domingo, maio 15, 2005

AI FLORES...OLHAI MINHAS DORES!!!

pino
(foto de BlueShell)

Ai flores, ai flores do verde pinho
Dai-me novas do meu amor,
Ai flores, ai flores do verde ramo
Dai-me novas daquele que amo....

- “Teu amor vem já a caminho
Não tens que chorar!”

Ai flores, ai flores do verde ramo
Vede minhas lágrimas, este meu chorar
Ai flores, ai flores do verde ramo
São saudades de tanto esperar.

- “Teu amor vem já a caminho
Não tens que chorar!”

Dai-me novas do meu amor,
Trazei-me, de novo, seu calor.
Ai flores, ai flores do verde pinho
Mostrai-me agora o caminho.

- “Teu amor vem já a caminho!
Não tens que chorar!”

Vede minhas lágrimas, este meu chorar
São minha cruz, este suspirar!
Ai flores, ai flores do verde ramo
Olhai no caminho...é aquele que eu amo!!!

- “Teu amor vem a caminho!
Já podes chorar...
Porque traz consigo
Outra para amar!”

48 comentários:

António disse...

A tristeza, a intimidade, a poesia, a BlueShell em estado puro!
Jinhos

António disse...

Fui o primeirinho porque calhou...eh eh

Nana bem e
Boa semana
Jinhos

Morsa disse...

Gostei do poema! Uma boa forma de entrar na nova semana! Continua a postar coisinhas tão boas!
Beijokinhas e boa semana

persephone disse...

Apenas um beijo e desejo de boa noite

Rose*

mfc disse...

Gostei muito da tua adaptação do lindo "Cantar de Amigo" de D. Diniz.
Parabéns.

Angela disse...

Deixo aqui ficar um sorriso para te animar. =D

The Thynne Man disse...

I am an American. My father is Filipino and my half brother is Cuban.
We are an international family.

I appreciate your efforts. Have a good week! I look forward to hearing
from your husband.

PS. Your English is 1000 times better than my Portuguese!!!

Carla disse...

Deixo-te um miminho... Que a tua semana seja repleta de flores que te cantem boas novas, Blue querida. Beijo grande.

AS disse...

B.Shell, um poema muito lindo, bem ao estilo de uma trova medieval, repleto de emoção.

Um beijo poeta!...

Morsa disse...

Após uma leitura meio na diagonal do teu blog, apercebi-me de que és serrana! Toda a família do lado da minha mãe também o é, de Loriga, a 20 kilómetros de Seia, mais ou menos! De onde vindes?
Beijinhos

kamarrad disse...

Oh minha flor boa semana e que continues assim..´. olha a minha serrinha ali ao pé... bjs

Daniel Aladiah disse...

Querida Blue Shell
Que final tão masoquista, hem?
Pelos vistos há mais gente a querer saber em que ponto da Serra tu páras, eheheheh.
Um beijo
Daniel

O Micróbio disse...

Palavras que começam muito bem e acabam mal... ops! :-)

Vênus disse...

BShell,
Sim, entendo bem o que v fala, cada palavra...
Mas a mudança está em vc, só vc pode mudar tudo e voltar a sorrir...
BJS E ÓTIMA SEMANA

O Vizinho disse...

Vim dizer-te um Olá, bom dia!

bin_tex disse...

Blue te saudades da tua presença na minha casa, aparece

Bj e um abraço

Bin

wind disse...

Bonito poema:)beijos

Cakau disse...

Não consigo saber onde termina a ficção e começa a realidade... Espero que te sintas bem.

Beijo *

gato_escaldado disse...

muito bem. bonita glosa da cantiga de amigo. gostei mto. beijo

paperl life disse...

Blue no seu melhor e o pinho emflor.

Gostei mesmo. teve cheiro a campo e leveza.

:) Bjs.

M

looking4good disse...

Temos um novo Afonso Lopes Vieira. Gostei muito. Sugiro (se é que posso e me atrevo a sugerir alguma coisa .. :)
Essa alma com carinho
esquece, deita-a ao mar,
Das flores do verde pinho
Outro amor há-de voltar

Carmem L Vilanova disse...

Linda e querida BShell!
Passei para deixar-te um beijinho, meu carinho e muitos sorrisos para ti, nesta nova semana que se inicia... :)
Ah! E uma rosa @};- também!

Confessionário disse...

Eu preferia que o início fosse o final, para que depois o final fosse mais feliz. É sempre melhor começar menos bem e acabar muito bem. Porque é que tinha de aparecer outra? Jinhos. afinal, és mesmo da Serra???? Tb fiquei curioso.

Espectro #999 disse...

 •∇• Extremamente belo este poema, digo eu, que sou pirata. •∇•

Beijocas e inté.

sussurros da lua disse...

Muito belo o teu poema! Mil beijinhos!

Amaral disse...

