sexta-feira, maio 27, 2005

NO LONGE!

caminho1
(foto de BlueShell)

Não temo...sei que virás...
Ao longe sinto teus passos,
Sinto teus braços, já...
E eu neles me deixo
Desfalecer...de paixão, de prazer...

Não temo...no Longe está
Minha certeza: tua chegada
Anunciada p’la Natureza!

48 comentários:

Anónimo disse...

E por certo que ele virá..., no perfume da primavera, na rudez da serra, no brilho do sol, no cantar dos bandos de passaros, na cores das flores..., no caminhar de uma sombra ainda indistinta, mas que se aproxima !! Bjs azuis para a concha mais azul da Blogesfera

Peter disse...

Fotografias óptimas. Agradeço as tuas visitas. Nunca falhas.

Squeezy disse...

Gostei bastante deste poema.. e já agora espero que de facto ele chegue...

Pharaoh disse...

é tão bom,quando depois de tantas veredas e ruelas sofridas, sabermos que existe no nosso caminho, o bálsamo para as feridas onde sabemos, que um terminam as nossas esperas,,,, muito bonito o escrito, desejo que nunca percas o teu caminho e o saibas sempre tratar,,, beijinhos grandes linda,,,*s

acidgirl disse...

Belíssimo poema e encantadora paisagem...escreves e fotografas muitíssimo bem...!
Ótimo fim de semana p/ ti!!!
Jinhos ;)

augustoM disse...

Shell, nunca se deve ter a certeza de nada, para não haver lugar à desilusão.
Estás um fotógrafa bucólica de primeira.
Um beijo. Augusto

carlag disse...

Sempre gostei de imagens, com caminhos.
Caminhos, sem conseguirmos ver o seu fim...
Ele irá chegar...ou algo irá chegar, sem medos.
**

carlag disse...

Sempre gostei de imagens, com caminhos.
Caminhos, sem conseguirmos ver o seu fim...
Ele irá chegar...ou algo irá chegar, sem medos.
**

Conceição Paulino disse...

K belo caminho. Bons passeios. Bjs e;)

Português desiludido disse...

Perfeita comunhão das palavras e fotografia!Prbns

persephone disse...

***

Lady disse...

Bonito poema, mhmmm e quem me dera eu ter certezas... Um beijinho grande e bom fds!

Anónimo disse...

Um conjunto perfeito! Poema, imagem e música!

Voltei saudoso e sedentas das vossas palavras.

Um abraço terno e bom fim de semana :-)

http://eternamentemenina.blogs.sapo.pt/

Menina Marota disse...

Ressalvo: onde se lê "saudoso" deverá ler-se saudoso. (Claro!)

Vênus disse...

Blue Shell,
Tão bom acreditar e viver esta espera...
Bjs *.*

Gabriel disse...

Esperemos, pois.
Beijo grande

Daniel Aladiah disse...

Querida Blue Shell
Lindo jogo de palavras... esperas o Verão ou o Varão, ou ambos, ou nenhum... que o amor não seja contigo avaro.
Um beijo
Daniel

jcb disse...

Bom. Gostei imenso de passar por aqui.

Angel disse...

Queremos braços que nos reconfortam!
Sabemos mesmo que longe, nos protegem!
*************

wind disse...

Bonito poema e que ele chegue depressa:) beijos

mfc disse...

Virá de certeza e por esse caminho tão lindo que nos mostras na foto!

Laura Antunes disse...

Lindo. Abraço Laura

António disse...

Hoje, quero fazer uma referência especial às bonitas fotos com que tens ilustrado os teus poemas (e prosas).
São tiradas por ti?
E onde?
(se estou a ser indiscreto, não respondas...não me chateio)
Jinhos

António disse...

Às vezes sou tão burrinho!
Claro que são tiradas por ti. Está lá escrito!
Jinhos

Gustavo Monteiro de Almeida disse...

Longe está o tempo em que tinhas que esperar por uma ausência sentida. Agora, exercitas o espírito percorrendo belos caminhos, antigos, pejados em bordadura de plantas aromáticas que te vão relembrando o teu próximo Verão/Varão. (Não resisti a parafrasear o Daniel).
Bom (re)encontro.

João Campos disse...

Quando ao perto, à frente dos olhos cansados, o sol já se escondeu e apenas vês trevas, só mesmo no longe se poderá depositar alguma esperança... (visão do pessimista crónico). beijinhos*

Anónimo disse...

ola!
o texto é pekeno de tamanho mas enorme em significado
jinhos

Anónimo disse...

"Ele", chega sempre. E mesmo que não seja quem desejamos, será certamente, um "ele" inesperado! A vida é assim, corre, sem parar...e dela, saem, e entram, muitas almas! Beijo!

DaJe disse...

Se a Natureza o anuncia é porque ele virá. E quem espera sempre alcança...
Haja esperança!

Baci per te Ragazza*

Anónimo disse...

Bluezinha, fico muito feliz por ti, mt mesmo! É pena eu não puder dizer o mesmo, mas... a vida continua...
Dps conta-nos tudo, oky?
becinhos*****

Francis disse...

Bom fim-de-semana, Shell :-))

http://Diario365.blogs.sapo.pt disse...

A música, a imagem, aliadas às palavras transportam-nos para o nosso próprio imaginário. Sim porque as palavras são do autor, mas cada um de nós ao saboreá-las é levado ao sabor delas para onde o seu próprio ser, quer.1 beijinho de Obrigada pelas palavras e um sorriso

Anónimo disse...

A Natureza está ao teu lado! Sê feliz ao lado da pessoa que tanto ansias! ;)

persephone disse...

a esperança será sempre a última a morrer:)

beijos**

graziela disse...

costumo-me passear por caminhos parecidos com este.e vejo luz quase sempre.
um abraço
graziela

Manuela Neves disse...

Deixo um abração e espero que tudo corra favorávelmente nesse encontro tão desejado. Muito envolvente. AMIGA SEMPRE.

Laura Alho disse...

E vim. E envolvi-te com um abraço amigo. E beijei-te com amizade.

Afinal a natureza não te enganou ;P *

Beijinho e bom domingo!

agua_quente disse...

Claro que virá! Com tanta ternura e paixão à espera... :) As fotos estão lindas. Beijos

Canis Lupus Horribilis disse...

A natureza é amiga... é só ler os sinais-!

Anónimo disse...

Eu também estou a espera mas é uma espera que se prolonga, insiste em não vir...

Bj serrano =)

Ana disse...

Se temos de esperar que esperemos no natural*

Unknown disse...

Na falta de algo inspirado para dizer, deixo apenas uma citação:
"All good things come to those who wait!"

maria l. duarte (secret) disse...

Belíssimo poema, belíssima foto... e com uma certeza assim... claro que vem. Acreditar assim pode trazer dor, mas só este acreditar forte, incondicional pode trazer esse voltar. Eu acredito que volta. Beijo no coração

Anónimo disse...

E... o quão longe ele está? talvez nunca antes tão perto...

Anónimo disse...

Como sempre, uma bela imagem da serra que tanto amo!
Como sempre, um belo poema escrito certamente a pensar em alguém que te é algo mais que muito querido!
Como sempre... visito este blog e quero voltar cá mais vezes!
Beijo grande e uma boa semana!

Apenas, o cidadão disse...

a distancia é tão relativa que esse longe não podia estar mais perto. ou é o desejo da distancia que liberta esses sentimentos?

Angela disse...

Não tens nada que temer, mesmo. Virá, de certeza. ;)

Anónimo disse...

simples... e belo. muito belo!