quinta-feira, abril 06, 2006

Sombras do Tempo!

sombra22

(foto de BlueShell)

Cansei de escrever. Inventei as palavras que queria dizer. Inventei-me mulher feita da força das terras por desbravar, dos campos por lavrar.
Adulterei a Poesia. Traí-me sem o saber. Cansei de me ludibriar. Cansei das palavras, cansei de fingir cada sorriso....cada gesto! Faltam-me forças, agora...
Vi-me no espelho do Tempo e chorei: não conheci aquela pessoa que era eu!
Perdi-me no sonho de palavras inventadas, deixei crescer a criança pura que outrora me habitou. Dei voz ao Tempo e o Tempo passou...e me gastou!
Cansei de escrever...de amar....de viver!
Cansei...

69 comentários:

Andreia Ramos disse...

nao te canses da vida!de tudo menos da vida!beijinho!

Anónimo disse...

Sabes que acho inacreditável que não aconteça a toda a gente momentos assim...sorri ao ouvir a música que toca aqui,esquecer ,como é que se esquecem coisas como respirar,ver,tocar,viver?
Inventar as palavras vem de dentro,como aquele prazer de ver o mar,de pensar... naquele momento,e tinha que ser naquele! apertarmos no maior e mais apertado abraço quem amamos...cansada,agora,mas só aqui onde transborda a sensibilidade e ...depois queremos outra vez,sempre muito!
Ser sensível é ser tudo e nada,sorrir,rir ou chorar mas ser feliz e... só se é feliz amando...não se aprende,nasce,por baixo da pele,alastra e...sento-me aqui,ao pé de ti,assim...
Ha coisas que não se consomem,muito menos se gastam,nasceram connosco...a ternura de saber amar...sabes que eu acho que o tempo e a idade dão-lhe aquele lapidar...sorri,são os únicos diamantes que me seduzem e eu espero que tenhas o teu!
um beijo doce,conchinha,tu sabes que eu gosto muito de ti,mesmo quando não te apetece sorrir,sempre!
um abraço
m

António disse...

Sempre bela, a tua escrita.
Apaixonada, arrebatada, triste, magoada, dorida, feliz, saudosa, sonhadora, fortalecida, deprimida, cansada, alegre...
Qualquer que seja o estado de alma que queiras transmitir consegues fazê-lo à tua maneira...à tua maravilhora maneira.

Querida I.!
Obrigado pela visita.
Quando a minha historieta for passada a filme, irei pedir-te o carro emprestado para as filmagens.

Beijinhos

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

Querida Blue,
Tantas vezes me cansei, lutei, e não desisti...
Nego-me a desistir do que gosto, nego-me a desistir de mim, porque no dia em que desistir de mim... já nada fará sentido... então saberei que morri...
Por isso, não desisto de acreditar em mim, e todos os dias, enfreto tudo e todos, porque quero estar viva!

Bjx

Barbara disse...

Acordar, resistir, respirar, sentir, viver...
Guarda no cantinho a criança, recorda momentos com carinho, aprende com as cores que pintaste na vida dos outros e com as cores que deixaram em ti. Enfeita a vida com pedaços chocolate bem doce.
Gostei muito do teu mundo e de sentir o cheiro a azul que deixas em cada palavra. Parabéns!
Beijos com sabor a baunilha.

Fornense disse...

a vida tambem tem desses momentos.. que acho que são criados e devemos aproveita-los para descansar, recolher forças e começar um novo ciclo que mesmo igual ao anterior so por pensarmos ser novo nos dá força!
:)
beijinhos

Amaral disse...

Qual comentário, qual post… Como se sombras houvesse que não tornassem à luz… Deixa o tempo "falar", Blue! Sendo um elemento deste mundo é o único que mais tememos. Faz-nos velhos, faz-nos esquecer, faz-nos andar aos trambolhões… Mas, o que "ele" não sabe é que foi "fabricado" por nós e só existe para nos possibilitar ir daqui para ali. Não é ele que passa por cima, nós é que passamos por cima dele. Por isso, não o temas! Continua a escrever, nunca percas a esperança de amar e nunca percas a certeza de viver... Todos andamos cansados... mas não é o cansaço que nos vai deitar abaixo!...

JPD disse...

