quarta-feira, maio 11, 2005

MULHER DESPREVENIDA...

perda1
(foto de BlueShell)

Era um dia de trabalho como tantos outros.
Já no recinto do estacionamento abri a porta lateral da parte de trás do carro para procurar, de traseiro para o ar, nos bolsos do casaco, a minha “pen” – instrumento fundamental para o meu desempenho profissional…(heheh)
Vestia na altura uma saia preta, daquelas que se ajustam ao corpo, uma espécie de malha, uma camisola cinza e, ao pescoço, uma “écharpe” de seda, também preta. Súbito, sinto algo cair ao chão…algo que se roçou nas minhas pernas e dei comigo a pensar – “ Maldita “écharpe…é de seda, escorregou, já está no chão”…Mas...curiosamente senti também um imenso frio às pernas! Como a saia era “rodada” atribuí o facto a alguma brisa mais fresca…vida dos lados da Serra da Estrela….
Como a minha procura se tivesse revelado vã (não encontrei a “pen”), ergui-me e dei conta, para espanto meu, que a dita “echarpe” continuava no local devido, isto é, ao pescoço, caindo de ambos os lados do peito. Quase até aos joelhos. Sem acreditar no que depois verifiquei ser a realidade …inclinei os olhos para o chão e, à volta dos meus pés, como que a fazer um círculo…lá estava ela…a minha saia! Instintivamente e com uma rapidez que eu própria me desconhecia subi a saia quase até à altura dos seios…olhei em volta…temendo ter sido vista naquela “figura”: camisola cinza, “écharpe preta, e …”collants”… Não, ninguém me houvera visto… (suspirei de alívio, claro).

Só que agora…outro problema se me levantava: já não tinha tempo de ir a casa mudar de roupa…e a saia voltaria a cair certamente. Já no gabinete procurei um cordão, uma fita…até um resto de um cabo de computador serviria…mas nada …nada se parecia com um cinto. Foi então que meus olhos pousaram num agrafador…eheh…era isso mesmo! “Para grandes males – grandes remédios”: vai de agrafar a saia, do lado esquerdo, aos collants… “Será o suficiente…assim já não cai” – Pensei. E lá fui trabalhar…

Mas a natureza tem as “suas coisas” e umas horas depois eu estava aflita para ir à “casinha”…tinha bebido imensa água (dizem que ajuda a emagrecer) e estava a precisar MESMO de ir. Na primeira oportunidade voei para a casa-de-banho…levantei a saia…mas nem os collants, nem as “calcinhas” queriam descer…- “Opsss… Bolas! – Pensei para comigo já em pânico: - “ Porra, agrafei a saia…as collants…e as calcinhas…”

Olhai… a triste da minha situação…

Não queirais saber pormenores…

[Recomendo vivamente que tragam convosco, na malinha de mão…um cinto: nunca se sabe quando ireis precisar dele…]

63 comentários:

Daniel Aladiah disse...

Querida Blue Shell
Que situação. Interessante este registo sensual de relato íntimo... e a Serra da Estrela, fiquei curioso :)
Um beijo
Daniel

Joaninha disse...

Olá BlueShell!!
Uma situação nada agradável!!
A mim já me aconteceu air p ctt levar correspondencia, e partir o salto d um dos sapatos, dp ter k vir a manquejar até ao sapateiro tb não foi uma situação nada feliz!
Mas o imprevisto acontece a todos né...
Fica bem, cont. boa semana.
Bjinhos

Ofeliazinha disse...

Acho que falta flash na foto mas gostei eheheheh. Beijo

isa xana disse...

loool... bem, diverti-me agora a ler-te;)

beijito

Cakau disse...

Querida BShell, não consegui reprimir uma gargalhada. Perdoa-me! lol Costuma-se dizer que só nos rimos com a desgraça dos outros...

Foi uma situação caricata. Espero que não aconteça em locais cheios de gente :P

Beijinhos grandes!***

P.S. Da próxima vez que agrafares alguma coisa, certifica-te que não agrafas mais do que deves :PP

Adryka disse...

