem-estar que ele proporciona, sem culpas nem arrependimentos calcados a um canto...

miguel disse...

i like it

GreenSky disse...

A dor é sempre bem vinda, sem ela não haveria sentido para o prazer...era o tédio e a falta de quinestezia

pexeseco disse...

B'dia !
Se é Beijos que queres...
Aqui vai uns Milhoes
Chuacssssss.......1

Anak disse...

oláá, s vc quiser iniciar essa nova jornada na tua vida, pds contar c o meu apoio e vais encotrar um mundo blogueiro cheio de garra e amigo... por isso... só depende de ti.. e cl k pds , :P bjinhossss************

pequenita (quando o teu corpo e o meu) disse...

lindo lindo....adorei as tuas palavras...voltarei....beijinhusssssssssssssssssss

Diogo Ribeiro disse...

Não pertencerá a ambos a dor? Não a sentir agora não quer dizer que não a sentiremos depois...

Abraços, e obrigado pela visita ao meu blogue :)

Ruvasa disse...

Viva, Isabel!

Não, não tema.

Não venho ao seu blog fazer o que a Isabel foi fazer ao meu e anda a fazer em outros.

Venho, apenas e tão só, saudá-la e desejar-lhe um dia frutuoso e pleno de satisfações gerais.

Cumprimento-a com o maior dos respeitos

Ruben

BlueShell disse...

LOLOLOL...há cada "coisa"...
BShell

Lagoa_Azul disse...

Ainda que eu escrevesse sempre sobre amor, teria sempre escondido em meus poemas todos os momentos de dor...

Um beijo com carinho

mixtu disse...

ainda que os teus beijos saibam a pêssegos/melocoton, ainda que os meus saibam a ananás, ainda que gostasses de salada de fruta... poderei ter esperanaças? :)
jinhos

N.º 1 disse...

Desde que não seja sempre assim... Sabe bem esta fé cega, embora doa tanto...
Bjs.

António disse...

Bonito, querida I., muito bonito!
(o que não é nada de admirar...)
Já reparaste que estás a recuperar alguma audiência perdida aquando do teu semi-afastamento?

Beijinhos

Adryka disse...

BlueShell, com esse amor todo espero e faço votos que sejas correspondida e muito feliz. Beijinhos

chuvamiuda disse...

.....antes de mais quero agradecer-te teres-me proporcionado a possibilidade de "te conhecer" este canto é excelente, cheio de sensibilidade e bom gosto, Quero!!!......

Beijinho

Luís Monteiro da Cunha disse...

E o amor sofrido... é sempre mais gostoso e recordado...lol

Obrigada pela visita e comentário

Adorei o conto... li de uma penada!
Falta acabar, pode ser que ainda venha ler o final...lol

Em suma... cusquei tudinho... e do que vi/li...
penso que devemos regressar mais vezes, não achas?

É verdade, tb escrevi algo parecido ao teu conto, nos finais de Outubro, "A Decisão"... caso desejes cuscar...lol

Alex disse...

Um grande beijo para a BlueShell.

Musician disse...

Ate parece que me tiraste as palavras do coraçao!!
Lindo!
O importante é amar!
Um beijo*

Su disse...

adorei ler.te
jocas maradas

Era uma vez um Girassol disse...

Blueshell, o teu poema está lindo!
Mas sofrer por amor faz parte da vida...
Que ultrapasses este tempo cinzento e encontres um arco-íris algures, que te faça feliz!
Bjinhos

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

Ainda que
Não sintas o meu coração
Que sangra de dor

Ainda que
Não vejas as minhas lágrimas
Que choram por amor

Ainda que
Triste pela tua ausencia
Estás presente em mim

Ainda que
Não sintas mais o meu corpo
Ele vive!, apenas para ti...

para ti...Blue

Bjx

Mestrinho disse...

Olá Conchinha azul, sabes senti uma enorme sensação ao ler a frase "Pelas memórias que semeaste em mim.". Brutal, emocionante. Tenho adorado os comentários que me deixas no Blog, fazem-me realmente sentir bem, por que pelo dom que aqui demonstras, demonstras o entendimento sobre o que eu falo. Que na minha opinião acaba por que falamos do mesmo...

Existe melhor falecimento que o morrer de Amor?

Para além das barreiras do tempo onde todos vivem na força de uma memória.

Com um sorriso na cara pelo que transmites, deixo-te um Bjo

Perguntas & Respostas disse...

A ti pertence o AMOR e não a dor!!!
:)
Bjookas... ***

Mikael disse...

As tuas palavras e imagens, a sua junção, tornam este blog único. É sempre um prazer passar por aqui e sentir a força das palavras que partilhas.

spartakus disse...

eu já num tenho horários...lolol...nem durmo...bjoka.

greentea disse...

nada que um banho relaxante não resolva, num ehhhhhhhhhh?

beijikos

marco disse...

boa noite.....

125_azul disse...

Para mim, se rima com dor não é amor, é anseio, só dor mesmo.
grata pela visita, aparece para miminhos

T. disse...

Que bonitos poemas! Tão profundos que magoam mesmo!
Gostei muito de conhecer a tua forma de ver o mundo...
Bj.

Lmatta disse...

Olá
Bela foto com um lindi poema
beijocas

soslayo disse...

BlueShell, muito bonito este poema que aqui tens.

O Amor sem dor
Não tem valor.

Beijinhos.

Nomyia disse...

O amor é assim. Como pode um sentimento tão poderoso ter tanto de belo e de feio... Sem dor provavelmente não nos aperceberiamos que amamos. *****

Arion disse...

