sexta-feira, dezembro 10, 2004

SÃO MINHAS!

As minhas árvores são minhas porque as conheço há anos.
Era eu criança e elas estavam lá, e olhavam já, de cima para baixo, as minhas traquinices de menina rebelde.

minhas

(foto de Pedro Gilberto)

Mas...não são minhas só por isso: são minhas porque elas me entendem; com ou sem folhas elas falam comigo, e me confortam e me deixam tocar-lhes e as vejo sorrir-me, assim, candidamente, quase maternalmente...
São as minhas árvores...

arvore


(foto de Luís Ribeiro)

13 comentários:

wind disse...

Bonitas imagens e palavras com grande significado:) bjs

LolaViola disse...

O mais fantástico é plantá-las e pensar que elas existirão para além de nós. Um beijo e um bom dia para ti :-)

Araponga disse...

Acima de tudo Elas estão sempre lá, nos bons e maus momentos.

Luis Duverge disse...

Que a tua árvore ... de Natal te traga o que mais desejas.
Um beijo.

Águas de Março disse...

É verdade, BlueShell.. e já conseguiste enumerar tudo quanto uma àrvore nos pode proporcionar? É impressionante que apesar disso lhes façamos tanto mal.
Beijinho amigo, bom fim de semana
Ana Maria

mfc disse...

Como eram grandes as árvores da nossa meninice!!!
Algumas, merecidamente, continuam hoje a serem enormes... outras eram apenas ilusão de óptica.
Tal como as pessoas!

AmigaTeatro disse...

São tuas. São de quem as conseguir entender; são de quem as souber ouvir; falar; sorrir...

Um beijo blue :)
bom fim de semana ;)

Kabum disse...

Bonitas imagens, sim senhor...:)

Seila disse...

Blue e quando a gente deixa as "nossas" árvores por muitos tantos caminhos?! adoptamos as tuas?! posso?!
Bom resto de um grande fim de semana! Tudo a correr bem?
Beijinhos!

DrOvOs disse...

e o que tem dono, o que é de alguem, ninguem pode tirar!

Luna disse...

bonitas as tuas árvores...

Anónimo disse...

essas árvores merecem ,sem duvida , ser suas!Tb tenho algumas minhas,só quase minhas:)annie hall do outsider

hamy-pros-friends disse...

atirava-me lá de cima que nem macacos e por isso tenho bicos de papagaio