domingo, fevereiro 13, 2005

AGORA SEI!

flores2


Eu não sabia...mas de Inverno também há flores!!!
E Sol... e estrelas e canções de amor...


EXALTAÇÃO

Viver!... Beber o vento e o sol!... Erguer
Ao Céu os corações a palpitar!
Deus fez os nossos braços pra prender,
E a boca fez-se sangue pra beijar!

A chama, sempre rubra, ao alto, a arder!...
Asas sempre perdidas a pairar,
Mais alto para as estrelas desprender!...
A glória!... A fama!... O orgulho de criar!...

Da vida tenho o mel e tenho os travos
No lago dos meus olhos de violetas,
Nos meus beijos extáticos, pagãos!...

Trago na boca o coração dos cravos!
Boémios, vagabundos, e poetas:
--- Como eu sou vossa Irmã, ó meus Irmãos!...

Florbela Espanca

42 comentários:

BlueShell disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
BlueShell disse...

Ops! Deixei Fugir um comentário: desculpa "Sotavento"...andei a mudar umas coisas...e lá se foi. Jinho meu, BlueShell

R/B Estação disse...

Gostei de te ler assim!
Boa semana.

Armando S. Sousa disse...

Gosto de Florbela Espanca.
Gostei deste teu elogio à vida.
Um abraço.

MWoman disse...

Gosto muito mais de te ver (sentir!) assim! Um beijo muito grande.

Fernando B. disse...

Saberás também, que tens um Amigo por aqui, para te pousar a mão no ombro e te dizer: Olá, tudo bem?Fraternos Beijos,

Marco António disse...

Devemos elogiar sempre a vida e aproveitar cada momento, sem desperdiçar nada. Por isso, Ser intenso, Ser apaixonado, Ser amado e recordado.

Anónimo disse...

A vida tem sempre coisas belas, seja em que estação do ano for, e é optimo pordermos aprecia-las de alma aberta como tu o fizeste :) Um beijo doce
MissLadyMystery -> Http://MundoDosSonhos.blogs.sapo.pt

MJM disse...

Blueshell,
encontrei outros comms teus noutros blogs com o mesmo teor da msg que me deixaste a mim e tremeu-me o coração. Não te queria saber assim tão triste. Sei o que sentes. Asseguro-te. Sei o que sentes. Como é insuportável cair na realidade. Mas repito o chavão gasto, porque é verdade "o tempo tudo repara". Referia-me à dor, não à perda. As perdas são todas irreparáveis e ninguém preenche nenhum vazio deixado por outra pessoa, particularmente se nos é especial. A dor faz crescer... ainda que preferíssemos continuar pequeninos, sem saber.
Não sei o que mais te diga, a não ser que te entendo, que nada posso fazer que atenue a tristeza que sentes, mas que disponhas de mim para o que quiseres e no que eu possa contribuir para ultrapassares este período horrível de carência.
Kisses & Hugs

Cavaleiro disse...

Querida Blue, agradeço visita no meu
canto e aproveito para estender solidariedade em função da dor que trazes no peito, fruto deste trágico
passamento. Amiga, eleve tua FÉ ao
CRIADOR de tudo e de todos. Grandes
Beijos!

Anónimo disse...

Patinhas: Vejo que conheces este belo poema da Poetiza do sado, é muito belo
tem uma optima semana
fica bem

JAP disse...

Aquele lugar, que já foi escuro e frio no Inverno, ficará cheio de luz e cor na Primavera. Beijos

Anónimo disse...

Nem sempre é facil deitar em lágrimas aquilo que sentimos, por vezes são os sonhos que nos purificam a alma, outras vezes meras recordações..Quando a dor apertar demasiado..Faz algo que te lembre dele, com a mesma alegria que ele faria...Vais ver que te sentiras melhor..Um beijo doce
MissLadyMystery -> Http://MundoDosSonhos.blogs.sapo.pt

Pêndulo disse...

E nos braços do Eco vem retribuido um beijo. Mas não arrefeceu com a viagem, está quente , para te aquecer a alma nas noites frias de solidão.
:)

Mónica disse...

