segunda-feira, junho 06, 2005

O PRANTO DA TERRA

pelanoite

(foto de BlueShell)

Abate-se sobre mim todo o peso da Terra...
Da escuridão que se faz anunciar retiro já, por antecipação, o que ela tem para me dar: solidão, fantasmas sem Tempo e sem Lugar...inconscientes vagas de pensamentos que teimam me torturar...e a Paz se foi!

Do sonho inconsequente e inatingível resta a raiva de me ter permitido o luxo de poder sonhar. E a treva obscura e negra penetra em mim fecundando-me...levando para bem Longe o som das harpas dos Anjos! Cânticos que não ouvirei jamais...porque a Terra toda em pranto esperou, como eu, Tempo demais!

60 comentários:

Devilred disse...

Oh, está simplesmente belo este texto, muito bonito mesmo como sempre nos habituaste.
Não sei porquê mas esta música do teu blog dá-me cá uns arrepios na espinha, sabe muito bem..
beijinhos

paperl life disse...

BElo, Menina, mas o tempo é magnanimo, verás.

Bjs.

Bruno António disse...

Olá BlueShell.

Desta feita o assunto é outro:

...Queria-te perguntar como é que se põe música no blog assim que se abre o mesmo?!
...É que queria 'dar música' ao meu e não sei como o fazer!
[Para mim música é tudo, pois sou DJ e radialista!]

Obrigado!

Bjs.

Menina_marota disse...

Que lindo conchinha... adorei!

Deixo-te um abraço terno :-)

Menina_marota disse...

Não ficou o endereço da nova "casa"... :-)

entre-aspas disse...

"Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora".
Rom 8:22

wind disse...

Bonito:) beijos

uivomania disse...

O sonho, não será um luxo ou um erro... talvez até, "comande a vida" e nos ajude a superar, as dificuldades que, uma após outra, se nos deparam. Ao que parece, a vida é isso mesmo, o que não é bom, nem mau! A vida tem harpas e negrumes, a noite caí para que o dia nasça. Bjs.

musalia disse...

e porque não sonhar? osonho é a parte boa da vida...aquela que podemos modificar e enformar a nosso jeito. o que não se pode é viver desligada da realidade...
beijos.

Anónimo disse...

Ó conchinha,gosto muito de vir aqui,escreves coisas lindas ...acho-te corajosa,partilhas este teu lado ,acinzentado...todos temos(tu sabes!)nem todos o escrevem... eu também o escrevo,talvez por isso não tenha muito mais para te dizer do que...gosto da tua concha...dos dois lados,és linda!
um abraço apertado.
lua

Micas disse...

Lindo, lindo. Gostei imenso. Beijinhos

Pescador disse...

As conchas tem a vantagem / desvantagem de terem aquela carapaça à volta a proteger o seu coração..., mas nem ela consegue aguentar todo o peso da terra...
Sonhar não é um luxo... é um dom... ouço os anjos a cantar neste teu blog... não os ouves !?! , não vejo escuridão nehuma ..., não sinto raiva..., apenas as marcas de algumas lágrimas !!
Bj doce, Pescador

amita disse...

Olá BlueShell. Desculpa a ausência mas tenho andado bastante atarefada. Como é que estás da queda? Estás melhor? Não foi nada de grave? Quanto ao teu texto, jamais permitas que quando a solidão te atinjir não exista sons e música no ar (são vozes que falam caladas mas que nos enchem e preenchem os piores momentos); os sonhos (de preferência verdes) são os espaços em branco que preenchemos com a beleza de tudo que nos rodeia (há tanta coisa linda à nossa volta de que não nos apercebemos!)por isso, continua a sonhar, é bom, é salutar, mesmo que outros considerem os sonhos ridículos, são sonhos de e para nós. Quem sonha e não permite a solidão é sempre feliz e sorri. Bjinhos e força

António disse...

Quando arrancas essa tristeza do teu peito?
Quando deixas raiar o teu olhar?
Quando renasces para a felicidade?
Quando mandas este "poeta" pró diabo?
Jinhos

carlag disse...

Blue,
Nunca desistas dos teus sonhos. Não deixes de sonhar, mesmo que eles durem pouco...
E gosto de te ler, gosto de vir aqui e encontrar genuídade.
Há espaços em que entro e penso, mas será que é só rosas? Será que está sempre tudo bem?
Com carinho. Muito.
Carla

Carmem L Vilanova disse...

