quarta-feira, maio 04, 2005

Estou assim...

cant
(foto de BlueShell)

Não estou alegre nem triste…
Estou assim…como quem não sabe
De si…
Se perdeu algures no Tempo,
Se esqueceu de onde vinha,
Ou qual era seu propósito…
Estou assim…como
Poema sem rima,
Ou aguarela sem cor…
Estou perdida em mim
Porque perdi meu amor…

54 comentários:

Boo disse...

Há momentos assim... mas é sempre uma questão de tempo até nos encontramos... :)

Fica bem e um beijinho grande :)*

AlmaAzul disse...

"..Meto as mãos nas algibeiras e não encontro nada... O passado é inutil como um trapo..Adeus" E. Andrade

Força e coragem.
***azuis

mfc disse...

Há alturas más, mas só se perde o que se tem e o amor é possuído a dois.
Tens vida para viver... vive-a!

António disse...

Já não passo um dia sem vir aqui ver o que há de novo (pelo menos uma vez).
E eis mais um belo poema ao estilo BS.
Se fosse ao estilo SLB não viria tantas vezes...eh eh
A propósito: porque és BLUE Shell e não RED Shell?
Fugiu-te o sentimento para a cor certa! eh eh
Jinhos

BlueShell disse...

ANTÓNIO: pensei nisso...mas REDSHELL...lembrava-me RED BULL " Dá-te asas"...e não dostei...LOLOL

JINHO; EU!

wind disse...

Isso é só um capítulo da vida, vais ver que passa:) beijos

Amaral disse...

Se, verdadeiramente, estás assim, é devido ao facto de afirmares que estás assim!
Sabes que há quem diga e acredite que os nossos pensamentos, as nossas palavras, são ordens ao universo?...
Se afirmas que "estás perdida", o universo faz-te a vontade, e ficas perdida! Se afirmas que "não estás alegre nem triste", o universo concede-te o desejo que formulas!
Daí que…

Seila disse...

coraçãozinho desfeito a BlueShell...:)

Menina_marota disse...

Alguém me disse uma vez, que só perdemos, o que nunca tivemos...

O amor, nunca se perde, renova-se... procura-o, e... muda tudo e, começa de novo...

Abraço terno ;-)

Marco António disse...

Amar Amar Recordar Sentir Ver Viver
Tantos sentires
Tantas sensações
Amar tem disso...
Bjs,

LiLi disse...

Olá** é a primeira vez k visito o teu blog e fica a saber k adorei =)
Axo k tens imenso jeito para isto..ganhas-te + uma visitante :P
BeijinhuxXx

Cris disse...

Quando amamos intensamente esquecemos quem somos para ser inteiramente o outro. Qd algo nos quebra essa magia parece-nos impossível voltarmos a ser nós por inteiro... mas acabamos por perceber quem somos e o qt valemos.
Força, amiga!

beijinho doce

ChuvaNegra disse...

Estás assim....mas certamente o "assim" não é permanente...Pensa, apenas, imagina apenas...que o teu amor não está perdido...
Que um amor assim...não se perde...(tem os seus momentos)...aguarda, sabe esperar, dá-lhe tempo...tens a certeza de que ele deixou mesmo de te amar? Não estará apenas a precisar de "um tempo" para reflectir?
Um tempo para te poder, depois, amar como dantes ( li alguns dos teus posts anteriores...e um amor assim, como o vosso...não se perde..simplesmente...)

Estrela do mar disse...

...conchinha eu não perdi o meu amor...e espero nunca o perder, pois cada vez estou mais "in love"...mas últimamente...por outros motivos...tenho-me sentido tão assim...tão triste amiga...

Um beijo* grande e desejo de continuação de uma boa semana.

eu_gy disse...

Quando se fecham portas abem-se janelas de par em par, que deixam entrar o cheiro de terra molhada e a luz brilhante do Sol, iluminando o caminho! Obrigada pela tua visita ao meu blog. Eu voltarei cá!

Vênus disse...

Querida BShell,
Não sumi não tá? Lembra que falei-te, então tudo voltou ao normal...
E a resposta a pergunta que me deixas-te é: Pq tudo é momento, viver a vida em cada segundo..sentir a vida pulsar em cada amanhecer...Isso tbm é amar
BJS

Anónimo disse...

