domingo, novembro 07, 2004

A realidade...


terás

(foto de Fernando Ladeira)

...é inimiga do muito imaginar!
Não sonhes, pois!
Limita-te ao racional e frio abraço da realidade!

35 comentários:

Ricardo disse...

Sonho com árvores com folhas azuis e um mar verde. Porque é que a realidade não aceita os meus desvarios?

mfc disse...

A fotografia lindíssima joga com o frio do texto.

RUTRA SEPOL disse...

A realidade e o frio ... duas coisas que me fazem "tremer"... GOSTO DE SONHAR.
BOA SEMANA BLUE

ARTUR

O Micróbio disse...

Mas se ainda agora os japoneses inventaram uma máquina para podermos escolher a temática do nosso sonho... e vens tu pedir para não sonharmos... :-)

almaro disse...

Mas que palavras mais desencontradas, a realidade é um reflexo do sonho. Se o não for, é um caminho percorrido a fugir e que terminará em queda. É impossível transformar um sonho numa realidade, mas sem um molde o caminho torna-se selvaticamente desordenado e alimenta-se da nossa alma.
Onde anda o teu acreditar?

Didas disse...

Linda imagem...

Luis Duverge disse...

Como a gota que cai no lago
de águas paradas e desperta a madrugada
eu agradeço-te por teres ido ao meu canto
acordares-me ...já não durmo...como dizias.
Quero ler-te e acordar a realidade que o sonho antecipa,
fria, racional, densa mas que o meu calor interior anseia. Quero a realidade ... todos os dias, sem ela não consigo sonhar, sem ela não consigo amar, sem ela não me consigo libertar, sem ela ...não te consigo continuar.

musalia disse...

A realidade pode ser fria como tu dizes...mas a capacidade de sonhar compensa, e certo modo, essa crueza. E podes moldá-la e modificá-la através do sonho.
Beijinho.

Vera Cymbron disse...

A realidade dói tanto...
Será que não vale a pena sonhar um pouco?
Gostei muito do que se escreve por aqui...
Aparece lá em casa.
Voltarei!

wind disse...

A realidade é esencial:) Só com ela podem vir os sonhos;)

Kabum disse...

Bela foto! ;)

MONALISA disse...

Li no Emilio e no Finurias que estás triste e vim deixar-te um beijo. Fiquei a conhecer o teu blog também. Vai ficar tudo bem, vais ver.

LetrasAoAcaso disse...

A realidade é apenas uma ilusão.
"Existem dois mundos: o do sonho e a chamada realidade. Só o dos sonhos é verdadeiro".

Desejo que tudo esteja melhor.
Tentarei amanhã conseguir falar com alguém. Hoje foi-me impossível.
Beijos, amiga e vizinha BS

Miss Kafka disse...

Quem diz que a realidade n é ela própria um sonho?

frog disse...

...é assim a vida / sempre assim há-de ser / Uns têm a sina de a sonhar / outros de a sonhar a viver.

Não tenho conseguido comentar no SAPO!...

Fica com um beijo

Rita disse...

Olaaa Concha Azul!!!
Ando desaparecida, é verdade..mas de acordo com a imagem k tens, há dias mais nublados k outros não é assim??
Deixo Um Grande Abraço per Te

alexandrantunes disse...

Minha querida, fizeste-me pensar nisto: eu não vivo nem num sonho, nem numa realidade. Vivo entre os dois, indecisa com a certeza de uma vida surreal.

chemistry disse...

Never! Hei-de sonhar sempre.
Beijo :)

Nilson Barcelli disse...

Presumo que o teu post é uma provocação.
Bem sucedida, aliás, olhando para o coro dos protestos e discordâncias.
Estes conceitos, como o sonho e a realidade, são muito relativos e, o seu real significado varia de pessoa para pessoa.
Mas há quem diga: Cai na real, acorda...!
Talvez fosse por este lado que abordaste a questão, o que também é defensável.
Eu talvez optasse por uma analogia, tal como disse o poeta Aleixo quando abordou a verdade e a mentira, e diria:
O SONHO SÓ É MATERIAL(izável)
COM UM FUNDO DE REAL(idade)
Ajudei ou compliquei?

whiteball disse...

Pois ...o caso é simples: o sonhar transforma a realidade - logo...para tornarmos a realidade suportável é imperativo que sonhemos!WB

MWoman disse...

Não gosto desse abraço! Prefiro continuar a sonhar...e lá vou continuando a devanear...beijo

Anónimo disse...

Mas sonhar é viver...

http://publicus.blog-city.com/

Abrigo disse...

Ola Amiga!!
Vimos deixar te um Abração Bem Grande tá?
Continuação de Boa Semanita!!

erü disse...

Tão cinzentos que andamos hoje... a realidade é assim: cinzenta, enfadonha... sem imaginação ou sonho, como a tornamos mais colorida??? beijos*

Magda disse...

quero estar no campo para que essa tempestade se abata sobre mim :) Adoro um "belo" dia conzento e de chuva
bjs

Paulo disse...

Nada como um bom sonho...seja inimigo ou amigo mas, sonhar é tão bom quando se sonha algum de belo.

R disse...

Eu adoro sonhar para poder enfrentar a dura realidade:)
beijinhos e boa semana.

AmigaTeatro disse...

Sonhar faz bem, viver apenas num mundo ilusório já não. A realidade pode ser dura, mas pode, também, representar o sonho... :)

Um beijinho, blue*

BlueShell disse...

agradaeço a colaboração de todos vós...
acco que irei continuar a sonhar um pouco.
Muitos beijos e abraços ( os abraços são para os homens, claro)...heheheh

_ Alguns de vós não sei quem sois pois não tenho acesso ao vosso "site" do blog...

polittikus disse...

Gsotei do texto, não gostei do pensamento, pois o sonho comanda a vida...

Anónimo disse...

Olha lá ... ó BlueShell, explica lá essa " do ser quase 3 da manhã e teres de levantar às 7, e portanto, dizeres que tens de ir deitar-te " [...] não senhora, não devias ser assim, pois eu [...] é neste adiantado de hora que gosto de deambular pelos vossos territórios, claro que há que haver uma abertura temporal [...] sinto-me um rei a andar pelos domínios da net, e principalmente, daqueles que me cativam. E digo mais, não me deito hoje. Pois são 5 da manhã e tenho de acordar às 06:30H, ora claro que isto é um absurdo, e mais absurdo ainda é o facto de ao fim de tanta escrita não comentar o teu post [...] logo concluio que deve ser efeito do adiantado da hora. Inté.

Anónimo disse...

Espectro #999 diz outra vez ...

Só retornei para dizer que fui eu que comentei aí em cima [...] são agora 05:02, já falta pouco. Inté.

Robert disse...

Belo texto, seu blog é muito interessante.
Feliz Ano Novo!
Vá visitar-me também.

http://sonhosdeverao.blogspot.com

e-mail: paulafrias2004@yahoo.com.br

Alma de Poeta disse...

Amiga
Venho dar-te um beijo, só um beijo de muita solidariedade nessa hora dificil.
Acho que minha mãe que seguia poucos dias apoós o teu pai, se encontrarão por lá, enquanto que nós aqui vamos tentendo ultrapassar e relembrar sempre com muito amor.
Beijo com muito carinho

Carlos Dias disse...

Um eu sem palavras, destino, sentido, eu sou. Em busca...
Tem a ver. "disse"