sexta-feira, abril 21, 2006

Não quero teu amor...

danado

(foto de BlueShell)

Esse amor que me dizes ter...não to quero desse modo!
Me sufoca e me assusta esse teu querer
Não o quero desse jeito.
Teus ciúmes me magoam,
...são tiranos....em meu peito!

E negros, os olhos teus
Apregoam um amor...
P’ra toda a vida....
Não o quero, esse amor,
Não quero ser tua “querida”...

Porque em cada beijo teu...
Tua boca ávida de ter
Esquece já o Amor...
E cega já de Poder!

36 comentários:

Amaral disse...

Amor com ciúmes é um amor difícil de viver… Um amor que não queres…
Não reparaste no meu post anterior, mas deixei-te "numa corrente"…

Meia Lua disse...

O amor normalmente trás um pouco de tudo... mas deve ser na dose certa. Quando alguém não se sente bem, deve dizer, esclarecer...
é a melhor maneira. beijinho :*

Hindy disse...

Um amor assim não é bom para a alma!

P.S.- Passa pelo meu "cantinho" e assina a petição! Obrigada

Dae-su Oh disse...

Parece ser um amor bem espinhoso! Se tirares todos verás que encontras a planta e a felicidade desejada. :)

JSilvio disse...

O meu???

Porquê?? :P

bom fim de semana :)*

chama oculta disse...

Blue passei para vir agradecer o comentário que fizeste no meu cantinho e deparei-me com o teu poema. Simplesmente....ADOREI. E os ciúmes quando são demais acabam por se tornar nisso mesmo....deixa de ser amor e passa a ser ansia de poder! Mas tudo conversado as coisas com certeza vão ao lugar! Beijinho.

mixtu disse...

ciúmes... foge deles...
besitos

Alien David Sousa disse...

Se não queres esse amor, não queres!! Acho muito bem.

A Cor do Mar disse...

Bem lindo, BS. Um beijinho e b f semana*

Jo§e disse...

O amor não pode ser Poder, tem de ser Entrega. Mas onde há amor, mesmo com espinhos, também há a capacidade de os retirar.

Um beijo

oalcoviteiro disse...

é como tudo na vida, o Amor. e as relações de poder, também. lapidar. b'dia, um bjinho.

Isa Calixto disse...

Tentei deixar comentário no teu post anterior...não consegui...só quero dizer-te que os teus poemas são muito verdade e sinto-lhe muita musicalidade, nas palavras que falam por si só...

Jinhos BlueShell

Carla disse...

O amor quer-se saudável, sem de mais e sem de menos. Só assim pode ser um amor que dá frutos :) Um beijo enorme, Blue querida.

papagaio disse...

nunca se deve negar amor seja ele de que forma é dado..
ósculos linda e bom fim de semana

Andreia Ramos disse...

amar e lindo e da para ser posto de maneira a dar bem pos dois!bom fim de semana!beijinho!

Fifa disse...

Parabens, é tufo o k consigo dzer...aki, pode-se realmente perder na beleza das palavras...
beijo

aguasderio disse...

não querer é querer...

Salvador disse...

foi o fim da ilusão
o castelo se desmoronou
Só restou a realidade...
E no recomeço
hoje
Sigo o destino dos sonhos

Era uma vez um Girassol disse...

Fazes bem...homem ciumento...Uppps!
Bjinhos

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

Não kero um amor que me faça sofrer...
Perfiro perder, ao chorar por um mal querer...

Fico maravilhada com os escritos que surgem perante o meu olhar, a cada visita :)
Apetece sempre passar por aki :)
Bjx e bom fim de semana

GreenSky disse...

Gostei mais da flor espinhosa, mas são gostos tiranos...

Beijos

PS - Mas também odeio ter que escrever aquelas letras pequenas para comentar, mas gosto de comentar...

LUAZUL disse...

CAMPEÕES ALLEZ
CAMPEÕES ALLEZ
CAMPEÕES ALLEZ
CAMPEÕES ALLEZ

Passei para deixar saudações azuis!!!
Não digo mais nada porque estou sem voz...


Beijinhos ;)

A.J.Faria disse...

Olá, Blue
Ter cimes é não possuir confiança, e onde não há confinça nunca poderá haver verdadeiramente uma relação de amor.
Um grande beijinho,

Natália Mabel disse...

Olá...tava vagando pela net e encontrei esse flog, achei linnnndo, as fotos são maravilhosas. Sou apaixonada por fotografia e as do seu blog merecem respeito!

Alexandre Sousa disse...

Venho solenemente anunciar que vai sair no próximo mês de Maio o meu primeiro livro.. CUMPLICIDADES é o seu titulo.

Musician disse...

As vezes é o melhor!!
Tristemente melhor, nao é?
Um beijo doce*

gato_escaldado disse...

mas o amor é tambem um "jogo de poder"...

gostei muito do tema e do poema! beijos

Nilson Barcelli disse...

Acho bem que não queiras.
Ainda te vais picar no cacto...
Beijos

hala_kazam disse...

no amor só vale se for tudo ou nada...

*beijoes*

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

Soltei um beijo, ao sabor do vento, para te desejar uma boa semana

Sea disse...

amar com ciúme e possessão, não é amor...
Um beijo com uma boa semana

lique disse...

O ciúme é letal para o amor... mas também me parece que é difícil haver amor totalmente isento de ciúme.
Beijinhos

Joaquim Amândio Santos disse...

esta é a minha terceira visita em que tenho de pugnar pela beleza da partilha na cumplicidade como única forma de viver o amor!

(Bem haja pela visita ao meu blog. tomei a liberdade de inserir o seu comentário.)

Mestrinho disse...

Lindo conchinha, é a mais pura das verdades.... O amor e o zelo em demasia, estraga a pureza do mesmo. É como detorpar a realidade em base de um medo de perder... excessos sempre foram prejudiciais.
Prezo a minha "liberdade" e por falar nisso, um bom feriado para ti..
Viv´ó 25 de Abril...
Um bjo da cor do céu....

Fornense disse...

um amor com dor, espinhoso, ninguem quer.. beijinhos ***

Mikael disse...

Se há coisa que aprendi é que o amor que se tem nunca é o que se quer, quer-se sempre mais... ou então menos. Para mim a verdadeira questão é aperceber-me o quão desviado está daquilo que pretendo, e agir de acordo com isso.

(benditos desamores que nos inspiram :P)
Bj