quarta-feira, agosto 18, 2004

RENTE...

...ao grande tanque ergue-se o roseiral. Rosas vermelhas, beijos no reflexo das águas do velho tanque. As rosas se escondem....vergonha de verem beijos molhados , reflexo do céu na água cristalina do grande tanque...

rosavermelha

5 comentários:

Alexandre Narciso disse...

As rosas guardam muitos segredos na sua sedução :) Gostei do texto.
Beijinhos
*A

Mordente disse...

Quanta paixão...

musalia disse...

O texto é lindissimo, como sempre! A rosa, flor exuberante. Mas a minha preferida é a violeta...

Anónimo disse...

Tenho uma opinião muito própria acerca deste pequeno texto. Cada pessoa que o lê tem a tentação de cair no amor, mas penso que não tem muito a ver com o amor. Eu quando olhei para ele, vieram-me à lembrança momentos de injustiças mundiais, como guerras, o holocausto, a fome, etc, etc. Posso estar errado, mas foi a impressão que me deu.
Beijinhos muito grandes.
Sílvio Pleno
http://condemnedlove.blogs.sapo.pt

Nuno disse...

Pessoalmente, agrada-me mais a imagem descrita... deve ter a haver com os beijos :) ...
Beijinhos...

Nota: adicionei-te à tribo...

Boemius.