Blueshell, andei sumido, mas cá estou a ler-te...Vejo que estas melhor e bem mais inspirada menina...bjs.Suavealento

AS disse...

B.Shell, O poema é lindissimo, mas em cada palavra sinto o desalento, uma indisfarçada angústia, a desilusão. Quando perdemos algo que amamos tudo parece que tudo desaba á nossa volta. Mas a vida é uma constante renovação, o fim de qualquer coisa é sempre o início de outra, o renascer!...

Não deixes que os dias anoiteçam á hora em que deviam ter amanhecido!...

Abraço-te

TMara disse...

As árvores perdem a folhagem e ficam assim. Perdidas nelas, nos troncos nodosos estendidos para os céus como mãos cujas preces não são ouvidas e, súbito uma explosão de cores e verdes por todas elas, pujantes e belas. Assim será. Bj grande

Daniel Aladiah disse...

Querida Blue Shell
Um estado em que o marasmo se instala mas, à mais pequena ondulação, se pode transformar numa torrente explosiva de sentimentos incontroláveis...
Um beijo
Daniel

O Micróbio disse...

Não sei se existe algum mapa que te ajude a te reencontrares... no entanto, posso adiantar que já aqui estiveste! :-)

alfa69 disse...

Também já escrevi sobre perder-me de mim, e sabes, há tantas almas perdidas! Precisamos encontrar-nos, precisamos sentir-nos mas acima de tudo precisamos sonhar, acretidar que os sonhos existem e talves quem sabe, acabaremos, inevitávelmente, por nos encontrar!

gato_escaldado disse...

o amor não anda longe. certamente. o teu magnetismo atrai-o. beijo

António disse...

REDBULL - "Dá-te asas!"
Podias ser um anjinho (ou anjinha), que lindo!
Ou um avião! (melhor, avioneta)
Ou uma passarinha!
Ou uma passarona!
Uma Águia! Hemmm...que tal? Uma águia...ficava a condizer!
Se pensares bem, ainda vais mudar para RedShell!
Jinhos

carlag disse...

No que vivi até hoje, comigo sempre resultou a máxima - Fecha-se uma porta, abre-se uma janela.
Um dia destes vais ter um janelão aberto só para ti.
Força! Não podes baixar os braços...

A fotografia, tem tudo a ver com as palavras. Expressa de alguma forma, incerteza.
( Eu puxava, um bocadinho no contraste...)

Um beijinho
Carlag

BlueShell disse...

Ai António...és impagável...
Então o BLUE - até dá com as tuas cores ( do FCP ) e ele a insistir para eu mudar o Blue para RED??? hehheheh... Jinho,
EU

isa xana disse...

há momentos em que pensamos não nos conhecer, somente momentos...

bonito o teu poema:)

**

francis disse...

olá Shell. Tenho estado meio alheado mas passei por aqui para te deixar um beijinho :-)

UnaRagazza disse...

You'll find you're self... sooner or later, so, don't worry!
Kisses

Gabriel disse...

Diria que também estou assim...mas nem todo poema precisa de rima!

Pilantra disse...

Verdes são os campos,
De cor de limão:
Assim são os olhos
Do meu coração.

Campo, que te estendes
Com verdura bela;
Ovelhas, que nela
Vosso pasto tendes,
De ervas vos mantendes
Que traz o Verão,
E eu das lembranças
Do meu coração.

Gado que pasceis
Com contentamento,
Vosso mantimento
Não no entendereis,
Isso que comeis
Não são ervas, não:
São graças dos olhos
Do meu coração.

(Luís de Camões)

uma delas disse...

chega aqui...

memórias que não recordo disse...

Anda por aqui uma blue a escrever coisas um tanto black...mas lindas...como sempre :)

Estás a precisar de um presente!

Charlotte disse...

Querida Blue.
Já passei pelo mesmo... e sei o que deves sentir...mas ainda assim como dizem: « Fecha-se uma porta abre-se uma janela»! Que o destino te sorria :)SEMPRE!!
Um grande bejinho*

Anónimo disse...

