terça-feira, maio 17, 2005

ESPERA...

espero
(foto de BlueShell)

Espero, como quem se deixa aniquilar pela vontade,
Um sinal teu...um gesto, um som...

E espero assim, temendo a noite, a escuridão
Que antecipa o sentimento de vazio...vazio que o é
Na realidade....

Olho o espaço envolvente e concluo que nada me diz...
Estou só.

Da antiga capela elevam-se as recordações
De dias suavemente iluminados
Pela pureza de uma mulher-criança!

Se ouço a chuva bater forte na janela
Fico feliz pela natureza,

E meus olhos se inundam de lágrimas
Que se vertem
E se perdem
E nada significam
Para ti...

40 comentários:

Elvira disse...

O teu blogue faz bem à alma...

Anónimo disse...

@----{{------

Anónimo disse...

@----{{------

Angela disse...

Estás só, com a chuva e os teus sorrisos e as tuas lembranças.

Vênus disse...

BShell,
Procure-o, não espere, vá ao encontro dele!
BJS

AlmaAzul disse...

"Se ouço a chuva bater forte na janela
Fico feliz pela natureza,"

"Hoje,
o meu desejo é ser chuva...
que embate fortemente contra o rosto!
Que arranca as lágrimas!
Que lava os corações salgados!
E por fim, já morna...
se mistura no azul do mar.
Serena.
Como quem cumpriu
o seu destino"
AA

***azuis

Vasco Salles disse...

Vale a pena vir aqui ler este poema... E os outros! E as fotos? Cada dia melhor! Onde será esta linda Capela? E eu que adoro estas lindas Capelas das Serras. Moro na Zona de Tábua e conheço muitos cantinhos aqui das Serras da Estrela, do Açor e da Lousã, embora não conheça todos, claro! Mas que anda por aqui muito Beirão, anda! :-)

AS disse...

B,Shell, vejo nostalgia, resignação, desânimo... Quando volto a ver o teu sorriso?

Um beijo

TMara disse...

Dizes-me k estás bem. Resta-me acreditar k sim pois se o dizes...., e desejar - forte -, k assim seja e continue. Bj grande

sylpha disse...

Eu espero que consigas retomar o teu passo e com o decorrer do tempo um sorriso possa aflorar :)) Gostei muito do teu blog. Beijo

Carla disse...

O mais importante é que tenham significado para ti, Blue linda. Ama-te muito. Um beijo muito grande para ti.

H. disse...

Espera apenas pelo que valha a pena esperar...
Se não, segue em frente, por uma estrada diferente, cujo final tem uma hipótese, uma que seja, de ir dar a um final feliz...

**

H. disse...

ah, e tenho de dizer que as tuas fotos são mt bonitas... aqui a menina que mal conhece o lado 'campestre' gosta mto :)

O Micróbio disse...

Quem espera sempre alcança e por isso não duvi do do final feliz dessas tuas esperas... :-)

Morsa disse...

Sinceramente, li o teu post e vieram-me imagens da Serra! É tão bom vir ao teu blog... Voltarei todos os dias!
Beijokinhas

Daniel Aladiah disse...

Querida Blue Shell
O ambiente sereno em que vives propicia tal reflexão, tal recolhimento... que tal umas escapadinhas, umas viagens para congressos, reuniões e afins, que hoje em dia existem para a tua profissão?
Um beijo
Daniel

Amaral disse...

Se nada significam para ele, pula, grita, dança de alegria, lança foguetes aos céus e explode com eles, de êxtase e felicidade.
Quando (se) isso acontecer, encontraste-te finalmente para a verdadeira festa da vida.
A mulher-criança que há em ti aperceber-se-à que não podes temer a noite, porque é nela que está o dia e é na escuridão que o Sol se manifesta!

concha disse...

Que comentário bom o do Amaral.
Depois dele fica um beijo enorme

Charlotte disse...

