quarta-feira, novembro 10, 2004

Tens a TUA resposta?


estra

(foto de Artur Ferrão)

Quem sou? De onde venho? Para onde vou?

17 comentários:

wind disse...

Só sei que não vou para onde não quero ir...:)

ognid disse...

Faço minhas as palavras da comentadora aqui em cima :) só sei mesmo isso. Bjs

João Miguel Pereira disse...

Eu cá vou-me deitar :) bjs

mfc disse...

Sou um pouco tonto, teimoso, vou-me para os outros que me queiram aceitar!
... e venho da linda casa que me criou.

frog disse...

... Quem és ? - deusa
... Donde vens ? - da Arcádia
... Para onde vais ? - Para onde acaba o arco-iris

Fica com um beijo

Magda disse...

és - a escrita
vens - do meu imaginário
vais - para os meus favoritos

um bj

Paulo disse...

Sou Alguém
Que importa de onde venho? Importa sim para onde vou.
Para onde vou? Importa sim onde estou.

O Micróbio disse...

Presente, passado, futuro...

Maria Branco disse...

A vida é uma constante procura e conhecimento de nós e do mundo.. Tal como a Wind, e o Ognid, sei apenas para onde não quero ir.. Beijos Blue

Luis Duverge disse...

A vida é o que nós fizermos por ela ...
às vezes
O caminho é por nós traçado
às vezes
Tanta certeza vejo nos comentários às perguntas que deixas, que não me resta ...dar a resposta ...mais certa
a todos vocês, não ...não é vaidade, a resposta é mesmo às vezes tens de seguir o caminho que não queres, acredita, senão vê: a-alma-aqui-e-alem.blogspot.com
Um beijo que caminha

c.b. disse...

Permanente incógnita, sempre.
Sou de onde vou para onde venho

Beijis

Ricardo disse...

Só sei que nada sei ... e também sei que nunca vou saberei ... e sei ainda que sou feliz assim! Claro que de vez em quando isto a que todos chamam de cérebro resolve fazer cada pergunta que eu vejo-me atrapalhado para responder... mas invento sempre uma desculpa e ele lá continua com a sua vidinha...

Fernando Ramires disse...

Esta é a pergunta de um milhão de doláres. Talvez alguém saiba a resposta, mas ninguém conhece esse alguém.
>>>http://www.forgotten-child.blogger.com.br

erü disse...

Nunca saberemos exactamente quem somos, nem de onde viemos, sequer para onde vamos. Esses são os três mistérios da vida, a sua mais profunda essência, aquilo que nos move, as respostas que queremos adquirir mas que jamais alcançamos. A sua procura é aquilo que vulgarmente designo por "existência" - vivemos para chegar o mais perto possível das respostas. Por isso... vive. Deixa-te levar, e não procures uma resposta... constrói, sim, a tua própria resposta. Beijos* (ah, é verdade, adorei a imagem que colocaste neste artigo... muito sugestiva!)

Aran disse...

Gostei muito destes três últimos posts e a imagens são magnificas!!! Beijinhos

almaro disse...

Sou o que me olho e sinto…
Venho dali, de trás do caminho que me deixaram…
Vou pelo meu caminho, pintado com as minhas cores. Fiz umas curvas e uma pontes, retoquei aqui e ali ficou bonito o meu caminho, outros , amanhã pegarão nele, neste meu, que ficará para trás…

chemistry disse...

Não tenho respostas para as tuas perguntas.
A foto é lindíssima.
Beijos
:-) :-)we are two