quarta-feira, fevereiro 02, 2005

O AGORA!

Um vazio…um cansaço…e depois
Este frio que não passa. Por isso pediu um abraço.
E teve tantos…mas o frio e o vazio…
Parecem tolher-lhe a vontade!
Na casa, outrora plena de vida…o silêncio
Entrecortado uma vez ou outra pelos soluços
Incontidos de alguém que chora.
É o agora…
E o cansaço…persiste!

vedaçao


Estou aqui no meu sofrer
E estou triste…

70 comentários:

Litostive disse...

Oh BlueShell... fico triste por te saber assim... ='(
Um beijo amiga...*

sotavento disse...

E temos que vivê-lo, o agora... não dá para saltar por cima... mas, olha, consta que não é em vão e que, um dia, vai transformarar-se em ontem e aconchegar-se num cantinho do teu coração e tu vais respirar fundo e conseguir sorrir! Prometo-te!... :)

c(ri)arme disse...

Venho aqui há muito tempo ler o que escreves, sem comentar. Depois passei a vir aqui para saber como estavas... e agora...queria só, neste momento aliviar essa tua dor. não tenho nada que o possa fazer....como o lamento...um abraço forte (sei o que é sofrimento. diz, por favor, eu aguento mais outro minuto e vais ver que todos os minutos farão horas, dias, semanas...).

c(ri)arme disse...

http://laeren.zoggins.net/music/mpthree/PeterGabrielandKateBush-DontGiveUp.mp3
um sentido abraço.

Angelica disse...

Amiga, eu posso chama-la assim? Ficaria muito feliz! Sinta-se abraçada e acalentada, se precisar lhe ofereço meu ombro amigo, pode abusar! Que Deus a proteja sempre!Beijos

JAP disse...

Vive a tua tristeza. Sente-a. Dela não fujas. Foi assim que fiz quando estive onde estás. Depois prosseguirás.
Um beijo grande e um abraço apertado, daqueles que levantam (...).

Cris disse...

Pega um beijinho...

SalsolaKali disse...

Este é o tempo de viver a ausência física, e é normal que o vazio, o cansaço e a dor persistam. Mas um dia após outro dia, a vida retornará a seu curso, e a memória ganhará corpo e começará a ocupar o espaço todo. Não deixes de viver intensamente a tua tristeza, nem deixes que os outros o deixem de fazer, por mais que custe, e um dia, de manhã, um dia bem próximo, todos estarão já caminhando de olhos enxutos e corpo revigorizado, com a presença bem forte e incorpórea da memória.
Um abraço bem quente e bem forte.
BJ
SK

Afonso Henriques disse...

Há algo que te acompanha em silêncio desde que nasceste.
Que sempre esteve contigo nos melhores e piores momentos.
Será ele que, mais uma vez e sem dares por isso, te ajudará a superar essa dor surda que sentes agora.
É o tempo. Feito de uma data de agoras, todos diferentes, uns a seguir aos outros.
Experimenta vê-lo como um aliado familiar e silencioso.
Às vezes ajuda.

Paulo disse...

Lá no fundo da tua tristeza, uma luz estará sempre presente.

Anónimo disse...

Amiga,
Era para passar por aqui, ler... e seguir.
Mas o teu sofrer e a tua tristeza fez-me parar.
O vazio só o tempo o poderá ir preenchendo... deixa ficar as recordações boas, não te deixes vencer pelo cansaço... a Vida é Evolução, Movimento e Renovação. Todos nós temos que prosseguir o nosso próprio caminho... e a tristeza, o desalento e o cansaço não ajuda quem Parte e muito menos quem tem que Ficar.
Amiga conchinha, gostaria de fazer ou dizer algo que te fizesse sentir melhor, mais forte... mas se um abraço ajudar, aqui vai ele em pensamento mergulhado no ciberespaço.
Muita Força, Amiga.
José Gomes

eduardo disse...

Quando calhar a minha vez, miúda, vou estar de olhos postos nos meus filhos e netos.
Vou fazer com que eles tenham os amigos por perto nas horas menos boas, para que possam continuar alegres e felizes, desobrigados da minha presença, porque fui recompensado enquanto vivi com eles.
Vou olhar de perto a continuação dos seus progressos. Certificar-me que aprenderam o que lhes ensinei. Sobre a vida e a ordem natural das coisas. Discretamente, sem os apoquentar na continuação da vida deles.
Porque sei que nunca apagarão da memória o Amor que eu lhes tinha.
Será esse pequenino apontamento que fará para que eu descanse em paz. Eternamente.

Deixo-te o meu carinho.

O Micróbio disse...