A solidão por vezes quase "mata"...
Não deixes que tal aconteça vai ao encontro dele... torcemos para que tal aconteça, um :)e mts
Beijokinhas*

gato_escaldado disse...

quem espera desespera, claro. e volve-se ao tempo de todas as esperanças. muito bonito. beijo

musalia disse...

blueshell, a capela é linda! e as tuas palavras, belas mas tristes. que procuras? sombras?...

beijos.

Douglas P disse...

Bom texto Blueshell!
E boa foto!

http://allpigsmustdie.blogspot.com

Fernando B. disse...

Amiga, as lágrimas, muitas vezes, são a companhia fraterna para a nossa solidão.

Beijocas,

carlag disse...

Aqui há dias quando li as tuas palavras lá no meu canto. Pensei.
Hoje, ao ler-te. Pensei.
E penso, se estarás bem. Pergunto.
Fico confusa...

Maria do Céu disse...

Ternamente envolvente este seu texto. Cumprimentos.

António disse...

Normalmente não comento o lado pessoal dos poemas ou prosas intimistas.
Também não o faço desta vez.
Só te quero dizer que é sempre um prazer vir aqui visitar-te!
Jinhos

suavealento disse...

Me perco na tua doce melancolia, escreves belas palavras mesmo estando tão triste e isso faz bem a tua alma como também a quem lê...
beijos suavealento

Gabriel disse...

Tem uma música da Adriana Calcanhoto (nossa amiga Isa Xana deve conhecer) que diz assim: "Entre por esta porta agora, você tem meia hora pra mudar a minha vida..." Foi o que pensei logo que vi o título e a foto. Além disso tem um belo poema de brinde. Sensacional.
Beijo grande

wind disse...

ESpero que essa espera acabe e continues em frente:) beijos

Estrela do mar disse...

...@miga...logo que comecei aos pouquinhos a comentar alguns blogs...senti uma enorme vontade de continuar com o meu...e assim fiz...

Um beijinho*.

Charlotte disse...

Estás bem Bluezita?
Esperemos que sim, amiga!
Dá-me dps o teu mail, ok?
Bjs*****

Adryka disse...

Um poema soberbo, adorei pela profundeza. Os meus parabens. Beijinho

zeus disse...

Muito sereno, ao sabor da brisa.

so12 disse...

Continuas à espera??? Não desesperes...

Nilson Barcelli disse...

Ai se aquele alpendre da capela falasse...
A verdade é que um local desses devia ser óptimo para brincar às casinhas.
Gostei do teu poema, embora melancólico. Os homens serão todos iguais? Mesmo na poesia?
Beijo***

Ms Crow disse...

"No meu sonho fica apenas o desejo,
de tudo se tornar realidade,
sonho estar tão perto,
para puder voltar a beijar-te.
Nos meus sonhos,
ninguém castiga,
nem concede perdão,
nos meus sonhos,
saboreio a calma,
pois conquistei aquilo que mais desejo,
estar bem perto do teu coração."

Temos poeta, lindo...
Boa semana e jinhos grandes

Ms Crow

H2O disse...

Deixaste-me completamente vazio, por sentir que estás só e que nada tem sentido... Então?! tou aqui, não significo nada?! Nem apenas um desconhecido que escreve verdades da vida nua e cruel?! E que gosta de visitar o teu cantinho?! então também faço parte do teu vazio, para ti?! beijinho

alfinete de peito disse...

O sentimento de vazio interior é subjectivo, mas o exterior pode estar dependente da qualidade perceptiva, que obviamente está ligada ao estado do nosso Eu no momento.
O sentimento interior de vazio limita e turva o que nos rodeia.
O luto está a ser feito e com à medida que te fores recentrando também o que vislumbras à tua volta renascerá.
Tal como o teu sorriso ;)

Beijo doce e terno

Mercador e Grizo

azurara disse...

Conchinha,
Olha, meti-te na corrente dos filmes. Vai lá ao Azurara ver, e dá-lhe seguimento.
Beijos
Azurara

Micas disse...

Vai à luta daquilo que amas, contudo não queiras quem não te quer a ti...
Beijo e bom fds