quarta-feira, junho 14, 2006

...de ti...

porto000

(foto de BlueShell)

Se te perdi e só me restam memórias de ti...
Hei-de vivê-las tão intensamente...
Como quem suga e sorve a seiva das plantas
Silvestres...pois dela necessita para se sentir,
De novo, gente!

45 comentários:

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

Beijos e bom feriado

lazuli disse...

Hoje..nem consigo enviar-te um beijinho...doiem-me os olhos de tanta lágrima.
Tento..
UM beijo (tentei..)

pitanga disse...

A foto é linda, a música também. Ame muito nesse final de semana prolongado.
beijinhos da pitanga.

Samartaime disse...

TU ÉS MUITO "GENTE"!!!!!!!!!!





beijo. terníssimo.



isa/Piano.

contradicoes disse...

A vida não é um mar de rosas
ficamos com essas certezas
muitas são bem tortuosas
só nos deixam incertezas

Anima-te. Beijinhos do Raul

Menina_marota disse...

Caminhar em frente...
Seca as lágrimas e sorri...

Um abraço e bom feriado ;)

DE PROPOSITO disse...

Gosto de notícias, quero que todo o mundo esteja bem.
Fica bem.
Manuel

Luz Dourada disse...

Que não te faltem nunca os abraços e os beijos que possam dulcificar a tua vida!

Um abraço e um grende beijinho,

della-porther disse...

Encantador blue...a força de amar.

Um fim de semana doce.

Beijos
Della

António disse...

Querida I.!
É notório, ao ler os teus últimos poemas, que perdeste alguém a quem amavas.
E criaste belos poemas.
Que sortilégio é este que dos desamores e da tristeza faz obras de arte?

Beijinhos para ti

Ana Luar disse...

Nunca te vi... mas sinto que és deliciosamente bonita...
pelo que escreves e por tudo o que fala de ti neste blog.

A música da shania twain é fabulosa... a foto de uma beleza e calma arrebatadora... o poema... bem o poema, esse tinhamos que o discutir.

Eu gosto de memórias... mas memórias que não me façam sentir presa ao passado, a coisas que me magoam. Essas eu simplesmente apago... e acredita que é possivel... preencho o meu livro de memórias com outras memórias e reciclo o que me faz mal por coisas que me apaixonam.
Ai como qualquer semente broto para a vida e o sol volta a nascer.

Luna disse...

Pela perda os corações sangram, são as lembranças que nos fazem caminhar

MiguelGomes disse...

Nesta vida... Ninguém é de ninguém e ninguém se separa... Somos todos um grande grupo :)

Fica bem,
Miguel

Amaral disse...

Viver memórias?... Não queres criar a tua realidade com os momentos do presente?...

Micas disse...

O poema é muito bonito ainda que triste.
Está tudo bem contigo? se eu puder ajudar, sabes onde estou.

Beijo grande e um abraço apertado

Um Poema disse...

Esta é uma expressão admirável de amor. Saber ser digno na perda.
Parabéns!
Fui previdente quando resolvi adicionar-te para mais facilmente te visitar.
Um abraço

Isa Calixto disse...

Conchinha, a memória consome, quando é assim retratada. Como dizes no meu cantinho, que ele não quer mais, dá beijinhos ao teu VIVER...fá-lo Renascer...a Força existe em todos nós, é só fazê-la Acontecer...ainda que faça doer, Tu vais conseguir no teu espaço azul, com essa força linda que vive nas tuas palavras...esquecer o passado e viver o presente!!

Um beijinho, uma flor na mão
E muita, muita Paz no coração.

Miguel disse...

Assim está muito melhor ...
Fica bem!

Os votos de um BOM FDS!

Bjks da Matilde

pitanga disse...

Bem vinda à minha casa. Seus textos são sensíveis e "certeiros".
Pitangadoce agradece.

Bel disse...

Eu nem a memorias
tive direito
boa semana

Isaac disse...

Senti-me absorvido pela sua sensibilidade...

A alma dos poetas permanece intacta...

pintoribeiro disse...

Acredita que te percebo e sinto. Boa noite, bjinho.

kikas disse...

A sensibilidade das tuas palavras é notória.
Memórias é so o que levamos até ao fim.

Nilson Barcelli disse...

Gostei do teu poema.
Nomeadamente da imagem da seiva das plantas.
Mas...
Estive a ler os teus últimos poemas.
Eu avisei-te...
Beijinhos.

Secreta disse...

As memórias são um bem precioso , mas n as deixes ser a única razão do teu existir ...
Beijito , bom fim de semana.

su disse...

Adorei as fotos do teu blog...muito a terra, a árvore, a flor, o cheiro que quase emana das palavras...a água, a origem...e as palavras telúricas que enraizam os sentimentos...senti-me muito bem por aqui.
As memórias e a tristeza...como tudo, têm de ser vividas, compreendidas e ultrapassadas...à frente, como de facto é outro dia, há mais "coisas" ainda para viver.

Beijos aqui do canto da Teia...

Musician disse...

:)

Um beijinho doce*

Barão da Tróia II disse...

Um encanto. Bom fim de semana

Hindy disse...

Não deixes nunca de te sentir "gente"! :o)
Beijocas

Noktivaguz disse...

Gostei muito do teu jardim..
E não te esqueças que para voltar a ser"gente", não basta reviver os momentos idos, é preciso encontrar os que virão...

Desassossego disse...

Até que um dia vou despertar novamente e lembrar com saudade todas as memorias e estarei pronta para novas conquistas e memórias... gente sempre gente...

maresia_mar disse...

Em frente é que é o caminho.. mesmo sofrida, respira fundo e recomeça..
Hoje o meu blog é bébé.. Bjhs grandes e bom fds

Saramar disse...

Blue, fiquei muito contente de encontrar o seu blog, que é lindíssimo!

Seus poemas doem na alma, com esses belos versos de amor sozinho e essas fotos deslumbrantes.

Beijos

Joshua disse...

Sorver! Quer verbo poderoso! Vim ver o teu blog e sorvi vida e cor embebidas em poesia.

Obrigado por ti.

Joaquim Santos

www.joshuaquim7.blogspot.com

Carla disse...

As memorias são indeterminavalmente pendulos da alma...lindo!

sereia disse...

Bom fim de semana!

beijo

Lmatta disse...

Gostei muito da tua fotografia
o poema é lindo
beijocas

MH disse...

Escreves de ti, para ti, de nós, para nós ou...

Gosto das tuas palaras e da tua música :)

madalena pestana disse...

Olá Blue, mesmol onge e de férias vim visitar-te (com outro nome mas o mesmo carinho)

Beijinhos e... sorri.

FataMorgana disse...

Sabes que fico com a impressão que é coisa para esqueceres muito, muito depressa? :)
Não olhes para trás...
Beijos!

pintoribeiro disse...

Bom dia, bom fim de semana, bjinho.

Jo§e disse...

Um beijo (azul silvestre) de bom fim de semana

Silêncios disse...

Vim ver-te e ler-te...Continuo a sentir-te triste...Deixo-te um beijo doce, na esperança de que te faça bem...

Thiago Forrest Gump disse...

A foto é bem curiosa. :)



Abraços

Bill disse...

Sentir o sangue ainda quente... A boca dormente... Se sentir gente... Se te perdi me perdi, a cada segundo, uma queda, a cada segundo, sua falta...

Nha muito forte... Poeticamente doloroso e verdadeiro...

:**