segunda-feira, junho 12, 2006

AMAR-TE-EI...

saudade333

(foto de BlueShell)

Permanece em mim o desejo de te ter!
E sim, serás meu...porque meu é este sentir
Que é mais forte que a vontade que tens
De me esquecer! A Verdade: não a quiseste ver...
Presumiste...Grande engano o teu!
Ousadia sem medida a minha...

Sou culpada sim, de tanto te querer...
De tanto te amar, a sós, em silêncio...
Ouvindo apenas o rumor dos pinhais
Partilhando co’as fontes o choro e os ais!
Solidão e saudade de quem, como eu, ama demais!

59 comentários:

della-porther disse...

Blue

Lindo ...lindo...poema ...maravilhosas palavras
beijos
della

Adryka disse...

Olá, o poema é fantástico! mas li um comentário teu a dizer que hoje não estás bem? passa-se alguma coisa de mal contigo? queres conversar. Beijinhos contacta-me se quizeres.

Bruno António disse...

Hoje só me apetece deixar isto...

Leave your comment

You can use some HTML tags, such as


Bjs bjs bjs!

Secreta disse...

Que lindo poema ...
Será que realmente Amamos demais ? Ou apenas e sempre o suficiente ?
Adorei mesmo.
Beijito.

SPECTATOR disse...

muito bonito!
jinhos!

Jo§e disse...

Amar nunca é demais.

Um beijo

kikas disse...

Amar demais não existe e se existe, é doença.

Kaos disse...

Olá blueshell:
Vim agradecer-te e visita e encontrei mais um belo cantinho cheio de belas palavras.
Dizes que estás triste. Espero que a alegria volte rapidamente a encontrar-te que quem escreve coisas tão bonitas só merece ser feliz. Amar nunca é demais embora muitas vezes nos possa magoar.
Espero voltar mais vezes
bjs

DE PROPOSITO disse...

Um poema lindo. Resta saber se o mesmo não é um exteriorizar de sentimentos (direi reprimidos).
Quero que estejas bem, quero que estejas feliz. Manda-me um e-mail. Tenho uma coisa para te enviar.
Fica bem.
Manuel

¦☆¦Jøhη¦☆¦ disse...

Bom dia :)

Em primeiro lugar desejo pedir-te desculpas pela minha ausência...

Gostei muito deste teu escrito, o verbo amar está em grande destaque. Algo que eu compreendo bem... uma nota para a tua foto: Linda, fica muito bem aqui neste post :)

Um beijinho, João

Um Poema disse...

Descobrir um espaço de poesia, como este, certamente que é não só uma sorte mas, simultaneamente, uma felicidade.
Cheguei aqui através de A POESIA DE VITOR CINTRA. E voltarei tantas vezes quantas a correria do dia a dia me permitir.
Gostaria de adicionar o teu espaço à minha lista de favoritos. Posso?
Um abraço

Amaral disse...

BlueShell!... A Blue dos poemas angelicais e das imagens cheias de côr e de vida. A Blue que toca e e encanta… Sempre foi assim, a BlueShell que conheci há mais de um ano…
A Blue que ama em silêncio e sofre no som dos seus ais… Mas sempre a Blue ousada, partilhando a força de enfrentar o "não" que teima em negar… Contigo, aprendi a poesia, revejo o encanto bucólico da paisagem deslumbrante. Juntos, contamos os verdes, um a um, devoramos cada pormenor, cheiramos a terra... Contigo, cavalgo nos versos singelos e deixo que a brisa me embriague de sensações alegres e quentes.
Ninguém ama demais!... Ninguém é culpado de nada!... Ousa aceitar o amor, como forma de estar e deixa que a vida conduza os teus passos! Na tranquilidade dos dias desta tua vida…

Princesa* disse...

absolutamente lindo!
Desculpo-te o quê? Partilhares comigo as tuas lágrimas?! Obrigada, mil vezes obrigada.

Um beijo

Desassossego disse...

Amar não rima com culpa nem com demais... Amar rima com ousadia, desejo e saudade...
E aqueles que não sabem o que é Amar?!

Jo§e disse...

Abraço-te

Carlos Barros disse...

o amor tem a importancia que nos lhe damos...

beijo


a tristeza não paga dividas,nem apaga duvidas

contradicoes disse...

Não estás a passar bem
no dia que hoje corre
porém tal não convém
e desejo que amanhã melhore

Um beijinho do Raul

nunocavaco disse...

No verde da imagem vejo a esperança de quem ama em silêncio, nas tuas palavras vejo a alma de quem procura carinho. Ninguém ama demais, como ja aqui o disseram. Quem ama de menos não ama, não sonha, não partilha.
Como alguém hoje já escreveu, procura dentro de ti que encontras, a tranquilidade e o pedaço de amor que te falta, sim, porque amor já tu o tens.

