sexta-feira, novembro 19, 2004

ACREDITEI!


sonho11

(foto de Paulo de Sousa)


Acreditei que podia ver
em teus olhos o quanto
me querias...
Pensei que vivias só para mim,
que nada mais desejavas que o
meu ser e o meu eu...

Sim, olhei em teus olhos e
vi amor...
Era amor fingido,
pintado em finas cores de sedução,
pronto a dar-se a todas as mulheres...
Mas...só para mim?...Não!

20 comentários:

Anónimo disse...

Uma história de desilusão e de perda. Muito bem escrita! Bom fim de semana :-)

Dora
www.atrasdaporta.blogs.sapo.pt

azurara disse...

Minha Senhora,
Hoje só vos digo:
Ai, ai, ai, ai...
Estais a tornar isto num "antro" (perdoai) de nostalgia depressiva.
O nosso conto polvilhado de erotismo? Quando?

Seila disse...

Blue agradece à Vida e Tudo Tudo e Vive intensamente! Um fim de semana lindo!

frog disse...

Uma desilusão magoa e entristece, mas sempre deixa em nós uma vontade renascida para outro amor... para a vida!

Um beijo e bom fim de semana

AF disse...

obrigado pelas palvras no blog. Parabéns pelo blog faz falta poesia!

FataMorgana disse...

Assim não vale... Enganar não! :(

Mas escreveste um poema muito lindo, mesmo muito!
*

O Turista disse...

Muito bonito...

Bjs!! O Turista - http://turistar.blogspot.com

wind disse...

Esquece e Carpe Diem:)

almaro disse...

Se viste amor no olhar, como podes afirmar que era fingido?
O amor, não se encena, porque é a essência do sentir...

erü disse...

Por vezes é mesmo assim, e tudo aquilo em que queremos acreditar não passa de uma ilusão... um dia deixará de ser. Um dia será real. Resta saber quando... *

ognid disse...

Pois é Blue... isso acontece. Enganamo-nos, somos enganados... um beijinho para ti.

MS disse...

You are welcome anyway BlueShell ...what ever you are I proud to know you & I hope to become friends...

thank for your visiting....

Abrigo disse...

Ola BlueShel!!
Esperamos k teu fim de semana esteja a ser bom!!
Nosso tá , mas com Mto frio à mistura!!
Deixamos te um Abraço Grande e um bom domingo!!

Manoel Carlos disse...

Muito bom gosto.
Excelentes fotografias.
Bons textos.
Retornarei.

Ana disse...

como me revejo. E tao duro descobrir que é assim, que fomos enganados e traidos, que nos iludimos acerca de um amor que nao era mais que uma mentira*

Aran disse...

Gostei do poema... beijinhos e inté

Anónimo disse...

Entrei aqui... dei uma vista de olhos: que aconteceu? Senti arrepios belos, de tão maravilhoso blogar. Beijinhos

Anónimo disse...

Esqueci de dizer de quem era o comentário anterior: a mulher terceirense que se arrepiou no bom sentido é Azoriana / Açoriana.

Lúcia disse...

Adoro seu blog
beijinhos mil!!!

Carlos disse...

Vim ao Blog pela primeira vez e sinceramente gostei do poema.
As desilusões acontecem a cada esquina.
Cada um/uma dá-lhe a forma da meneira que a Vê.....Voltarei concerteza..
Um beijinho
Carlos