Duas coisinhas, minha linda... aliás, três... 1) espero que este texto seja somente ficçao... de nao ser, 2) tens sim, o direito de sonhar, sempre... e de desiludir-te de vez em quando, pois assim é a vida, minha querida e porque assim é a vida, 3) nao deves usar a palavra "jamais" para o que quer que seja, pois a vida em si mesma... é imprevisível e quando menos esperes, poderás estar, outra vez, a escutar o som das harpas dos Anjos... verás... :)
Deixo-te o meu sorriso e um beijo amigo e um abracinho bem apertado!

persephone disse...

Ola querida amiga, respondi te la no blog******

Charlotte disse...

Não esperes, não permitas que o sofrimento te abale! Tens o Dom de tornar neste espaço o triste em belo!
Beijo mt grande*****

Carla disse...

Pensa que nunca é tempo demais quanto te dás por inteiro. Pobres os que não aceitarem a dádiva, Blue querida. Acredita em ti e no teu céu, onde chove mas também faz sol. Beijo grande :)

Betty Branco Martins disse...

Querida Blue Shell

Sem chuva não há o arco-íris... e ele é o sorriso dos céus, da natureza para ti :)

Um beijo com muito carinho

Estrela do mar disse...

...querida conchinha...então???...que texto tristonho @miga...a vida vai-te sorrir...e vai ser pintada de outras tonalidades que não as que estão nessa foto...e achas que sonhar é um luxo???...nem penses!!!continua a sonhar...é de graça...e faz tão bem...e continua a acreditar na vida...na tua força em lutar...e verás que quando menos esperares...tens uma luz que te vai iluminar para sempre...e fazer-te muito feliz...sempre ao teu lado...


Um beijito* Grande e uma boa semaninha.

Já agora...espero que estejas melhorzinha da queda.

AS disse...

Não sei se é melhor a realidade
Ou se é o sonho, a cor, a fantasia
Que preenche nossa vida, nossa sorte
Esta dúvida mantida dia a dia!...

Um beijo

Daniel Aladiah disse...

Querida Blue Shell
Entreabriste o suficiente para que vislumbrássemos a pérola que há em ti. Do seu brilho nasceu este texto, que é um belíssimo poema, cujo pranto também dói a quem o lê.
Um beijo
Daniel

augustoM disse...

Shell, se não sonhamos o que é que resta? a realidade, mas esta sem o sonho é muito dura.
Um beijo. Augusto

TMara disse...

denso e pesado texto, como as núvens acasteladas naquele horizonte. cria(m) um ambiente opressivo. bjs de luz, muito luminosos e presentes:)

SonhadoraSempre disse...

Sonhar é bom, não podemos é viver eternamente num sonho pois caso contrário abandonamos a realidade! Amiga espero que os dóidois já estejam sarados;)) Beijinhos e desejos de rápidas melhoras desse tombito!!!

heaven-hell disse...

bonito blog....cheio de bom gosto..mas este texto e esta musica....so me deixam divagar...escrever não consigo mais............................................

Cakau disse...

Esperamos durante tanto tempo...
Acho que não devíamos esperar e sim procurar.

O tempo passa depressa demais. E quando dermos por ela, abandonamo-nos a um pranto, como esse que tão lindamente descreveste.

Um beijinho grande *

gato_escaldado disse...

telúrico. e sensível. gostei. beijos

Angela disse...

Se ouvires bem, mesmo na escuridão estão as harpas. :)

titas disse...

Antonio ha detto e bene!
Também eu anseio por ver essa tristeza irradiada de ti. Entretanto, minha querida, sonha, sonha sempre e nao desistas.
A estrela sob a qual nasceste, e que te deu o dom da beleza e do génio, dar-te-á também a felicidade.

Gabriel disse...

Belo casamento entre palavras e imagem. Lindo!
Beijos

Vênus disse...

Linda como sempre tuas palavras...Beijos de saudades amiga!
*.*

paopbocca disse...

virgem nestas paragens...desejo tudo de bom, acho que mereces.
gostei de andar por aqui
beijinhos

m disse...

Olá, Blue, o título do teu post é lindo apesar de triste. Pois é, amiga, a terra está a chorar. E nós sabemos bem a tristeza que vem de uma lágrima. Continua bonita.

mocho disse...

Desculpa, enganei-me, quer dizer, foi mais uma vez a Marada que pôs as patas na secretária. o "M" é o Mocho. Bjnhos, Blue e desculpa. Vês pq é que ela tem o nome que tem????

persephone disse...

Vim deixar te um beijo, querida amiga*

rajodoas disse...

A tua inspiração é sem dúvida inesgotável o que a torna notável.
Um beijinho do Raul

Mitsou disse...