È bom ver te mais animada ,kanto a Florbela adoro tudo o k seja dela . Beijokas***

Humor Negro disse...

Folgo em saber que entras na semana bem mais animada do que no comment que me deixaste esta manhã. :-)

Malae disse...

Amiga Blue Shell! Gostei muito de ver este post... senti que aos poucos as tuas forças voltam e a Vida segue o teu rumo! Fico extremamente feliz (acredita!) por saber que as minhas palavras de alguma maneira te podem ajudar e fazer a sentir melhor! e sempre que for preciso aqui estarei para te continuar a dar a força que precisas. mesmo já tendo perdido na vida pessoas que mt me diziam e que amava, imagino que perder o Pai (ou a Mãe) seja uma dor incomensurável! A verdade é que o lugar das pessoas especiais que perdemos será sempre insubstituivel. Mas temos que arranjar a força necessária para olhar para essas cadeiras que ficam vazias e sorrir, com as boas lembranças que nos deixaram. E eu sei que vais encontrar essa força! Beijinhos mt grandes. E que esta semana te corra bem e te permita sorrir! Da amiga, Malae***

O Turista disse...

É atipico, mas este sol ate sabe bem... so peço que no Verão não chova!! LOL
:)
Boa semana, bjs!

O turista - http://www.turistar.blogspot.com/

Miss Kafka disse...

O nosso maior feito é encontrar um raio de sol no Inverno. Basta olharmos para Florbela Espanca, conhecida como a nossa poeta mais depressiva e, no entanto, exultando neste poema tanta paixão.

Anónimo disse...

só o tempo, minha querida Shell, irá transformando o teu desgosto numa tranquila saudade envolta em ternura.
Um beijo
titas

Toze disse...

Um Grande Beijo Irmã !

Finurias

TMara disse...

Fiquei contente por ver k re- descobriste as flores, a luz, o calor! Parece-me um bom sinal e desejo k se mantenha e fortaleça na tua alma.O teu antepenúltimo post gerou-me um sobre a fé. Boa semana, cheia de força e luz:)

Elvira disse...

E já há no ar uma ânsia de primavera. desejo-te um feliz regresso a tudo o que existe de belo à nossa volta. Bjs.

Paulo disse...

No Inverno apesar do frio, há tanta coisa que nos aquece o coração. Boa semana minha amiga.

ruiluis disse...

lindo poema da flor que deixa um sabor a primavera no teu blog...belissima escolha !

Crispim Ferreira disse...

Não te sabia assim tão triste, de tão fechado no meu mundo que ando agora.
É capaz de ser das coisas que custam mais durante toda a nossa vida, mas lembra-te sempre dos bons momentos que passaram, da maneira como ele se ria, e como gostava de ti.
Eu sei que nestes momentos as palavras não servem para nada, mas podes contar sempre com quem te lê, mesmo que não comente muito, porque se interessa e preocupa contigo.

Nilson Barcelli disse...

Gosto de ti …
Não pelo que tu dizes, porque toda a gente diz, não pelo que tu fazes porque toda a gente faz.
Gosto de ti simplesmente pelo que és…
E porque hoje é dia dos namorados.
Beijo grande.

CPC disse...

Florbela Espanca é Florbela Espanca, mas gosto mais de ser surpreendida pela tuas próprias palavras ;) Beijinhos

augustoM disse...

Shell há sempre flores e Sol nas nossas vidas, tudo depende de nós.
Um beijo. Augusto

Paula Isabel disse...

Agora eu sei... o caminho para aqui chegar... agradeço as palavras ao meu poema, no Peter's. Lindo o seu blog BlueShell! Lindo mesmo!

O Micróbio disse...

A Florbela é assim, espanta!

Anónimo disse...