Adorei a foto e o poema. Mais, é difícil dizer! Abraço!

Belzebu disse...

Às vezes é um inferno esta nossa forma de amar!
Mas falando de inferno,é sempre um prazer recebê-la neste meu espaço infernal!


eheheheh!

mtc disse...

Obrigada pela visita :)

Um abraço também para ti

E sim...há que sonhar:)

pinky disse...

espero que essa dor passe e que esse grande sentimento encontre quem te mereça! bjkas

amadis / pintoribeiro disse...

Obrigada pelos abraços, agora é a minha vez de deixar beijinhos.
Boa noite.

Bugs disse...

E complicado amar assim...
Mas tem coisas que nao podemos evitar.

Adorei o poema

Bjs
Boa noite...Bom dia... (eu e os meus horarios sempre trocados!!! :))

perola&granito disse...

Lindo, lindo, lindo...
(deixa-te cair na tentação,ai...ai...ai...)

CMatos disse...

Amores perfeitos, só mesmo em flor!
Bonito poema.
Beijinhos

MARTA disse...

Bom dia, claro que podes! Eu também deixo um bem apertado!
Adorei o poema e as flores - também já me aconteceu amar e não ser retribuida.
Quanto às flores, os amores perfeitos são perfeitos, mas adoro as rosas cor de chá.
Um xi
Marta

JSilvio disse...

:)****

Miguel disse...

Grande Poema, blueshell!

Aceito de muito bom agrado, o teu abraço!

Ficaria ainda mais feliz, se participasses n´A Minha Tshirt!

Para tal, basta enviares uma foto de uma tshirt!

Bjks da matilde

C_mim disse...

Viva

Gostei de passar por aqui...
Gosto de poemas e plantas...

Até breve.

http://suinoecultura.blogs.sapo.pt disse...

Hoje é dia de comentar, por isso aqui estou. Eu não quero levantar falsas suspeitas mas quer-me parecer que este post é sobre amor... Pelo menos notei um ou outro indicio de que assim o seja. Não é que a palavra amor esteja explicita mas subentende-se que está por detrás das suas palavras. Bem, espero não estar redondamente enganado pois seria deveras inconveniente esta minha observação. Obrigado.

spartakus disse...

B'dia. Bjoka.

Pecaas disse...

Conjunto Perfeito! Lindo Poema para linda fotografia.
Bjs
Pedro

Sea disse...

:)
B. Dia!

Nilson Barcelli disse...

É lindo.
É bem escrito.
Mas é muito sofrido.
Outra vez?
Beijo (quente, da chuva?)

BÓLICE disse...

Não páro por Ti, por Mim e p'los outros...

... e não páro por ninguém em geral..

...não páro.

'Jka & inté

tb disse...

ainda bem que dei uma vista de olhos nos comentários. O Amaral tirou-me as palavras da boca, isto é, dos dedos! (risos)
Gostei muito dã mestria da escrita cuidada e da imagem flores que tanto amo, mas...amor não é nem pode ser sofrimento!
Beijos

Espectro #999 disse...

Gosto da côr que impões às letras, com as quais formaste este lindo poema.

Para que saibas... e em resposta ao comentário de hoje, no meu território, já podes carregar em cima do Asc 74, (procura onde diz originais) e observa a arte que lá está.

Beijocas e inté.

tb disse...

ainda voltei para um pequenino reparo. As flores da imagem não são amores- perfeitos, o que não lhes retira de modo algum, beleza.
Beijos

Princesa disse...

So beautiful...grande beijo minha amiga e passa "lá em casa" sempre que desejares...Beijo querida!
PS: Música em sintonia, adorei...

eduardo disse...

Bom dia,gasolineira azul.

É por estas e por outras que por vezes não deixo uma palavra.
Primeiro, por não querer maçar-te com palavras de circunstância.
Segundo, se responderes e visitares toda esta gente que te acompanha diariamente e que não conheço (ainda) ficas quase sem tempo para ti.

De qualquer das formas hoje rascunhi. Talvez em sessenta e tal ou setenta na fila que me calhou.

Cá continuarei a acompanhar-te. Nem que seja de soslaio, hehe...

Beijokas

Nilson Barcelli disse...

O meu comentário desapareceu?
Vim aqui outra vez por engano e não o vejo...

online disse...

Simplesmente ama...

Amar a teu jeito.
Só faz sentido ser assim...
Não achas?:)

O beijo

mixtu disse...

"o meu jeito..." muito lindo, mas não te quero a comer muito chocolate, :)

Espectro #999 disse...

Já vi que te antecipaste a comentar um Ascii que ainda não foi publicado. De castigo... terás de o comentar novamente [...] com a inclusão da definição de "SPLASH".

Beijocas e inté.

Tacitus disse...

Desta vez, venho apenas agradecer e RETRIBUIR o abraço...surpreendeste-me...resto de boa semana!

Andreia Ramos disse...

super triste!mas lindo de ler!interiorizado!beijinho!

TSFM disse...

Como é possível amar assim tanto?!!!
Isso é a negação total, absoluta, é o fim por um amor infinito, mesmo que de um lado seja finito...

Peter disse...

Que poema lindo, lindo! E eu, que não sou poeta, vou "roubá-lo" e enviá-lo num Email.

Hoje esteve um dia de Primavera maravilhoso!

O quê? Não deram por isso?

chuvamiuda disse...

......beijinho e noite tranquila......

O Turista disse...

Muito bonito...
:)

O Turista - http://www.turistar.blogspot.com/

Pinto Ribeiro disse...

B'dia e beijinho.