Pois é blue...este poema um tanto triste é tb muito bonito.
Mas às vezes a tristeza também nos faz bem ou, de outra forma, não é inutil.
abraço, linda blue

Anónimo disse...

maria heli. esqueci-me de assinar ;)

whiteball disse...

Podes reaver o teu amor...fala com ele...ouve o que ele tem a dizer...
WB do MOCHO!

persephone disse...

Um beijo e obrigada pelos comentarios
**

João disse...

Olá blue shell,
Já vi que estás assim, como outrora dissete me pra esperar, eu esperei e acho que o amor me bateu á porta, estou feliz da vida , mas fico triste ao saber que outros como tu ñ estão felizes como eu, sei que ñ tens confiança cmg nem eu pra dizer auilo que vou dizer, mas nesta altura gostaria te de te abraçar e dar te toda a energia do mundo!
um beijo blue shell! ;)

maria l. duarte (secret) disse...

Adorei o teu poema, ilustra uma imensa dor, mas sabes, enquanto persiste amor, ninguém perde o seu amor, porque subsiste a esperanºa e a força que ainda o pode fazer voltar. Beijo na alma, espero que tudo dê certo.

alfinete de peito disse...

Sabes que curiosamente a imagem nos transmite uma paz incrível!
Será que algo em ti também se sente assim?

Temos dito

beijocas, Mercador e Grizo

Carmem L Vilanova disse...

De certo que um beijo e um sorriso te farao bem... Recebe entao os meus, querida amiga... :)

Anónimo disse...

Perfeito teu blog!

http://aborboletinha.blogger.com.br

Anónimo disse...

Como magistralmente disse Maiakóvsky:
"Nos últimos vinte anos
não há nada de novo
no rugir das tempestades.

Não estamos felizes,
isto é certo
mas por qual razão
haveríamos de ficar tristes?

O mar da história é agitado.
Os problemas havemos de enfrentá-los
E cortá-los
Como as quilhas de um barco
Cortam as ondas.

Espero que você goste do poema, pois eu gostei do seu e este seria uma espécie de ato de retribuição imprópria, mas sincera.

Murilo Coutinho, o munnin.

www.memoriasdosubsolo.blogger.com.br

AS disse...

B.Shell, um bom fim de semana psra ti!

Beijo

concha disse...

Poema tão bonito. Que desabafo tão sem forças.
Contudo a certeza de que não és aguarela sem cor.
Nem que quisesses nunca serias!
Beijos

eduardo disse...

Mesmo assim, perdida, estás frondosa. Pena é a perda, mas algures preencherás um outro.

Beijokas.

meialua disse...

Tantas vezes nos perdemos assim, mas mais cedo ou + tarde acabamos por nos encontrar...
Bom fim de semana.
Beijinhos*

margarida_rr disse...

Blue, tal como disse a "menina marota", so perdemos o que nunca tivemos...Beijos!

Adryka disse...

Então!!! o que se passou? será que perdeste mesmo? pensa bem se ele merecia o teu amor...nada como o tempo para nos mostrar a verdade. Bjs

Menina_marota disse...

Olá, linda... passei para te ler e desejar um bom fim de semana.

Como estás?

Abraço carinhoso ;-)

Tbb disse...

Blue Shell:
"A recordaçao é o perfume da alma. É a parte mais delicada e mais suave do coraçao que se desprende para abraçar outro coraçao e segui-lo por toda a parte"
-G.Sand-

Lembra-te do passado, mas nao te retenhas nele.........eu tb me sinto assim por vezes!

Azul disse...

Oh que pena querida amiga. Perceb que o seu amor não veio de volta, como desejava. Mas não se apoguente, porque certamente um dia chegará de outra maneira. E, em jeito meio desajeitado de fazer uma gracinha para se animar, lhe confirmo hoje (em resposta tb a um comentário seu no meu blog) que realmente o amor dá mesmo muito trabalho. A quem o diz minha querida. Por isso, divirta-se. Descontraia. Pense que pelo menos, está livre de trabalhos maiores. Lol
Um beijo pa si. Azul.

folhasdemim disse...

Que poema bonito! Beijinhos, Betty