Estamos contigo e seria fácil dizer-te que te acompanhamos na tristeza, mas como sou optimista por natureza, prefiro dizer-te: ÂNIMO, rapriga!

Madalena Pestana disse...

É a hora do luto.

Por estranho que pareça é necessário. Não o preto das vestes. As lágrimas (ou não) de quem sabe que perdeu quem amava.

Depois vem um cansaço bom. Respira-se outra vez e a vida volta, devagarinho, ter connosco.

Abre-lhe os braços para que a vida se sinta desejada.

Eu tenho os meus abertos para ti.

Não te feches em casa. Olha o dia!

Beijos. :)

Madalena

concha disse...

A dor da saudade e o vazio, até ao momento em que vemos que afinal não estamos sós e que quem partiu nunca esteve tão perto e o encontramos nas mais pequenas coisas...
Mas falta o abraço eu sei.

c(ri)arme disse...

Quero dar-te outro abraço. Voltarei. Fiquei contente por te saber por aqui, também onde és amada. outro abraço força. Luzesana

TMara disse...

Olha, tenho tido problemas em abrir aguns blogs, enoutros em brir os coments- e, às vezes também me perco. Li, de onde tinha parado até aqui, e a tua dor é tão forte k nos impregna. Li também, com cuidado, os comentários acima deixados e neles está tudo dito. Nada + posso dizer, a não ser: também estou aqui.Um chi-coração apertado

erü disse...

Tristezas, leva-as o vento, assim como amores e ilusões passadas que não mais regressam... deixa-o levar também a tua... para longe, para muito longe... beijinho e força*

cm disse...

Só agora li sobre o triste acotecimento. Servem estas palavras para te dar os meus mais sentidos pêsames e servem também como um abraço que não posso dar. Lamento muito! Toda a força do mundo!

Anónimo disse...

Tenho andado um pouco afastado e não sabia da morte do teu pai, tenho muita pena, agora tens que ser forte eu sei que é duro, mas o teu pai estará sempre no teu coração.
Beijinhos.

Devilred

Flávio disse...

Olá Blue Shell querida, é outra vez o Flávio do blogue A Bomba.

Já li o simpático comentário que deixaste no meu blogue e desta vez quem se comoveu fui eu. Obrigado!

Quanto aos beijinhos, tenho aqui um reservatório inesgotável deles. Sempre que precisares (e todos nós precisamos), é só pedir.

Fica bem e muita força!

wind disse...

Umas frase batida:" com o tempo tudo passa!bjs

Selma disse...

Linda, esse cansaço é natural. Cuida da tua alma e da dos que te rodeiam...Beijinhos

AmigaTeatro disse...

Um beijo*
E, não esquecendo, um sorriso :)

mfc disse...

Vai demorar a passar... eu sei!
Mas vai sorrindo que ele gostaria.

rajodoas disse...

Depois de todas estas palavras tão reconfortantes dos anteriores comentadores que mais posso acrescentar que não seja apenas que partilho do mesmo sentimento. Um beijinho com votos para que superes esse estado de espírito. Raul

hamy-pros-friends disse...

Blue,
sofre-se pelo que se gosta e por quem se gosta. Talvez, neste momento, haja mais pessoas a passar pelo mesmo, pensando que essa dor é a única no mundo. Talvez eu esteja a passar pela mesma dor à procura de preencher o vazio que nunca mais se preenche.Custa!...

Carmem L Vilanova disse...

Blue querida!
Este vazio dói, este silêncio parece gritar dentro de nós tudo aquilo que nao desejávamos ouvir, nunca... Mas é o agora, como dizes... e por ser o agora, amanha já nao será assim, será dolorido, isso sim, sempre será, mas o vazio será preenchido com a doce lembrança de momentos felizes, lembrança de abraços apertados, de beijos roubados, de carinhos sinceros, de palavras de amor ditas de surpresa... Tudo isso irá preencher este vazio, que logo será o teu baú de lindas recordaçoes...
Paciência, linda amiga... Sê paciente contigo e com tua dor... e nao duvides, dá-te a ti mesma o direito de chorar quantas vezes sintas vontade, aliviará o teu coraçao, já verás...
Muitos beijos, minha querida!

MRF disse...

Já te deram este conselho, tenta sair um pouco para veres coisas bonitas, de preferência abraçada a pessoas de que gostes. Não cura mas faz bem. Depois, com o tempo, aprende-se a viver novamente. contraria a falta de vontade. um beijo grande

Aran disse...

Ainda é tudo muito recente, tens que dar tempo ao tempo... chorar é bom... lembra-te que ele está bem, e tu tb irás ficar! Mesmo triste tenta esboçar um sorriso... acho que ele haveria de gostar! beijinhos

Seila disse...