Mas tão cedo não deixarás de ter de resolver essa necessidade de ir escrevendo...e a gente a continuar a ler. Iriamos lá esquecer!
Bjs

Mac Adriano disse...

Hmmm... sempre podes ir descansar ali naquela sombra para retemperar forças.

gone disse...

Quando estamos cansados... O remédio é recuperar baterias! :)
Gostei muito das fotos, são muito lindas...
Um beijinho grande (obrigada pela visita!) :*

miosotis disse...

BlueShell! Sei o q tudo isso representa...

Não esperava ver-te/ler-te assim!
Habituei-me a conhecer-te (pela escrita e pelas fotos) como alguém q ainda acredita(va) nos afectos, na vida!

bjs em tons de miosotis [azuis]

Mt sensibilizada pelo teu olhar gravado (e com um sorriso azul) em meu sítio de sentires! Deixei lá a resposta carinhosa.

Alex disse...

Vá lá... anime-se que estamos na primavera.
Ponha música bem alto e dance.
Comigo geralmente resulta.
...
Não se esqueça do desafio que lhe lancei lá no Abrunhosa.

Å®t_Øf_£övë disse...

Fiquei sem palavras ao ler este teu texto, de tanto me identificar com ele.
Tantas vezes inventamos as palavras do amor e elas não formam qualquer frase com sentido de tão dificil ser escrever sobre um sentimento tão forte.
Quantas vezes não nos conhecemos a nós mesmos... isso também já me aconteceu... tantas vezes, e acredita que nem precisei de me ver ao espelho...

(a musica para acompanhar este teu belissimo pensamento não poderia ter sido melhor escolhida)

Bom fds.
Bjs.

Mikael disse...

Por vezes também me canso das palavras... Especialmente por ficar tantas vezes com a sensação que não me são totalmente fieis ao pensamento (problema de quem pensa demasiado, na certa). Quando isso acontece descanso. Páro. Mas depois volto à minha mais fiel companheira. A palavra.

Até breve.

In Loko disse...

Blue amiga, que é feito da mulher forte como as serranias e das terras duras por desbravar? Estás à espera de quê para acordar a criança que vive em ti, e voltares a animares os interesses, as curiosidades, as paixões? Cansada sim pode ser, mas vergada NUNCA! Beijinhos

CMatos disse...

Quando não se pode estar no local fisicamente, nada melhor que a fotografia para nos transportar ao mundo das recordações.
Simplesmente lindas estas, como aliás todas as outras.
Descanse pois, que é a melhor opção para o cansaço, e logo se sentirá revigorada.
Beijinhos

Sea disse...

Nãaaa! É um cansaço que, por vezes, nos ataca, silencioso, corrosivo e que se instala sem pedir licença. Mas passa... passa...
beijo :)

¦☆¦Jøhη¦☆¦ disse...

Minha cara amiga, sempre me lembro de gostar de ler, desde pequeno que adoro isso, mas escrever... só há um ano adquiri a maturidade suficiente para compreender que a escrita serve propósitos muito elevados... podemos aliviar os nossos sentimentos escrevendo as nossas amarguras... desde que iniciei essa trilha, não mais parei, e enquanto eu me sentir melhor... não pararei certamente.

Mesmo escrevendo por vezes com lágrimas nos olhos... prosa ou poesia, correcta ou não... é o que sinto, o que desejo transmitir a quem me lê, mas acima de tudo, é o que desejo transmitir a mim mesmo, pois primeiro que tudo... eu escrevo para mim. Não é a minha área, não irei ganhar a minha vida a escrever, sou mais de contas e numeros... mas isso não me impede de ir escrevendo, como um vicio que adquiri, e um vicio que adoro. Por isso mesmo fiquei impressionado com este teu post, pois afirmas-te cansada... de escrever, de amar, de viver... já tenho escrito coisas que as pessoas avaliam como "tristes", por isso eu posso compreender o teu estado de espirito, mas permite a minha ousadia ao dizer-te que uma pessoa só pode cansar destas coisas... quando passar mesmo do estado de vivo para o grande mistério da morte... até lá minha cara amiga, há sempre esperança! Se olhares para o espelho, certamente que continuarás a ver-te e irás reconhecer-te! Sempre! As forças voltarão a inundar-te por dentro, e sentirás de novo o gosto por tudo.