Não se trata de uma questão de fé, sabias? Trata-se de uma questão de amor.
Quando algo nos acontece, como o que te aconteceu, o mundo desaba. Chegamos a ter medo da morte ou da possibilidade dela. Eu também temo muito que algo aconteça ao meu pai, aos meus avós (que ainda tenho três) ao meu irmão, ao meu tio, que é quase um pai tb, que também têm problemas de excesso de peso e cardíacos…
Se algo acontecesse agora e algum deles se fosse, também ficaria assim, com receio de perder mais algum. Eu não cheguei a perder o meu pai, mas durante estes três últimos anos a possibilidade de isso acontecer nunca me abandonou, mais ao receio e à angustia provocada por essa possibilidade. Porém, já há algum tempo que tenho vindo a descansar e a preocupar-me menos. Mas no inicio era doentio. Os primeiros meses do primeiro ano foram mais complicados. Cheguei a comprar dois telemóveis para estar sempre contactável. Algum haveria de ter rede no caso de algo acontecer, nem que fosse no fim do mundo. Tentava não viajar, tentava ficar por ali, a pouco quilómetros.

Nós somos impotentes perante a possibilidade de algo acontecer. Podemos tentar prevenir com hábitos alimentares e medicação regular. E estando presentes, e bem, pois o bem-estar emocional é muito importante, principalmente no vosso caso. Estar bem e sorrir com satisfação faz muito bem. Só isso.
E nós temos de tentar lutar contra esse sentimento de angústia e sofrimento, tentar convencer-nos e convence-los a viver uma vida mais saudável, tentar passar melhor pelos dias.
Podes apagar o teu comentário na minha página. E podes apagar este meu comentário na tua página. Não tenho outra forma de chegar a ti, mas não tem de ficar aqui.
Se precisares, não deixes de me falar. Tens a página e tens o mail. Abusa.
BJ
Tu sabes de quem.

c(ri)arme disse...

Por que os outros se mascaram mas tu não
Por que os outros usam a virtude
Para comprar o que não tem perdão.
Por que os outros têm medo mas tu não.
Por que os outros são os túmulos caiados
Onde germina calada a podridão.
Por que os outros se calam mas tu não.
Por que os outros se compram e se vendem
E os seus gestos dão sempre dividendo.
Por que os outros são hábeis mas tu não.
Por que os outros vão à sombra dos abrigos
E tu vais de mãos dadas com os perigos.
Por que os outros calculam mas tu não.

Sophia de Mello Breyner Andersen

meialua disse...

Florbela Espanca, faz parte do meu rol de poetizas preferidas, consegue tantas vezes exprimir as dores e os sofrimentos, as emoçoes que nos vao na alma que sentimos e nao conseguimos soltar...

Espero que estejas bem...

Beijos com carinho*

Espectro #999 disse...

Blueshell, o Inverno tem tudo isso e o frio [...] bbbrrrrrrrr..... o que me safa é a lareira.
Um grande e enorme beijo.

erü disse...

Pois há... muitas, até. Há é que saber procurar. E tu sabes :)
Beijinho*

Águas de Março disse...

Que bom que é ver-te sorrir, Conchinha!
Vá lá um beijinho!

pipetobacco disse...

{ …

deixo um mimo:

#3
amor,
meu sabor dormente,
calmo, ingénuo e puro.
diz-se criado moço,
nobre e galante.
em seu domínio presente,
em teu corpo eirado
a seduzir eternamente.
© biquinha

… }

Blue C. disse...

Há flores no Inverno, sim. E tu és uma delas. Olha, criei um novo blog chamado SER HUMANO. É o resultado que tenho vivido ultimamente. É que ser humano é muito mais do que olhar para o nosso umbigo. Passa por lá: serhumano.blog.com. Beijinho enorme

Litostive disse...

Oh... um soneto! Que escolha linda, Blueshell... E logo da Florbela... Amei! (ai, eu e os sonetos... tu sabes... é pura paixão!)

Um beijo enorme... e um abraço...

Litostive
http://litostive.blogspot.com

Cavaleiro disse...

Passando rapidinho para deixar-te um
beijinho de boa noite e fique com Deus!

AS disse...

Deus fez os nossos braços para prender. A boca fez-se sangue p`ra beijar! VIVE!!!...

Um beijo