Triste mas belo, como sempre. Não feches a porta aos sonhos, Conchinha. São eles, muitas vezes, a seiva da vida. Um beijinho muito grande e terno!

secret hell disse...

nada a fazer. iráS ser sempre perseguida pelo teu sorruso de criança e pelo teu olhar angelical, que te dará mais raiva ainda, pois sabes que hoje já não és capaz de o fazer de novo... os anjos não voltarão, sabes bem disso, mas na tua mente, a música conseguiu um lugar. e vão ser as memórias que te impedirão de seres tu, tão só tu.

Pintelho disse...

Ò conchinha do meu coração. Antes de mais tenho a agradecer o comentário que me deixaste lá na minha púbis. Simples, mas que me tocou. Quando a ti... Vejo que não mudou muita coisa, mas vejo que continuas com uma escrita linda e tocante. Qualquer "textinho" me deixa emocionado.
Sim voltei, e hei-de voltar cá todos os diazinhos, assim o possa!

Beijinhos grandes!

Morsa disse...

Gostei, como sempre! A tua escrita é fabulosa! Continua!
Já agora, não queres levantar a encomenda que deixei para ti no dia 2 de Junho? Está à espera...
Beijokinhas grandes

sussurros da lua disse...

DIVINAL! Mil beijinhos!

Maria Heli disse...

Bluzinha, q saudades de vir por aqui! Como sempre, gostei ;)
bjos

sylpha disse...

Uma combinação perfeita entre texto e imagem.Mas esta conchinha é simplesmente um mimo para quem a "vê" Beijinhos :))

ti disse...

Encantado...
1001 beijos

eduardo disse...

A menina está melhor?
Se dividires comigo e outras gentes um pouco desse peso, rapariga, verás que os dias "não" desaparecem. Ou não me chame eu Eduardo...

Beijokas

Ofeliazinha disse...

Belo, belo, belo.

Jamour disse...

Somos a terra, fazemos da terra somos filhos da terra então porquê a indiferença?
Somos a terra o ciclo que dela nasce nas 4 estações, somos a chuva, o vento, o mar, o sol, somos a lua, somos a terra que se mistura com os nossos corpos quando nos despedimos da vida. Parabéns pelo blog

Joaninha disse...

Tristonho sim, mas belo tb...
reflete o teu estado de espirito,...
esperamos que essa fase pase e voltes a sorrir par a vida.

Beijinhos**joaninha

francis disse...

Olá, Shell. Os teus poemas são lindos (como sempre). Visito-te todos os dias, só não deixo mais comentários porque tens sempre a caixa sobrelotada. Além disso, já sabes que estou sempre aqui.
Bjs!

Amaral disse...

BlueShell, este é um post pesado, só tem uma harpazitas no fim…
Mas a escuridão não devia tornar-se assim, tão dolorosa e odienta. Afinal, há tanta gente que vive no silêncio do escuro….
E , sem ela, sem a escuridão, como era possível a luz brilhar?
A segunda parte do teu texto, ainda é mais negra… Oh, Blue, que post é este hoje? Com toda a Terra em pranto, e tu também, lá tenho que "alinhar" também, não?

UnaRagazza disse...

Blue,
Hoje não consiho comentar o teu post. Arrepiou-me...mesmo com este calor todo...

Um beijinho para ti e não tens de suportar todo o peso do mundo (sometimes you can't make it on your own), deixa-nos ajudar-te com isso.
*******************

bin_tex disse...

Ouve-se o brado da terra...

Beijos

Bin

lazuli disse...

A vida é a eterna metamorfose..
Recolhe-se tudo, amassa-se. Depois há que polir com lustro, para que reflicta os raios de todos os sóis do universo.
Costumo ler-te..
Um beijo**

Caiê disse...

Olá!
Já vim ao teu blog várias vezes... Nunca deixei comment, é que são tantos, não sei se podes olhar-nos a todos. ;)
Acho o teu blog muito bonito, tocante até. As fotos também. Apaixona-me a fotografia. Um abraço e obrigada pela tua visita.
marradinhas da Gata Preta.

ognid disse...

realmente tens aqui uma fila tão grande para assinar o livro das visitas que se torna complicado chegar cá :) continuas com textos muito bonitos e muito triste. beijos conchinha

nikonman disse...

Vinha dizer que gosto daquela foto e mais alguma coisinha sobre a mesma, mas perante tanto comentário... fiquei sem palavras.
Continuo a gostar da foto, pronto!
Bj

erü disse...

Ter passado tempo demais não implica que seja tarde de mais...

Beijo*

Karlos Alberto disse...

Blue,

O excesso de calor têm destas coisas ...

Lembrei-me subitamante de um texto da Cakau (?) que falava em pintar uma janela colorida na parede do quarto e ...criar , inventar , jogar, brincar ...

É preciso encarar os momentos de "nuvens" com serenidade. Pinta uma janela colorida !

Beijos*****