Blue chora e ri e chora e ri e toma tudo como natural tudo é a vida a fluir ...a tristeza, a dor, a saudade, o desejo de continuar...tudo é natural! vive amorosamente como tu sabes! Um grande abraço!

Armando S. Sousa disse...

A dor da saudade e da tristeza, só pode ser ultrapassada com ânimo. Anima-te! Um grande abraço.

Luna disse...

Um beijo Blue Shell...não consigo imaginar o que sentes...deve ser a pior das perdas! Mas estará contigo sempre.

CPC disse...

Que seja uma força para voltares a sorrir, cada palavra que aqui te deixo. Um beijinho :)

João Mãos de Tesoura disse...

Wake up ... life goes on. First thing first! Think light!

P.S. Não me ocorreu mais nada, mas de facto a vida continua; tem de continuar não é!

Vera Cymbron disse...

A vida minha cara continua...sei que vai ser dificil erguer as mãos e voltar a dar passos. Sei que vai haver recaidas e desanimo...mas tens que tentar, sempre! E depois, sabes que nos tens todos aqui para te ajudar, mais que não seja, estamos aqui para dar-te miminhos.
Jinhos

Emilio de Sousa disse...

Mais um abraço daqui que, felizmente, se perderá no mar dos que recebeste, Conchinha. Beijo grande. Não estás só!

Menina_marota disse...

Minha querida Blue Shell, recorda as horas felizes, recorda o seu sorriso e pensa que ele está sempre contigo, no teu pensamento e no teu coração. Isso será o maior conforto que podes receber de ti própria. De mim, recebe um abraço fraterno e um sorriso de meiguisse... :-)))

http://eternamentemenina.blogs.sapo.pt/

Elvira disse...

Mas olha que há sol lá fora...! Um abraço amigo.

óssóbó disse...

Então Blue,
acontece e entristece...mas, viver numa cama de sofrimento aumenta mais a dor do que a perda! Sei que é assim mesmo que a resignação seja difícil
bj e força!

Alma de Poeta disse...

Minha amiga
Também minha mãe, inesperadamente nos deixou dia 31.
Não há palavras para descrever tamanha dor.
Uno-me a ti neste abraço sentido.
Beijo

c(ri)arme disse...

Que o sol te traga algum conforto. outro abraço. o de hoje. luzesana

antonio disse...

Vá mulher, coragem. A vida é isto mesmo, um perder e ganhar constante e nós temos que "aceitar" o jogo.

Um grande abração do
Zecatelhado

Madalena Pestana disse...

Vou estar fora uma semana.

Mas não me esqueço.

Força, Menina.

:) Beijos.

Madalena

ricardo disse...

não acho que nada do que te posso dizer terá o condão de te rever num sorriso :( beijinho. e força (porque sei que até mesmo no teu jardim há flores feitas de gente)

Kabum disse...

Força BlueShell...

Aluena disse...

"Quando o silêncio se fizer mais pesado
ao redor de teus passos,
aguça os ouvidos e escuta.
A voz do amor ressoará de novo
na acústica de tua alma
e as grandes palavras que os séculos não apagaram
voltarão mais nítidas ao círculo de tua esperança,
para que tuas feridas se convertam em rosas
e para que o teu cansaço
se transubstancie em triunfo."

Francisco de Assis »»» BJS para ti querida amiga.

Anónimo disse...

Patinhas: nao fujas a dor pois ela ficará semple la a tua espera, o que fiz e deves fazer é enfrenta-la de frente para poderes proseguir em frente
um beijo
fica bem

JacPac disse...

Para ti BlueShell:

Sorri sempre
Sorri, ainda que o teu sorriso
Seja triste.
Sorri para a vida
Porque a vida
Sem sorrisos não existe.

Poema "Sorrir" de Maria Amélia Fonseca Fernandes

pipetobacco disse...

{ ...

nunca estás só
partilha de sentimentos
deixo:

vivo no choro
vivo no choro do tempo
recordando-me de passados
em carícias e ternuras
que me soldaram o amor por ti.
choro lágrimas passadas como punhais,
rasgando corações perdidos.
vivo no choro do tempo,
recordando-me de prazeres
agora levados no vazio.
penso em ti, vivendo sonhos
impossíveis que acabam
no agora.
© biquinha

beijos*

... }

Maria Papoila disse...

olá, Passei para saber para onde queres que mande o convite para o Gmail. bjs

Anónimo disse...

A capacidade de escrever o essencia do pensamento pertence-lhe. A vida tem destas coisas.
Valeria Mendez

Anónimo disse...

A capacidade de escrever o essencia do pensamento pertence-lhe. A vida tem destas coisas.
Valeria Mendez

R disse...