Minha querida amiga, ri ao ler o teu post, mesmo que a vontade n/ fora muita para isso mas tinha de rir, eu tenho casos desses aos montes, desde me vistir toda bonita olhar-me ao espelho e achar-me uma interessante e ao sair do carro no local de trabalho em plena Av.e reparar que estou com os chinelos de quarto, de sair com uma calça muito gira e justa e descozer-se rabo abaixo e ficar rabo á mosta pois o fio dental N/ tapa nada, desde rasgar as calças de couro entre pernas e a fita cola n/ segurar, tudo dentro do maior charme que sou super vaidosa. Bjs

wind disse...

Gargalhadas:) Que situação mirabolante:-) beijos

Telmo disse...

Cheguei por acaso e dei logo com uma história tão engraçada!

Passa no meu blog que eu voltarei certamente...

AS disse...

B.Shell, terás que ter mais ciudado com aquilo que agrafas!...

Mas que foi embaraçoso, não duvido...

Beijokas

Johannes Sebastian Rozen disse...

Nossa... *gota*

A gente vê de tudo...

carlag disse...

Blue,
Embaraçoso, sem dúvida...mas ri, ao ler-te hoje.
Um beijinho grande

sotavento disse...

Conta lá!... ;)

António disse...

Ah ah ah ah ah ah
(deixem-me rir, como canta o outro)
Não te conhecia nenhum texto do tipo crónica bem humorada do quotidiano.
Surpreendeste-me!
E gostei desta incursão neste estilo!
Jinhos

sussurros da lua disse...

Desculpa...estou a rir-me :) Acredito que deve ter sido horrivel para ti mas não deixa de ser uma situação engraçada! Mil beijinhos e vou seguir o teu conselho!

lique disse...

ahahahaha... olha que não te conhecia esta veia humorista! Claro que a situação não deve ter tido graça nenhuma... mas conta-la com muita graça! Beijinhos

SaltaPocinhas disse...

Ahahahah! A desgraça dos outrso faz-nos sempre rir!
E posso rir-me à vontade sem medo de castigo divino, porque eu não uso saias! Só se me caírem as calças!!!

Amaral disse...

A história passa-se de dia, não é? Pois!... E ninguém viu nada, pois não?... Tudo está bem, quando acaba bem!
Agora, na "casinha" as calcinhas tavam agrafadas, não é mesmo? E como foi que você desagrafou isso aí?... Com um puxão valente, foi?...

Bastet28 disse...

Deliciosa amiga!!!!!!!Adorei...:D

beijo grande

Tbb disse...

Foi um "dia sim" para ti pois ng te viu! E um "dia nao" para quem perdeu esse espetaculo :P! Tou a bincar! Da proxima vez agrafa apenas a saia! Dobra um pouco e agrafas! Agrafar aos collans e afins nao deve ser mt bom! Pois imagina que te caia tudo ? Nao sei digo eu com os nervos e que sou homem :)

"Baby, take off your coat...(real slow)
Baby, take off your shoes...(here, I'll take your shoes)
Baby, take off your dress
Yes, yes, yes
You can leave your hat on
You can leave your hat on
You can leave your hat on"

^_^ , Hugo "Tbb" Cabral

Periférico disse...

Que situação caricata! Agora já sabes mulher prevenida...

bjs

augustoM disse...

Shell, como podes perder a saia na via pública? e como foi possível agrafares a saia, os collans e as cuecas, sem enterraes os agrafos na pele?
Um beijo. Augusto

O Micróbio disse...

Sim, senhora... grande aflição... :-)

gil disse...

LOLOLOLOLOLOOOOOOLLLLLL só visto q contado ng acredita "shellita" :P

eheheheh, ganda novela !!!!! :)

a agua ta a fazer resultado...as saias já te tao largas!!!!! LOOOL

JMTeles da Silva disse...

Conchinha achei que tinhas agrafado tudo à pele da barriguinha
:))))
Bjocas

c.b. disse...

bonito,
um beijinho a ti

Vênus disse...

Surpresa com a história engraçada, gostei...
bjs

Maria Heli disse...

és uma querida, blue!
adorei a tua história.
E olha, aquilo não é um blog, é a revista VISÃO on-line :)
bjos

Espectro #999 disse...

 ϑ.::•::.ϑ O facto de tu não teres visto ninguém~não indicia que alguém não te tenha visto. ϑ.::•::.ϑ

A minha Visão on-line está mais do que nunca activa e neste caso imaginei tudinho. Inclusivé o estares com o agrafador nas mãos.
Bonito serviço que de vez em quando arranjas, mulher.
Beijocas ternas e inté.

