sábado, março 19, 2005

VOZ QUE SE CALA

lagrima

(foto de Víctor Câmara)

[Este poema de Florbela Espanca, sim, é o poema que eu gostaria de ter escrito e no qual de baseia o meu "post" anterior...]

Amo as pedras, os astros e o luar
Que beija as ervas do atalho escuro,
Amo as águas de anil e o doce olhar
Dos animais, divinamente puro.

Amo a hera que entende a voz do muro
E dos sapos, o brando tilintar
De cristais que se afagam devagar,
E da minha charneca o rosto duro.

Amo todos os sonhos que se calam
De corações que sentem e não falam,
Tudo o que é Infinito e pequenino!

Asa que nos protege a todos nós!
Soluço imenso, eterno, que é a voz
Do nosso grande e mísero Destino!...

Florbela Espanca

A rosa? Bom, a rosa...foi uma lágrima, teimosa, que caíu...

43 comentários:

corpo visível disse...

Acho que gostei mais do teu poema. Não acredito que o destino tenha de ser mísero.
:)

olhardemim disse...

Amo a Flobela Espanca, tenho um livro oferecido pela minha mãe, onde tenho os meus poemas favoritos assinalados com pratas que embrulhavam bombons e rebuçados,este é um desses.
Obrigado pela visita e bejos

Daniel Aladiah disse...

Querida Blue Shell
What I gonna do to make you smile...
Um beijo
Daniel

Lina disse...

Ameiiiiiiiii. Nunca o tinha lido,adorei. É tao verdadeiro em todas as suas palavras. Obrigada BS. Um grande beijo e um Bom Domingo :*

O Turista disse...

passei para dau um * de bom fds!
;)

O Turista - http://turistar.blogspot.com/

Laura Antunes disse...

Acredito que sim Blue, mas também acredito que o teu é lindo senão ainda mais !!! Abraço Laura...

TMara disse...

Duas mulheres,2 poemas vivos k se expressa nas palavras. Duas mulheres, dois tempos distintos. A poesia vibrando smp. Bom domingo,mtª chuva e outras coisas +. Bjs e ;)

Carla disse...

Uma rosa também para ti... Beijo enorme :)

litle lucy disse...

Solto uma pequena perola {uma lágrima e deixo-a cair na palma da tua mão..
que nunca deixe de brilhar

Um beijo doce e um abraço apertado

Rose**

Reporter disse...

Deixo-me arrastar pela beleza poética de Florbela. Resta-me desfolhar essa rosa, pétala a pétala, e deixá-las caír, uma a uma, no teu colo.
Um beijinho.

Amaral disse...

Não podemos ser todos Florbelas, mas tu tens um gostinho adocicado nas palavras. Também por isso nos fazes aqui vir!...

Malae disse...

Amiga Blue Shell... não me parece que os teus poemas fiquem em nada a dever aos da Florbela Espanca. Com a mesma força. o mesmo amor... a mesma beleza. Têm um optimo dominfo,amiga. E uma semana daquelas cheias de boas coisas, tal como mereces. Beijinhos. Malae*************

Anónimo disse...

Lindo Blue. ;)
Poeta Amigo

mfc disse...

A Florbela diz bem aquilo que sinto hoje.
Um beijo.

Miss Kafka disse...

Os poemas da nossa Florbela são sempre capazes de despertar turbilhões, mesmo que um turbilhão assuma a forma de uma simples(?) lágrima.

sotavento disse...

Deixo-te uma outra rosa, esta é uma "rosa sorriso"!... :)

José Dias disse...

Tomei a liberdade de passar por aki e dizer q gosto mto do q escreves* em relação à poetisa devo dizer q tenho fascínio pelas suas obras. Tenho guardadas as primeiras q ela escreveu, inclusivé as cartas dedicadas ao seu amor...

Beijinho*

wind disse...

Não chores:) O poema é lindo, o que não seria outra coisa de esperar de Florbela Espanca.) Beijos

Anjo Do Sol disse...

Olá Blue.
Tenho tentado algumas vezes comentar-te mas com imensa dificuldade.
Eu li há uns dias atrás sobre a tua perda recente.
Sabes que tens a minha compreensão e o meu abraço.
Quanto à lágrima, deixa-a rolar, porque limpa-nos a alma. Faz bem deixá-las cair. É sinal que sentimos.
Beijo grande e resto de bom Domingo.

augustoM disse...

Shell, porquê queres escrever como a Florbela Espanca, quanto tu escreves também? Cada uma no seu estilo.
Um abeijo. Augusto

Mitsou disse...

