sábado, setembro 11, 2004

Tudo tão diferente do que fora...


caetano


Agora, passados tantos anos, voltava à casa de sua infância. Lembrava-se da entrada ...mas parecia-lhe que seria maior, mais alta e mais larga...
Tantas vezes ali brincara, num entra e sai constante, com os irmão e os amigos "pé descalço" da aldeia! Fora há tanto tempo...tempo demais! Entretanto alguns haviam morrido, já. E ele, consumido pelos anos e pelas preocupações de uma profissão de sucesso voltava, agora, para encontrar apenas ruínas...qual metáfora de uma vida: a sua!

7 comentários:

Anónimo disse...

A infância: acho que passo lá grande parte do meu tempo... a sonhar e a tentar perceber porque não a vivi como deveria ter sido...
Obrigado pela visita no Frágil. Obrigado pelas palavras que me deixaste. Posso linkar-te? Um beijo :*
Alexandra - http://fra-gil.blogspot.com

Seila disse...

Bolas...esta "caiu-me na fraqueza"...lindo!!!
Beijoca

Seila disse...

eu de novo para divulgaçãGRANDE JANTAR INSCREVE-TE VAI INSCREVE-TE!! vai ver ao http://www.jachove.weblog.com.pt/" do Zecatelhado Jantar/Convívio - Novas!!!ou ao meu
Rápido até 3ª!!!
:) abraço

o de última hora e obrigação dos meus linkados de IR ao

DanielTG disse...

Ora aqui está a visita da retoma à blogosfera :) Agora vamos-nos vendo mais frequentemente...
***

Anónimo disse...

Lindo, lindo, mas um bocadinho de sexo e cerveja até que não ficava aqui mal. hehehe
Simão,global

lobices disse...

...passei por aqui e deixo uma lobice...

Anónimo disse...

Obrigado por teres visitado o meu blog. O teu tá muito porreiro. Um abraço. Distante.