Um beijinho grande, João

spartakus disse...

parece. só. b'dia, bjinho.

BÓLICE disse...

Olha... isso passa... vai lá ver o que tenho... também te ofereço a Ti

Fica bem & inté jazzz

{-Sutra-} disse...

Unforgettable

{-Sutra-} disse...

Oops, cliquei sem querer no submeter :-(
Queria dizer que a música é delicada e doce como as palavras que aqui leio, apesar de tristes.

Momentos de melancolia.

Beijo doce e bom fim de semana

Baptist@Kortez disse...

como se fosse posível cansar de viver. a vida é que cansa linda blueshell...


e olha que eu estou de rastos...

beijos...
adoro o que escreves

Talk Talk disse...

Então descansa um pouco...e volta porque escreves muito bem!! :)
Um beijinho e bom fim-de-semana.

Princesa disse...

Querida Blue, faz a pausa merecida e volta, volta para escrever e para nos encantar...Bom fim de semana. You're so Unforgetable!...

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

Querida Blue,
Espero que estejas um pouco mais animada.
Bjs e bom fim de semana

José S. disse...

Temos de saber vencer estes momentos depressivos e deixar acordar a criança que temos dentro de nós. O mal da humanidade é ter vergonha de ser criança, dar largas à imaginação e voltar a fazer asneiras.
Mas quem sou eu para falar...
Beijinho e bfs.

Choninha disse...

Gostei do que li e das tuas fotografias... Não te canses com o cansaço... Tudo passa. As tuas palavras ficam. Parabéns pelo blogue. Bom fim de semana.

aprendiz de viajante disse...

Não digas isso... o tempo reserva-nos sempre surpresas!!! Melhores dias virão!!!

Um bjinho e bom fds

contradicoes disse...

Cansada dizes estar
de inventar as palavras
mas nós não queremos aceitar
este desanimo em que ficavas

Medita descansa e vem
de novo ao nosso convívio
pois todos de queremos bem
atenta bem no que te digo

Um beijinho do Raul

Bruno António disse...

...Eu dizia antes CASEI!

Bjs.

sad angel disse...

ola tudo bem?em primeiro obrigado por teres visitado meu modesto blog,é como leste,enfim...em segundo:sim sr,aplaudo-te em pé,isto é que é escrever,estive agora a ver um pouco do teu blog,adoro poesia,adorei o que escreves,bom fim de semana e mais uma vez obrigado...

Isa Calixto disse...

É apenas um momento de cansaço...e como num qualquer embaraço o desejo do silêncio em Ti.
Passa por cima do Tempo e vais ver que amanhã ele te Sorri.
Tanta vez já eu me senti assim...
e do louco ontem, hoje eu fugi!
Se posso ajudar recebe neste momento o carinho das palavras, que deixaste em mim!

jorgesteves disse...

Já disse, já gritou, já deixou cair os braços, já pendeu a fronte, já ficou escuro, já choveu, a Poesia já chorou, o Pastor não toca mais flauta, já fechou os olhos, o vento virou do Norte, as lágrimas não secaram, o peito guarda outros gritos, a boca secou, a alma enroscou-se na bílis, ok! Páre! Sustenha a respiração. Agora diga, baixinho, devagar, palavra a palavra, sílaba a sílaba, com força, muita até conseguir ouvir o eco da consciência: N Ã O! Outra vez N Ã O!
Amanhã tudo estará diferente.
jorgesteves

paper life disse...

Cansaste nada!

És lá Menina para isso.

Momentos de cansaço quem não tem?~

Bonito o texto.

Bjinhos BFS.

:)

JB disse...

Eu também me cansei... só não cansei de ler e reflectir sobre as tuas palavras. Por vezes assaltam-nos forças negativas que nos fazem baixar os braços que mais não são que um impulso para momentos cheios de alegria.

Força.

Bjos

João disse...

No teu intimo se sentires a escrita e o amor é porque não cansaste simplesmente o sentimento dá menos luta que a exposição ;)
tem um bom fim de semana blueshell ;)
um beijinho cheio de sorriso ;)

tb disse...