Pink disse...

Texto de leitura agradável e bem disposta! Que incidente mais engraçado e que relato bem escrito! Um beijo.

Pink disse...

Texto de leitura agradável e bem disposta! Que incidente mais engraçado e que relato bem escrito! Um beijo.

Elvira disse...

Dá para rir, mas a situação deve ser bastante desconfortável quando é vivida...!

Gabriel disse...

E o tempo me tem tomado um tempo, sem-tempo!
Ainda lerei com calma isto que escreveste. Beijo grande

Anónimo disse...

Estavas admirada?pois,não conseguia abrir para comentar!!!
Se me conhecesses dizia que sabias que tenho algumas estórias...mas nunca agrafei a saia!!!
De saias,pois...e na serra mesmo...num dia de Maio por aí,as meias não eram dessas,da tua estória,meia estação é mais daquelas de aderir á coxa(de certeza que também usas estou-te eu a explicar!)...a saia não caiu ao chão,nem aos pés,mas ficou presa na bendita da porta do carro e zás.rasgou,vertical,ficou presa pelo cós, de sarja de algodão ficou de gritos!Não havia volta a dar,eu queria era sair dali,quais agrafos,a saia era direita,ficava sem poder andar!
Entrei no carro e fiz 45 km para ir a casa mudar(se imaginares que estava práticamente á porta de onde trabalhava!!!com uma data de beirões ali pespegados á porta!)...pelo retrovisor vi quem tinha visto a cena...estavam banzados,divertidos,eu sei lá!e eu piursa...depois de alguns quilómetroa já me ria,mas juro que pensei,caramba agora para rematar a coisa era ter aqui um furo na A23 e dá-me um coisinha má!
Mas a estória mais gira não posso contar,perde piada,se não for a vivo e a cores,um dia conto-te fica prometido.
Desculpa conchinha,as saudades e ser tagarela dá nisto...dás-me corda,olha,estás a ver?
Ah!Raramente voltei a ir para o trabalho de saias,com as calças nunca me conteceu...o diabo seja surdo!...!!!
beijinhos grandes
lua

rajodoas disse...

Confesso que quando comecei a ler o post
pensei imediatamente numa situação mais
embaraçosa, motivada pela posição. Suspirei de alívio ao saber que afinal se tratava apenas e só da falta de um cinto ou qualquer outro acessório que ajustasse a saía à cintura. Mas minha cara amiga essa de agrafar a dita aos collants etc. não lembraria a muita gente. Não se lembrou por exemplo que
descalçando os collants estes poderiam servir de cinto. Acredita que isso já me serviu para resolver o problema em África quando a correia de ventoinha do alternador do automóvel partiu. Um beijinho do Raul

Charlotte disse...

Já não passava a algum tempo po aqui e de repente este post amiga... desculpa mas; eheheheh :))
Que situação!!
Beijos*

Ruvasa disse...

Apre, Blue!

Há dias, de manhã, em que uma mulher, de tarde, não pode sair à rua, de noite...

:-)))))

Ruben

eu_gy disse...

Imaginável, mesmo que não visto ...as saudáveis ironias da vida..um cinto ou uma caixinha de costura com usavam às avós..rsrs bjs

SonhadoraSempre disse...

ah ah ah ah precisava mesmo ter vindo ao teu cantinho para soltar umas valentes gargalhadas;)) Amiga, tens k cuidar das tuas dietas loucas pois caso contrário todas as saitas te acabrão por cair e nem notas!!! Beijinhos gandis e desejos de um bom fim de semana adiantado!!!

persephone disse...

ups

lool
ai k valente gargalhada
espero que tenhas cuidado p a proxima:PP

Venho conveidar te p uma taça de champanhe amiga:)
*************
Tchim tchim****

Pharaoh disse...

ehjehjehjehj,,,,encharpe, cólantes e gráfos,,,, rica trilogia,,,eheheheh, donde é que será que estas mulhéres desencantam tanta beleza e charme,,,* grandeeeeeeeeeee lindaaaa

meialua disse...