Querida BlueShell, sei o que sentes porque, volvidos quase 40 anos, a dor é a mesma. Um beijinho muito carinhoso.

Pai Blogs disse...

Querida BlueShell.. obrigado pela mensagem no blog " e se o seu filho ... "
blog apoio ao meu

Tentei responder-te, mas o mail q deixas-te, não funciona

mas obrigado
Pai

charlotte disse...

É muito bonito e desconhecia este poema. Beijinhos e tudo de mt bom para ti:)

Vênus disse...

...Emocionante, lindo...Descobri ao acaso seu blogg, parabéns...Mas "please" qual o nome da música que toca ao fundo? Casou perfeitamene com suas palavras...
BJS
NANE

Gabriel disse...

Florbela Espanca é sensacional!
Seu poema inspirado neste ficou muito bom também.
Sim, o tempo perdido é uma dor...mas temos que saber lidar com ela.
Bjs

Blue C. disse...

Ao Apelo POR UMA VIDA feito no Ser Humano e ao fantástico esforço da familia da Beatriz e de toda a comunidade onde vivem responderam 1000 pessoas!!

A nossa ajuda pode ir além de sermos doadores. Vamos apoiar a familia da Beatriz com uma mensagem de Amor.

Mais pormenores no SER HUMANO (serhumano.blog.com)

pipetobacco disse...

{ … [copy and paste] por vezes [cheios] de vazio nos sentimos [plenos; repletos] outras não [esvaziados; despejados] nos sentimos © de[mente] … }

Å®t_Øf_£övë disse...

Adorei este poema que não conhecia.Obrigado por o partilhares connosco e nos dares a conhecer.
Boa semana.
Bjs.

O Pi@d@s disse...

És uma conchinha... cheia de pérolas!
;-)

AS disse...

B.Shell, tenho tido dificuldade em comentar no teu blog!

Obrigado pelo teu carinho.

Fica com um abraço... forte!

Squeezy disse...

Gosto imenso desta poetisa...
PS: adorei o(s) teu(s) post(s) no meu blog.. deu pra me rir.. lol.. Mas pra k n te sintas mal qdo a frase foi dita eu tb n percebi á 1ª, mas atingi por uma associação de ideias.. lol ;)

Patinhas disse...

a poetiza FBE tem poemas tao belos que é pena nao serem muito conhecidos
tem uma boa semana
fica bem

isa xana disse...

não conhecia esse poema e adorei ficar a conhcer. tão belo.

**

meialua disse...

Olha que coincidencia :P

Também tenho este poema no meu blog, alias foi o ultimo que comentaste ;o)

Beijokas e uma boa semana*

Mordente disse...

Minha amiga querida...essa lágrima traiçoeira ...quem ta bebeu? Não chamaste...não fui eu! Mas estou aqui para ti, se precisares...não chores, pequena concha azul...o oceano é grande e o céu é-o também...

O Micróbio disse...

"Do nosso grande e mísero Destino!..."... Palavras típicas de Florbela, deprimente e sempre fatalista!

Madalena Pestana disse...

Um Beijo Grande, BluShell.

Boa semana.

Obrigada.

:)

Anónimo disse...

Sabes...A beleza das palavras esta nos sentimentos que transmitem e assim sendo quer florbela espanca quer tu, sabem perfeitamente criar lindos poemas...Um beijo doce
MissLadyMystery->
Http://MundoDosSonhos.blogs.sapo.pt

Aluena disse...

Oi amiga! Passei para deixar mil beijinhos.

Alma de Poeta disse...

Florbela....óptima escolha....parabéns....fica um beijo

Vênus disse...

"Sabia que vinha chuva,
e frio também.
Olhei ao meu redor
procurando refúgio...
Encontrei-o debaixo dos braços dele,
Estava quente, senti-me bem e,
adormeci!..."

Já baixei a música que lhe pedi...Obrigada tbm pela visita ao meu simples blogg...
(vc transforma em poesia o que estou sentindo e que ás vezes, perdida não sei o que é...é o amor, é a vida, os sonhos, me deu vontade de lutar..mas não consigo ainda...)BJS
NANE

Teresinha disse...

Simplesmente Florbela Espanca... =) beijos****

chica dooel disse...

MUY MUY LINDO, NO TE CONOSCO PERO TE FELICITO, TU BLOGGER ES EL MEJOR, ESPERO QUE ME CONTACTES, PARA QUE ME DIGAS COMO COLOCAR LA MUSICA DE FONDO, OK? CUIDATE, Y SALUDOS, BESOS Y ABRAZOS, PARA YA