Olha Blue e quem não se cansa em algum momento da nossa vida? Mas pensa que cada dia é diferente. Se hoje chove, amanhã haverá um sol radioso. E o manhã é outo dia.
Beijinhos

Dae-su Oh disse...

Simplesmente não canses. Parar é morrer. :)

john (fallen angel) disse...

todos nos sentimos cansados. outra inevitabilidade da existência. há que deitar um pouco, aconchegar a cabeça na almofada, fechar os olhos e deixar os sonhos virem - bons ou maus, não importa. de manhã, quando acordares, vais ver como afinal o sol nasceu de novo :)

beijinhos*

Era uma vez um Girassol disse...

Todos passamos por fases em que o mundo está sobre os nossos ombros e custa avançar, com o peso....
Mas isso é hoje! Amanhã virá de novo a energia que nos pôe a girar nesta Primavera em que o Amor é Rei, a Dádiva é Rainha e todos dançaremos ao som da voz inesquecível dum homem que venceu todas as batalhas do racismo se impôs no mundo da mùsica e continua inesquecível!
Um exemplo de vida e de amor!

Então, minha querida Conchinha Azul, será que não aprendemos nada com ele???????
Beijito

António disse...

Querida I.!
Ainda bem que isso aconteceu.
É sinal que consegui transmitir o que pretendia.

Um bom fim-de-semana para ti, também

Beijinhos

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

BlueShell, minha querida, obrigado pelo teu comentário, conheço bem o sentimento de abandono, conheço melhor ainda o sentimento de uma traição sem motivo aparente ou uma explicação...
Mas minha querida, estamos vivos, somos importantes, não deixo de acreditar em mim, nem do que gosto, porque no dia em que o fizer, estarei morta para a vida e já nada fara sentido... para morrer e ir ao encontro do desconhecido tenho tempo ainda (espero eu), perfiro lutar em vida pelo que me é dado a conhecer e vencer passo a passo as vicissitudes da vida, só assim posso crescer enquanto ser humano, e deixar um pouco de mim aqueles que me são importantes e que amo.
Não nos agradeças, somos uma pequena força, porque gostamos de ti, a maior força é a que escondes dentro de ti, busca essa força interior e sorri à vida, pois receberas sorrisos em dobro :)

Bjs e bom fim de semana
Deixo o meu sorriso :)

Sea disse...

Blue, nada a agradecer. Que a blogosfera sirva para alguma coisa.
Um grande kiss para ti :)

copa-rota disse...

Amiga BShell,a criança em nós nunca cresce,pode por vezes ficar esquecida mas jamais desaparece.

Lembre-se onde ela ficou,convide-a a brincar e sem se aperceber,ela virá correndo ao seu encontro...

Quando estiver novamente diante de um espelho,não olhe para o reflexo,mas sim para o que está do lado de cá...

Ânimo,o tempo tambem pode ser um aliado ;-)

Um grande bem-haja,BShell,Felicidades!

marco disse...

isso é que nao....

anatema disse...

Bonita música. Excelentes textos. Gracias por visitar mi blog.

Titas disse...

um miminho....


http://www.jacquielawson.com/viewcard.asp?cont=1&hdr=0&pv=FL04EN

CMatos disse...

BlueShell, venho aqui um pouco sem palavras, a engolir em seco ainda, depois de ter lido o seu último comentário, lá no meu cantinho! Bem sei como são esses dias, ou talvez não, já que cada um sente de maneira diferente, no entanto sempre lhe digo que Deus, aquele em que acreditamos, tem um caminho traçado para nós, um objectivo que devemos alcançar. Em momentos de fraqueza podemos ficar sem norte, como que perdidos no meio de uma paisagem sempre igual, mas fechemos os olhos terrenos e deixemos nos guiar pelos olhos da Fé, que logo encontraremos novamente o caminho.
Hoje é um novo dia, certamente rumará aos lugares que lhe transmitem paz, e junto de quem ama encontrará o caminho!
Deixo-lhe 3 palavras para meditar e desviar o pensamento da dúvida. Paz, Amor e FÉ!
Fique bem, bom fim de semana.

Popper disse...

Obrigado pela tua visita.
Não tens o "direito" de atirar a "toalha ao chão". Não pode ser! Resiste. Mais derrotados da vida, não. Bjo.

