quinta-feira, dezembro 16, 2004

RAIVA!!!

Hoje não há imagem, não há senão texto, despido
de artifícios poéticos, figuras de retórica
ou outras parvoíces inventadas
pelos tolos poetas.

Hoje há palavras apenas,
De raiva;
Raiva e dor…ambas contidas,
Presas, reprimidas!
Sequer há lágrimas…coisa de fracos!
Sequer há mais que o sentir
O vazio de um quarto escuro:
O meu MUNDO,… Hoje!

22 comentários:

erü disse...

Ha momentos assim... um nada absoluto, onde apenas parece existir espaço para a negatividade... ha que deixar tudo isso fluir, ate o nada ser efectivamente nada... depois, podemos começar a preenche-lo, a pouco e pouco... *

wind disse...

Amanhã é outro dia.bjs

pipetobacco disse...

{ ...

não quero [eu] escrever a raiva que me vai na alma
não quero [eu]
nem quero [tu] que sejas
nem quero [eu]
© de[mente]

... }

{ beijos* }

LolaViola disse...

Sabes? Quando estou muito triste, nunca escrevo. Choro um bocado e olho-me no espelho. Depois rio-me de mim e preparo-me para um novo dia. Um beijo :-)

Ricardo disse...

A raiva é sempre manifestação de dor, e a raiva liberta, não pode ser contida! Chorar não é uma fraqueza, é uma atitude corajosa, desvalorizada nesta sociedade. Se temos a capacidade de chorar é porque há manifestações emocionais que não podem ficar contidas. Tudo de bom....

O Micróbio disse...

Isso, solta a raiva.

"Que fiquem os poetas tolos ........................ que já não resistem!
Que fiquem apenas os mais tolos .............. que agora atacam!" in http://sapp.telepac.pt/minervadna/MANIFESTO.htm

Desculpa esta minha ousadia... :-))

Anónimo disse...

Aqui não está só texto, Blue. E tu sabes! Aqui está vida e poesia. E tu sabes! Aqui está vida apresentada poeticamente mesmo que raivosamente angustiante. E tu sabes! Aqui não há parvoices nem nada inventado. Aqui há força que cobre uma suposta fraqueza. E tu sabes!
As lágrimas não são coisas de fracos: são coisas de seres humanos que têm vida em si. Não ter capacidade para fazer cair lágrimas é não ter vida, é não ter sentimentos. É ser de gelo. E tu sabes!
Há sempre o que sentir nem que seja o vazio. E no vazio pode existir muito. E tu sabes!
O teu mundo hoje é, pois, tudo aquilo que tu sabes.
Diz-me: não achas que isso já é muito bom? Então, põe luz nesse quarto ou sai dele: faz o que tu quiseres pelo que em ti sabes ser o melhor. E eu sei que tu sabes... num contexto que depende só mas só de ti. Vive em ti, contigo, por ti. Porra: tu sabes!

Um grande beijinho,

Sandra
(http://www.void.weblog.com.pt)

R/B Estação disse...

Bem nem sei o q dizer... não há palavras que nos tirem desse lugar, mais comum do q nós imaginamos...
Bem desejo-te apenas melhores dias e muitas Felicidades!
Um grande abraço.

Pandora disse...

Deixo-te a minha prenda de Natal...uma caixinha de lápis de cor para pintares um arco iris no teu mundo. Depois quero ver o resultado :)
Bj colorido.

Tatuagem disse...

Hei Blue...

Vim retribuir a tua força! Tou aki!
Beijinhos

Paulo disse...

Por vezes há dias assim mas, atrás de cada noite, vem sempre um sol radioso em cada manhã.

Vera Cymbron disse...

Sei bem do que falas...
Jinhos

Bruno disse...

Tem calma :)

chemistry disse...

raiva!!!raiva!!!ahhhhhhh!raiva!!!!Hoje!

sweet_helly disse...

Por vezes há dias que não chegam para sermos felizes... mas não podemos nunca nos ir abaixo, pois nesses dias continuamos a ser nós, e a nossa vida continua em jogo. Lá porque o dia de ontem foi igual a hoje, não quer dizer que o de amanhã seja assim...
Gostei muito do blog, vim cá retribuir o beijinho de passagem no meu blog. Outro jinho para ti ***

R disse...

ola, liberta toda a raiva uqe tens dentro de ti, vais sentir-te melhor. pois disso já tenho experiencia.bom fim de semana, beijo

mfc disse...

Respira fundo...há dias assim!

Abrigo disse...

Esse é mais um dos muitos dias que as nossas vidas nos proporcionam e que nos deixam em baixo. Dias sem vontade, sem luz ou algo que nos levante do chão...mas passam e esperamos sinceramente que já tenha passado e que estejas bem.
Beijinhos de nós e...
...um optimo fim de semana para ti

AmigaTeatro disse...

Um beijinho, Blue...
fica bem :)**

Luis Duverge disse...

Estou contigo ...queres enraivecer um pouco mais,
comigo, estou exactamente assim ... que queres partir,
destruir, quebrar ... evaporar, ... talvez sublimar a alma ... e ganhar outro folgo para poder ... de novo
enraivecer ...onde os nós das veias se torcem no pescoço, onde a pele avermelhada eriça os pelos, as mãos se contorcem e os muscúlos tensos , ... a fibra, a raiva de sentir o ardor do sangue a correr ... enraivece até ao limite ...do teu esforço, do teu ser ...da tua alma.
No final abre a janela do teu quarto e respira fundo ...sabes em que pensar ?
Um beijo ...depois da raiva.

Anónimo disse...

A raiva, aquela que nos consome a alma e nos faz ver o mundo sem cor, cinzento e escuro, aquele que quertiamos mudar mas parecemos nao ter como o fazer...As vezes sinto.me assim, mas sei que as cores um dia voltam.. Um bveijo doce MissladyMystery

óssóbó disse...

os tolos poetas ? gostei! são eles que melhor sentem a vida...