Sofia disse...

Vim deixar-te o meu abraço, o meu mimo. Amanha será um dia melhor, acredita!

Um beijo forte querida

José disse...

As fotos são lindas, os textos e poemas belos.
Vim agradecer a visita e o encaminhamento a este blog delicioso.
Quanto à vida, olha que ela tem tons e sons magníficos, tens de saber procurar, olhar, escutar e acima de tudo saber esperar. Envio-te um grande abraço para ficares de bem com a vida.

DE PROPOSITO disse...

Há um proverbio chinês que diz mais ou menos isto:
_NÃO HÁ DOR POR MAIOR QUE SEJA, QUE O TEMPO NÃO ATENUE.
Fica bem
Manuel

André Ferreira disse...

No teu poema corre uma tristeza que não me agrada adivinhar ainda que corra entre belas palavras.
Um grande abraço, beijinhos e animo

Belzebu disse...

Nunca se ama demasiado! Pois então seria obsessão! Ama-se sim intensamente e isso é muito bom!

Excelente poema! Saudações!

IsaMar disse...

naveguei pelos blogs e acheite, e li-te eadorei, por isso linkar-te-ei para não te perder.

Barão da Tróia II disse...

2 Abraços. Excelente foto

CMatos disse...

BShell, o Carlinhos de outrora pediu-me para lhe entregar um beijinho terno...

O Poema é lindo, e este como outros, deixam-me uma sensação estranha,... é certo que um poema flui da imaginação tocada aqui e ali por momentos/sentidos reais, quer do passado ou mais actuais, vividos ou houvidos, enfim... de qualquer maneira quem lê olha para eles e é tentado a fazer analogias, a comparar, a reconhecer sentimentos como se nossos fossem e a interpretar...

Volto a dizer, é lindo este e traduz a tristeza do momento em que se escreve. Não sei se ao amar se ama demais, mas que existem sentimentos que mais valia nunca os termos sentido, isso há, porque nos provocam dor, porque nos fazem ficar tristes, porque não nos deixam ter o Sol no olhar.

Que o sol da vida lhe aqueça o coração e o céu a encha de alegria.

CMatos

Confissões disse...

Grandes palavras de amor sentidas! :)
Li num blog qualquer que não te sentias bem, espero que isso tenha sido ultrapassado.
Beijocas!

Sea disse...

Como costumo dizer: "quem não ama demais, não ama o suficiente".
Um beijo com salpicos de mar :)

boleia disse...

ola!
Desculpa a intromissão... tenho-me cruzado contigo nos comments de outros blogs e acho-te sempre tão desanimada! Pronto, vim aqui so dar um beijinho...

Cleopatra disse...

Venho a este Blog muitas vezes. E gosto sempre. Não comento porque... já é tão rico em comentários que mais um, não marcaria qualquer diferença!
Bj.

Miguel disse...

Ouvi dizer que estavas triste ...

Então resolvi visitar-te ...
Para levantar essa astral!

Um grande Bjka da Matilde

Silêncios disse...

Amar nunca é demais...qd mt, podem não merecer o teu Amor...
Sinto-te triste...

bluerussian disse...

Tb és Blue, como eu!
Adorei o teu blog, fantásticas palavras, excelente poesia.
porque dizes que não te sentes muito bem? seja qual for a razão, força!
obrigada pela visita, e continua a dourar a blogosfera com estas pérolas de sentimento.

tb disse...

Blue,
Deixaste lá no meu blog aquelas palavras de lagrimas.
Estive aqui e vi o teu poema anterior, agora vejo este. Nem sempre o que escrevemos são sentires ou sentimentos nossos. Mas as tuas palavras sim, são-no!
Posso ajudar nalguma coisa? Tens o emu endereço de e-mail, não hesites em me escrever, se assim o quiseres e sentires.
Na vida há momentos em que precisamos de uma palavra amiga, mesmo que seja de uma semi-desconhecida...
Um forte abraço

augustoM disse...

Shell, passaste e nada foi dito, foi a pressa ou outro motivo?
Em beijo. Augusto

Alma de Poeta disse...

Blue Shell, de novo nos cruzamos e sinto a tristeza nas estrófes do teu poema, que mesmo assim continua lindo.
Um beijo

Isa Calixto disse...

Na foto, li a palavra saudade...
A dor de tanta verdade...
Ninguém ama demais conchinha,
apenas chora o mal de se sentir sozinha...o teu poema está lindo, desenha perfeitamente a tua dor...
Deixo aqui um grande beijinho,se precisares, chama...o email está no meu cantinho!

pitanga disse...

Ninguém ama demais e não amar a ninguém é um vazio sem fim.

António Monteiro disse...