Baptist@Kortez disse...

o fim de semana é positivo
sempre se recupera

e tu. anima.me essa cara. que tristezas não pagam dividas e tristeza gera mais tristeza...

por isso linda blueshell ponha um sorriso nessa cara e tire umas fotos bem giras e lance uns piropos aos rapazaes...

bom fim de semana

beijos****

pexeseco disse...

Buenos dias!
Cá tou eu de Novo...!
Brigadinho p'las Gratulacoes.
Ainda tou sobre o efeito de coisas
que nao so nada boas p'ra Saude...
he..he...
Inté

zecadanau disse...

Que é lá isso?! A conchina quer estalar? Nem pensar! Toca a arribar e a proseguir.

Um @bração do
Zeca da Nau

Jo§e disse...

Espero que o teu cansaço passe depressa para poder-mos continuar a fruir das tuas palavras e fotos sempre tão belas.
Um beijo.

miguel disse...

Cara "Blue Shell", gostaria de te expressar um olhar de admiração pura. Por duas súbitas razões, a primeira pelo recordar deste tema musical de pai e filha, que é simplesmente delicioso. A segunda razão advém do constatar de palavras compostas em poemas de extrema beleza e sensibilidade.
MUITOS parabéns pelo blog que alimentas. (Espero que não te importes com o link num dos meus).
Bem hajas.

miosotis disse...

BlueShell, votos de um f-s prazeiroso e mt azul... mar!

Miguel tem razão, este tema é belíssimo, mas infinitamente melancólico :(

bjos em cor de miosotis [azuis]

BÓLICE disse...

Vai lá ver...

jkñs

Bugs disse...

Cansados todos ficamos de vez em quando. Todos falhamos.
Mas deve ser por isso que caimos, para que possamos aprender a nos levantar...

Bjs bom fim de semana

A Cor do Mar disse...

Temos horas, dias, as vezes semanas com o cansaço como visita. Resta-nos acordar numa manha onde a esperança acorda a nosso lado. Que seja rapido. Nos esperamos e vamos parando por aqui. Beijinho e bom Domingo*

Helder Ribau disse...

Blog espetacular...
nao pares de escrever... muito menos de amar...

ditosecontos.blogspot.com

Castor (moi-je...ehe, ehe) disse...

Tu esqueceste-te foi de mim...viraste-me as costas, conduziste-me ao desprezo...à indiferença mas...voltaste. Isso é o que interessa. Gostei de voltar a ver-te. Estás com muito bom aspecto. Não percebo porque é que estás cansada, afinal...ehe, ehe, ehe!!! Um CHUAC para ti e continuação de textos espectaculares (vai dando noticias, ok?)

Su disse...

belos textos, bela fotos, grandes sentimentos...gosto deste teu canto...
isso é cansaço...espero que te sintas melhor.
jocas maradas de bom tempo

Luis Duverge disse...

A diferença entre dois seres humanos reside aí mesmo na resistência ao cansaço, na capacidade de nos reinventarmos e irmos buscar força e ânimo qunado tudo parece ...desabar em cima de nós.
Aqui fica um beijo, aliás dois um para a Blue e outro para a Shell.

Musician disse...

Bem sei o que é sentir tudo isso!
Tantas vezes o sinto bem dentro do meu coraçao...mas nao sei como, vou arranjando umas forças e sei que tambem vais conseguir ;)
Um grande beijinho no teu coraçao*

Dra. Daniela Mann disse...

Que o cansaço se fique pelo poema!
Um abraço apertadinho,
Daniela Mann

MARTA disse...

O cansaço às vezes faz com que se perca a vontade de tudo. Sei o que é, aconteceu-me isso recentemente e ainda não "recuperei" totalmente.
Não desistas de nada; descansa apenas e volta.
Um xi muito grande
Marta

DIAFRAGMA disse...

Olá Blueshell.
Chegado de um fim de semana comprido vinha agradecer a tua simpática visita.
Mais logo vou espreitar o teu com calma, mas para já parabéns pela música!

JL disse...

Mas nesse cansaço que esta música seja retemperadora e na Luz encontre energias para o caminho.
Um beijo

Peter disse...

"Vi-me no espelho do Tempo e chorei: não conheci aquela pessoa que era eu!"

Só que eu não choro ...