Que situaçao, hem?? !! lol ;o)

Beijinho, bom fim de semana*

Bruno António disse...

Oi Blue!
Cuidado com isso das écharpes... olha a 'estoria' com a Greta Garbo!...

Bom fds...

P.s.- Já agora és de onde? O que fazes?...

Será segredo!

Angela disse...

O que me fartei de rir com esta história... ihihih =D
E que tal teres utilizado a écharpe como cinto, huh? lol

alfa69 disse...

Ás vezes o desenrasca, enrasca-nos.

gato_escaldado disse...

contratempo. de facto. o que vem provar que há peças de roupa que só atrapalham. beijo

kamarrad disse...

aqui tambem anda a trovejar.. tens k ter mais cuidado com o número das saias.. é que é muito mais prático que andar com cintos atras... bjx gandex

H2O disse...

Foi uma situação embaraçosa, que resolveste bem, ou melhor pensaste que tinhas resolvido,ihh!Gostava de ter visto!!!Eu sou da Guarda e neste momento tou a viver em Gouveia e sei perfeitamento ao ventinho que te referiste...Beijoka

Luís Miguel disse...

"Não queirais saber pormenores..." Eu creio que todos nós queremos saber exactamente os pormenores!!! :)
.
.
.
Bom fim de semana BS.
.
.

gil disse...

so passei pra desejar bom fim de semana a todos...

e especialmente a ti bluelinda ;)

R disse...

OLÁ, desculpa a minha ausencia mas tive que me ausentar uns dias.
tem um bom fim de semana :)
beijinhos amiga

Micas disse...

Fizeste-me rir :) é sempre uma delicia recordar histórias dessas, mesmo que na altura não tivessemos achado graça nenhuma!
Amanhã aparece na "Micas" para beberes um copo ;)

Bruno António disse...

Oi!
Já por lá respondi (tentei) no meu cantinho!

Bjs

H. disse...

ai ai ;º)

às x's acontecem destas coisas... contadas dps até têm graça ms durante o pânico q ñ é!

obrigada pr partilhares connosco :)

jotakapa disse...

Ainda estou a rir! Desculpa!
Devias ter levado o tira-agrafes e o agrafador para o w.c.! :)

AlmaAzul disse...

Estou morta de riso :lol:. Para a proxima chama para podermos ver...ups! ajudar ;)
***azuis

Azul disse...

Como diz o povo, há situações do arco da velha. Que maçada. Imagino a sua aflição e embaraço. Mas, petrmita-me que me ria, porque agora que já passou, não deixa de ter a sua pida. Só é pena é que ninguém tenha visto. Já viu se um cavaleiro lindo estivesse por perto e a ajudasse com a sai? podia ser giro o que me diz? (Isto é pra animar dos seus amores desencontrados. Não me leve a mal tá bem?)
E, já agora, que tal um kit de costura daqueles piquenos de trazer na carteira, para a próxima eventualidade? É claro que tem de saber umas coisitas de costura, mas isso agora tb não interessa nada, né verdade?
beijinhos. Azul.

Anónimo disse...

Blue Shell, descubro que sabes fazer rir com suas narracoes embalacosas, muito bom este teu texto, gostei...suavealento

rosácea disse...

Um dia calcei um sapato no pé esquerdo e uma bota no direito, saí e só dei por isso depois de regressar a casa.

Morsa disse...

Desculpa, mas não resisti a comentar aqui também!

Sou pra dizer uma palavra... LOL

Beijokinhas!

The Thynne Man disse...

Hi Blue Shell,

My deepest apologies for not knowing the language is Portuguese. I do know the lyrics. I wanted to see the html coding that allows it to run as background music. I have a couple of blogs that would greatly benefit visitors if I could have some background music.

Could you send me a copy of the html code that would show how the music is played in the background?

Thank you so very much for your reply.

Confessionário disse...

Eh eh eh eh ehe he eh eh eh eh...

Vasco Salles disse...

AHAHAH! São daqueles dias... Quem os não tem?

Isabel Magalhães disse...

:) Lembrei-me da "outra" senhora que, numa situação de aflição, segurou as calcinhas com uma fita que apanhou do chão. Dificil foi, em casa, explicar ao marido o que significava a frase impressa na fita: "Recordação dos amigos do Bombarral"! :)

***** I.