OLA amiga, deixo-te um grande, grande BEIJO e um GRANDE ABRAÇO....
TENS QUE TER MUITA FORÇA , MUITA....
BEIJINHOS

Mitsou disse...

Entendo e conheço esse teu sofrer. Por muitos anos que passem, ainda damos por nós a falar com eles, a pedir-lhes opinião. Por isso te deixo aqui o meu abraço de ontem e um afago nesse rosto entristecido. beijinho, Amiga.

Carmem L Vilanova disse...

Passei para deixar-te um beijinho de bom fim de semana! Descansa, querida!
**

corpo visível disse...

"Ninguém pode atingir a aurora sem atravessar o caminho da noite" Khalil Gibran
Um beijo.

whiteball disse...

Só passei para desejar um bom FDS, WB e MOCHO

Estrela do mar disse...

...oh amiguinha...como queria-te dizer mais...mas estou doente...e ...apenas te digo...para teres força...muita força...neste momento tão dificil...mas acho deveras importante fazeres o teu próprio "luto"...e vais vendo...que aos pouquinhos...vais melhorando...acredita...


Um beijinho* grande.

Grilinha disse...

O vazio ficará sempre no nosso sentir. A falta do abraço ... do beijo ... do calor. Como sinto a falta dos meus :( . A vida continua e nós fazemos agora parte de um Mundo mais oco mas que continua. Um abraço e um beijinho.

Anónimo disse...

oh blue.. :( não sabia... i'm so sorry. Sei que não há palavras para acalmar a dor.. Tb já fiz lutos difíceis... e duramente aprendi que o único que nos resta é levar os que amamos, dentro de nós, bem vivos... suspeito que seria isso que o teu pai desejaria para ti: que repitas a ternura e os sorrisos que ele fez nascer em ti. Que tudo que ele te deu de si, te tornem mais forte e mais feliz e tenhas uma vida plena. Não sei o que dizer.. não há palavras possíveis... mas fica este abraço virtual a embalar-te a dor.
ili

Anónimo disse...

Aqui tens a espressão da minha solidariedade... Que esse cansaço triste seja sublimado pela vontade férrea de continuar em frente...**

Anónimo disse...

Aqui tens a espressão da minha solidariedade... Que esse cansaço triste seja sublimado pela vontade férrea de continuar em frente...**

Anónimo disse...

foi meu o comentário anterior.. M.P.

Pink disse...

Depois de acontecimentos como o que viveste há um tempo de limbo, de luto, de cansaço , de desânimo. Vai lutando contra isso pouco a pouco, vai erguendo a cabeça e vendo que o sol continua a brilhar lá fora e te tira esse frio quando tu deixares ... Um abraço apertado e um beijo.

antonio disse...

Lembrei-me de "nós" ao ler esta passagem:

"... Lamento de Luís de Camões na morte de António, seu escravo:

Queria ter-te aqui, rente aos meus lábios
para dividir contigo esta amargura
nestes dias cumpridos um a um
partidos, um a um
Eu vi a terra limpa no teu rosto
só no teu rosto e nunca em mais nenhum..."

Fica bem e um bom fim de semana
Zecatelhado

Anónimo disse...

Amiga, agora ... como me disseste no meu blog, dando-me alento... temos de sorrir para nossos Pais verem :)). Sabes, eu passei por várias fases; a de chorar muito, dp já menos, e dp ate contar os dias; "ha ... dias que já nao choro.... " e comecei mesmo a deixar de chorar todos os dias, embora ainda haja muitos .... Depois, depois comecei a sentir q a saudade é cada vez maior, e a sentir em plena consciencia, devido ao tempo q começa a passar, que na realidade nao o vou ver mais ( e aqui foi duro de ultrapassar mentalmente), apartir daqui fica uma saudade parece cada vez maior...e que vai ficar para o resto da nossa vida.
Que estejam em Paz, olhando por nós, iluminando nossas vidas, e nos ajudando como fizeram em vida.
Vamos sorrir para eles :)) Beijinho grande Lina*/Acordomar

lique disse...

Entendo-te, Blue. Mas a vida vai continuar e essa recordação acabará por ser uma força que te acompanha. Beijinhos

Maria Clarinda disse...

Estou aqui, não me conheces, sou apenas alguém que entende o teu sofrer, e, se quiseres basta chamares por mim, terás aquilo que ainda resta em mim, Força, e se possível carinho para continuares em frente.
Um beijo amiga,
Clarinda

Yardbird disse...

To every thing,
There is a season,
And a time to every purpose under heaven
A time to be born, a time to die
A time to plant, a time to reap
A time to kill, a time to heal
A time to laugh, a time to weep

Sei que vais entender a mensagem, BS. Beijinho meu