sexta-feira, março 11, 2005

É HORA!!!

semsol

(foto de BlueShell)


Quando os dias se sucedem
E as dores persistem...
Quando as mãos já nada pedem
E os céus já não existem...
É hora de colher o fruto exausto dessa vida que de ser já se cansou

37 comentários:

BlueShell disse...

ATé que enfim...eu própria...ENTREI NO MEU BLOGH...ALELUIAAAAAA....

BShell

BlueShell disse...

Tenho estado a tentar agradecer às pessoas que me visitaram e deixaram comentérios no dia do meu aniversário mas estou com alguma dificuldade...Ma slá irei; se não for hoje,...amanhã!
BEIJOS A TODOS bLUESHELL

AmigaTeatro disse...

Venho mtoo atrasada mas...

PARABÉNSSSSSSSSSSSSS,
Um beijinho blueS. =))**

(sorry, pelo atraso :$ )

Recorrente disse...

Tristinho este pensamento, não?

Mordente disse...

Minha querida...a estrela do amor te acompanhará..sempre. Não desesperes. Crê! Estarei aqui para ti.

Anónimo disse...

finalmente consigo comentar te..
eu nao aparecerei tao cedo amiga
um beijo do tamanho do mundo Rose***

Menina_marota disse...

Isto anda mal para os lados do Blogger... és o primeiro blog que eu consigo comentar, sem ser do Sapo... ou então com comentários Holoscan... isto está mesmo au...

Abraço e bom fim de semana ;-)

Amaral disse...

Na nossa imaginação, os céus vão sempre existir, como uma coisa boa e apetitosa. Quando colheres o fruto, depois de te cansares desta vida, serás rainha num qualquer reino dos céus imaginário. Nessa altura, verás o Tudo com outros olhos!

Laura Antunes disse...

Pois isto tem andado mesmo complicado. Acho-te triste, mas pode ser um qq recomeço, seja como for sorte...Abraço Laura (agradeço as tuas visitas****)

sotavento disse...

Quando vamos ao fundo, é hora de começar a subir!... :)

francis disse...

Shell, não fiques Blue. Tu escreves lindamente, esse é motivo suficiente para regozijo teu e nosso. Continua assim!
BJS!

Daniel Aladiah disse...

Querida Blue Shell
Lembras-te: "É a hora, de respirar um pouco de ar puro..."´
Canção do Francisco José.
Um beijo
Daniel

isa xana disse...

a vida nao se pode cansar... as dores persistem, mas somos mais fortes que elas, os céus existem se acreditarmos:)

um beijito

wind disse...

calma.) Amanhã é outro dia:-) beijos

augustoM disse...

Sell, mas o que é isso? Tristezas não pagam dívidas. Toca a levantar o moral.
Um beijo. Augusto

Armando S. Sousa disse...

Estive ausente uma semana, e nos últimos dois dias tem sido impossivel colocar comentários.
São muito atrasados mas são sinceros os desejos de muitos parabéns pelo teu aniversário e que seja comemorado por muitos anos.
Um abraço e bom fim de semana.

SaltaPocinhas disse...

Finalmente consegui entrar aqui!!!
Espero que nesta altura tenhas recuperado o teu humor (se calhar fugiu com o meu, que desapareceu no outro dia...). Quanto à tua foto, não podaste as roseiras porquê, hã??

Anónimo disse...

Eu penso que num cenário como este as mãos pedem e pedem muito. Como pede, aliás, todo o corpo e, sobretudo, como pede aquilo que de mais profundo existe em nós. E tudo isso é válido. Muito válido. Muito válido para continuar a pensar que a Existência vale a pena. Que esta, com um sentido (desdobrado), é imprescindível e que só assim nós podemos Ser. Dentro daquela que for a maior amplitude possível.

Beijinhos,

Sandra
(http://www.void.weblog.com.pt)

Litostive disse...

(Ai BlueShell!!! Comentar o teu blog tem sido uma odisseia! Consigo entrar em todos, menos no teu. Já ando a dar em doida!... Parece que é desta!)