Se me permite, deveria fazer uma compilação de seus trabalhos e editá-los... Creio que teria muito sucesso!
Parabéns!

António Monteiro
http://restauros.blogspot.com/

Delfim Peixoto disse...

Amar não é nunca demais é simplesmente Amar. O AMor é por inteiro ou então não é
bjnhs doces

Papoila disse...

Blue Shell
Agradeço a tua visita ao campo e vim fazer uma visita à tua Concha Azul.
O poema é muito bonito.
"Hoje eu te amo sim...
Mas amanhã, não sei...
Enquanto eu te julgar,
aquele que sonhei!
Enquanto não fores tu mas sim,
A emanação do Uno... o manequim
que revesti, arder em febre de viver,
dos todos os anseios do meu ser...
Mas depois... mas depois...
Para quê pensar no dia de amanhã?
Talvez sejas tu aquele por quem vou
em estrelas a transformar as pedras do caminho,
a minha provisão de fruta, mel e vinho."
Gostei da tua visita.
Beijo

Isa&Luis disse...

olá,

Belíssimo poema,

Amar nunca é demais!

Desejos de uma semana repleta de alegrias.

beijinhos

Isa

lazuli disse...

mas..tu ÉS VIDA, ainda não percebeste?

Wisper disse...

amar... sentimento dificil de lidar... mas sem ele como seria a vida...???

a questão é: todos nós sabemos que de mãos dadas com o amor vem o sofrimento mas na outra mão está a capacidade fantástica de ficarmos felizes com coisas que de outra forma nos pareceriam insignificantes... ou seja preferes viver uma vida segura, ponderada onde as emoções são reduzidas ao limite do controlado para que nunca sofras mas tambem nunca és verdadeiramente feliz... ou preferes uma vida entregue ao amor, cheia de emoções fortes de gargalhadas espontâneas mas tambem lágrimas impossiveis de conter... com a certeza de que estas algumas vezes serão de tristeza mas tambem surgirão de alegrias... o que preferes... eu prefiro a segunda... adoro me sentir viva!!!

beijinhos

agua_quente disse...

Lindíssimo. A tristeza passará. E o amor há-de voltar. :)
Beijos

DE PROPOSITO disse...

Depois da tempestade vem a bonança. Acredito que o bom tempo já se aproxima.
Fica bem.
Manuel

Neófito disse...

Sem dúvida que sabes amar.
Disfarça alguma timidez de coragem,
e diz-lhe...

Thiago Forrest Gump disse...

Dizem que o amor alimenta a alma. :)

pintoribeiro disse...

Bonito, muito bonito mesmo. Boa tarde.

reflexoes depois disse...

que belo post poético-desabafo...
Gostei de ter por aqui chegado pra conhecer o que há! Beijos

Lord of Erewhon disse...

Bela foto... o poema também não está mal.

Hindy disse...

:o)
Beijinhos

Crónicas de Ariana disse...

Amar não é fácil!
Há todo um conjunto de situações, emoções, vivências,... que se partilham e que têm que ser bem geridas, pois cada um tem a sua personalidade própria e temos que conviver com ela.
Mas a meta do amor é ultrapassar todas essas circunstâncias para que juntos vivam...um único amor, num único destino, num único sentido.

anrasaxa disse...

muito bom.. não só este post como todo o teu blog.. foste linkada

miosotis disse...

BShell belíssimo sentir... mt "florbeliano", tristemente escrito, quer em analogia com a vida, quer saído de teus sentires.

Perdura em nós sp a dúvida - q parte é fingidora q parte é autêntica de um viver em desamor...

Mas dp a tristeza q paira no ar é tão profusamente perfumada por tão belas flores!!

um abraço 'doce' já q li algures q "precisavas" de um...

MH disse...

Perfeita conjugação do verbo amar...
Será essa a razão porque existimos?

O amor é uma planta de primavera que tudo perfuma com a sua esperança, mesmo as ruínas a que se apega.
Amar é a liberdade da plena felicidade.

poca disse...

há um livro com esse titulo: As mulheres que amam demais...
conheço isso que escreves... já aí estive... ontem
sais quando tiveres que sair, retoma-se se for mesmo amor...

Bill disse...

Ama alem do que se pode, uma mar a transbordar, brisa que teima em passar, estrela que teima em brilhar... E esse sol que tambem teima em nascer... Estas em mim como sangue que corre em minha veia, por mais que eu queira ainda corres em mim...

Uma dor... Saudade... Um amor bonito ja que nunca se ama demais, pode-se amar a pessoa errada, mais amor nunca é demais...

Nha esse lugar é um sonho =]

:**

reflexoes depois disse...

e continuamos amanso por demais, querendo otudo, alemjando o sempre...
Ah, essa vida
Passei para um abraço amigo!