Que história essa, Blue!...
Eu a pensar que o teu amor vinha a caminho e ias parar de chorar, quando, finalmente, o príncipe chega e traz outra para amar… Que final mais desconsolado!
Moral da história: Não sejas palerma e não esperes por aquilo que não te merece! Será???

Charlotte disse...

Esta canção de amigo que tanto gosto deixa uma saudade dos tempos de estudante, das aulas de português, da análise dela mesma; agora deixa-me uma certa nostalgia e uma saudade de voltar aos tempos de outrora...
Beijinho mt grande Blue.
Charlotte
* É difícil entrar na tua página/ mt Tempo amiga.

stillforty disse...

Chhh!!!Tão tristinha!!!!Gostei deste cantar de amigo.
Beijo e xi-coração apertadinho

Pescador disse...

De repente lembrei-me dos tempos de liceu, das aulas de português, das cantigas de amor, cantigas de amigo e de maldizer !!! Engraçado, mas naquela altura o português não ea definitivamente a minha disciplina preferida ;-) !! Muito bonito o poema. Bjs Pescador

Estrela do mar disse...

...conchinha...sabes que ao ler-te tive a sensação que estava a ouvir uma melodia em que a letra era esta...a que escreveste...mas sem as últimas quatro linhas...claro...


...ando com saudades dos blogs amigos...e por isso aos poucos vou visitando-os...por isso vim até aqui...


Um beijinho*.

Aran disse...

Gostei... está bem original... beijinhos

alfinete de peito disse...

Ou seja, não esperes para ser feliz. Leva-nos a pensar numa atitude proactiva perante a felicidade! Será?
Há uma frase que já ouvimos algures e que também se adequa bem - a vida é o que acontece enquanto se fazem planos!
Bem verdade...

Beijo com grande ternura

Mercador e Grizo

AlmaAzul disse...

Gostei do tom pitoresco bucolismo. Fez-me lembrar as Cantigas de Amor e de Amigo.
Também gostei da imagem ;)
***azuis

Gabriel disse...

Ando sem tempo...passei para dizer que não me esqueci de ti. Beijos!

Micas disse...

Gostei imenso das tuas trovas. Quero mais.
p.s.Adorei que tivesses partilhado o aniversário da "Micas" comigo. Um obrigada muito especial. Abraço apertado e um beijinho grande linda.

Vasco Salles disse...

Já vi algumas comparações com outros poetas e poetisas, e é natural que todos os artistas, independentemente da sua area se deixem influênciar pelos anteriores, até porque é com eles que aprendemos muitas técnicas, e eu até concordo... Mas eu acho-te num estilo muito próprio, através da poesia dás muito de ti, e rasgas corações, abres caminhos nas nossas almas... Mostras a pessoa sensivel e bonita que és, e a tua arte contribui para que os nossos dias tenham mais beleza.

TMara disse...

Assim, triste fica a flor do verde pinho. Espermos k floresça sempre. Bjs e ;)

Tbb disse...

Adorei o texto! bj grande

concha disse...

Ui que dor!
Beijinhos grandes

Peter disse...

Uns versos alegres, leves, acompanhados pela foto adequada.///Queria dizer-te que fiz una renovação nos links, deixando apenas um blog por pessoa. No "Peter's" mantive os diversos blogs que cada um tem.

augustoM disse...

Shell, vais ao jantar do Fraterninade? se não sabes de que se trata vai ao meu blog e clica no jantar do Fernando.
Olha que uma bela jantarada ajuda muito o estado de espírito.
Um beijo. Augusto

Bastet28 disse...

Ke foto tao linda!!!Aii kem me dera estar ali agora...

Texto sublime...

beijo grande

so12 disse...

Já não é a primeira vez que ouço que amar é disforia...mas não faz mal crer que um dia..talvez um dia... Muito bem "trocadas" estas "voltas"..Beijo! :)**

Nilson Barcelli disse...

Pois, agora percebo porque andas tão "esquiva" enquanto eu, coitadinho, passo o tempo na cama...
Deves ter ido para cima do pinheiro para trovares à vontade. Mas vê lé se não cais...
Gostei da glosa (é esse o termo?) das flores de verde pinho. E isso só mostra que também sabes glosar (sua gulosa...).

Beijinhos*** (chega-te para lá um pouco por causa do vírus...).

Joaninha disse...

Estes dois ultimos poemas são mto bonitos, porém tristes... espero saber-te mais contente!! Beijinhos **

Maria Heli disse...

Bluzita: estava com saudades de ler os teus poemas e as outras imagens! Agora já não estou. bjo.

Laura Antunes disse...

Vale a pena chorar, vale a pena recordar para voltar a renascer..lindo. Abraço laura

Anónimo disse...

Se gosta de pinhos veja o blog:

http://arsprobatartificem.blogspot.com/

Já agora a música que nos obriga a ouvir é designada por "musicata" tb conhecida por " música de merda". Você não tem culpa de pertencer ao grupo dos analfabetos musicais, aliás como o são 99,999 % dos portugueses!