Vim deixar-te um beijinho e pôr a leitura em dia... =)

Vejo que deixei passar o teu aniversário... desculpa... =(

Um beijinho enorme,
Miriam

Litostive
http://litostive.blogspot.com

Litostive disse...

(olha pois foi...! =p) ***

R disse...

OLA, não quero que te deixes dominar assim pela tristesa , as saudades vão andar sempre contigo. sei do que falo pois já passei pelo mesmo,mas tens que enfrentar a vida para aliviares um pouco.
bom domingo :)
deixo-te um beijinho enorme....

LIZ

Carla disse...

A hora do recolhimento também é de paz. O melhor do mundo é amarmos quem fez parte da nossa vida, porque fará sempre. É isso o amor. Nunca morre. Um beijo enorme, cheio de carinho.

Vera Cymbron disse...

BShell, sempre estive por aqui...tu a que não me viste!
Achei gira a foto, estranha a planta...e as palavras, são belas como sempre.
Jinhos grandes.

Charlotte disse...

Vim aqui parar através do blog "Aromas do Mar"; excelente poema!!
Até uma próxima visita; se n demorar tanto tempo p/ abrir a página:(
Xau Xau.

sweet_helly disse...

Adorei, assim como sempre que aqui venho. Se bem que, indirectamente, discretamente... este poema é muito triste. A vida colhe-se por vezes cedo de mais. Ás vezes são-nos retiradas pessoas antes da época ideal... Mas o mundo és mesmo assim. Tem os seus desígnios.
By the way... e desculpando-me pelo atraso, um óptimo Feliz Aniversário!

Estrela do mar disse...

...ufa...não tenho conseguido comentar...bbrr...como te compreendo conchinha...encontrei-me em todas estas tuas palavras amiga...

Um beijinho* grande.
Tem uma boa semana.

Estrela do mar disse...

...já venho atrasada...mas mais vale tarde do que nunca...MUITOSSSSSSS PARABÉNSSSSSS...e já agora...já não vou a tempo da fatiazinha de bolo...pois não?...já foi no dia 8...mas olha o que interessa...é que este anos seja um ano muito bom para ti...tá?

Um beijão.

erü disse...

Ou talvez seja a hora de deixar o fruto cair para o solo e deixar as suas sementes germinarem em algo de novo... beijinhos***

pipetobacco disse...

{ … hoje deixo só um mimo: “caminho [eu] em teus momentos [descritos; de alma]; [mas] em teu corpo [desejo] e de momentos [agrado] caminho [nele] imerso [dependo]” © o5elemento … }

pipetobacco disse...

{ … hoje deixo só um mimo: “caminho [eu] em teus momentos [descritos; de alma]; [mas] em teu corpo [desejo] e de momentos [agrado] caminho [nele] imerso [dependo]” © o5elemento … }

pipetobacco disse...

{ … hoje deixo só um mimo: “caminho [eu] em teus momentos [descritos; de alma]; [mas] em teu corpo [desejo] e de momentos [agrado] caminho [nele] imerso [dependo]” © o5elemento … }

Yardbird disse...

Muito bonito o conjunto poesia/foto :-) Beijoca

Yardbird disse...

Muito bonito o conjunto poesia/foto :-) Beijoca

Yardbird disse...

Muito bonito o conjunto poesia/foto :-) Beijoca

AS disse...

Hoje passei só para te deixar um beijinho...

lique disse...

É altura de tentar ver novamente o céu e o sol que nele brilha. Beijinhos e boa semana

H. disse...

... poético e sentido.
mas por vezes subsiste apenas... a exaustão.

»É preciso morrer e nascer de novo / Semear no pó e voltar a colher / Há que ser trigo, depois ser restolho / Há que penas p'ra aprender a viver / Qu'a vida não é existir sem mais nd/ A vida não é dia sim dia ñ / É feita em cada entrega alucinada / P'ra receber daquilo que aumenta o coração...«
Mafalda Veiga - Restolho